É possível transcrever casamento de português/a sem a certidão de nascimento do nubente estrangeiro.

11314151719

Comentários

  • Muito obrigada @marifontolan

    Já comecei a ler. Estou tentando entender este artigo 14.

  • Pessoal, boa tarde! Estou realizando o processo de cidadania da minha avó que já é portuguesa e meu avô falecido brasileiro, meu avô nasceu em Campina Grande e até agora não achamos a certidão de nascimento dele, realizei a busca em dois cartórios e estou no terceiro realizando essa busca. É verdade que sem essa certidão de nascimento dele eu não consigo fazer essa transcrição? Isso está impedindo a cidadania portuguesa do meu pai e a minha 😥 Agradeço demais a ajuda.

  • @julianalopes claro que não está impedida. Informe mais dados da sua avó e do seu avô, como o nome dos pais dele (se não souber pode obter essa informação na certidão de nascimento do seu pai e na de óbito do seu avô)

  • @nunogomes

    Nome: Carlos Bezerra Marques

    Filho de Mizael Bezerra de Figueiredo e de Maria Marques Bezerra

    Natural de Campina Grande - PB

    Data de nascimento 06/02/1938

  • editado October 2022

    @julianalopes penso que o nascimento deve mesmo estar no cartório de campina grande, porque o Miguel Bezerra de Figueiredo registrou uma filha em 1932 infelizmente no famillysearch os registros de nascimento desse cartorio so estao ate 1932. Repare que no nascimento desta filha ele disse que a mulher se chamava maria marques de almeida. Pode tentar insistir com o cartório para procurar nos anos de 1938 e 39?


    Encontrei o batismo do carlos https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:33SQ-GP94-97T9?i=216&personaUrl=%2Fark%3A%2F61903%2F1%3A1%3A6FXH-4KSZ

  • @guimoss @marifontolan

    Olá! Aguardo a emissão do meu assento português (processo neta bolinha 7 marrom). Enquanto isso, tenho lido sobre transcrição de casamento de cidadão português para iniciar os processos de meus filhos. Li um artigo que dizia que os consulados portugueses enviam a documentação para a CRC Lisboa fazer a transcrição e que leva uns doze meses. Verdade isso? Posso fazer a transcrição por Angra do Heroísmo mesmo sem ter relação com aquele lugar?

    Agradeço a preciosa orientação deste Fórum!

  • @GiovanaCosta

    De que parte do Brasil você é? Se for de SP ou MS, faça a transcrição do casamento pelo consulado em Santos (não faça pelo da SP capital, leva muito mais tempo). Se for de RJ ou ES, faça pelo consulado do Rio de janeiro. Eles mesmos fazem (não vai para Lisboa). Muitos relatos nesses tópicos:

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/15464/transcricao-de-casamento-escritorio-consular-em-santos#latest

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/14134/transcricao-de-casamento-consulado-do-rj#latest

    Se for de outro estado, mencione qual é, pois os procedimentos e prazos variam de consulado.

  • @CarlosASP , muito obrigada! Lerei os relatos. Moro em Brasília-DF. Será que o consulado daqui demora muito?

  • @GiovanaCosta, não sei como funciona em Brasília, mas de qualquer forma, se quiser pode sim fazer por Angra do Heroísmo.

    Lembre-se que eles pedem o pagamento por vale postal. No caso dos meus bisavós analisaram a documentação antes por e-mail.

  • Boa tarde, o meu processo só falta transcrever o casamento dos meus pais, meu pai já tem a certidão portuguesa, mas não encontro a certidão de nascimento da minha mãe aqui no Brasil, como faço, pedi a certidão negativa para um cartório, fiz busca em outros mas não emitem a certidão? O que faço, qual consulado/conservatória?

  • @priscila8, quem registrou seu nascimento? Se foi seu pai, pode ser que não precise a transcrição.

  • @marifontolan o meu foi meu pai, mas o do meu irmão foi a minha mãe, os nossos processos já estão em Portugal, mas sei que o dele vai cair em exigência e não conseguimos localizar, sei que foi no Alcantara/SG já entrei em contato, mas nem certidão negativa elees emite, então consegui uma de outro cartório de SG e vou tentar mais um cartório de SG pra ver se dão a certidão, queria saber como proceder.

  • @CarlosASP @nunogomes

    OLá. Sou neta de portuguesa e tenho toda documentação para minha nacionalidade. Vou fazer a trascrição do casamento. E vocês me ajudaram a encontrar a certidão de nascimento de meu avô brasileiro, em MICROFILME, no Family Search. O cartório pediu a busca, e agora a resposta veio negativa. Não encontraram o documento.

    Não tenho nº de livro e nem pág. Tentei na microfilmagem, ver a capa do livro, mas ela não está incluída.

    Pesquisei no Arquivo Nacional, mas as certidões estão a partir de 1928.

    O quê mais posso fazer?

    Não tenho informação de onde meu avô foi batizado. Desde já, agradeço muito à ajuda de vocês.


    AVÔ brasileiro: ROBERTO DE OLIVEIRA

    Filiação: MANOEL ANTÔNIO DE OLIVEIRA E MARIA ALMEIDA DE OLIVEIRA

    Nascimento: 27/03/1904

    Avós paternos: JOSÉ ANTÔNIO DE oLIVEIRA E MARIA CANDIDA DE OLIVEIRA

    maternos: LUIZ ALMEIDA FERREIRA E AMÉLIA FERREIRA

  • @valeriaf

    Você mandou para o cartório a imagem da certidão? Anexe em um email (caso agora esteja usando só o formulário online - mas isso claramente não está funcionando). Falou em que dia foi lavrado nascimento? isto você consegue ler no registro.

    https://familysearch.org/ark:/61903/3:1:S3HT-65TD-93?cc=1582573&wc=9GT8-92S%3A113334201%2C130536601%2C114488701

    O número do registro é 99. Está bem claro.

    A folha vou explicar. Olhe no alto da página. Como é o "verso", o número está na página anterior que é 60. Então é 60 - verso. Você pode ver que no alto da página seguinte (ao lado da imagem) aparece o número de folha 61 já,

    Número do livro é mais enrolado nesse caso, Se voltar para a imagem 14 no link acima, tem um "termo de encerramento para o ano de 1903". Logo em seguida, o livro continua com novos registros para 1904, mas o numeração dos registros volta para o número 1. A última do ano anterior foi 318, Esse livro começou no registro 289 (como se vê na primeira imagem).

    Como não aparece nenhum número de livro, fui buscar o livro anterior. Esse aqui; pode ver que bate pois o último registro nele é 288:

    https://familysearch.org/ark:/61903/3:1:S3HT-65TD-FX?cc=1582573&wc=9GT8-929%3A113334201%2C130536601%2C132295101

    Nesse dá para ver o número do livro voltando para a primeira imagem: livro 7.

    Por isso, imagino que o livro com o nascimento do Roberto seja o 8.

    Estou desconfiado que o pessoal desse cartório não sabe que há 2 "famílias" de livros e que só estejam olhando pela data em uma delas. Isso era antigamente a "freguesia da Lagoa e Gávea", Se olhar o termo de abertura do livro 7, lá diz "distrito da Gávea". Muito possivelmente havia livros separados na época para "Lagoa" e outros para o "distrito da Gávea". Mencione que o seu registro está no "distrito da Gávea".

    É fogo o cliente ter que ensinar ao RCPN como os livros deles estão organizados!

    No limite, você (ou alguém) vai ter que ir pessoalmente no RCPN, com uma cópia da imagem do braço, explicar que está no "distrito da Gávea" (levar o termo abertura do livro 7), e só sair de lá depois que falar com alguém que realmente conheça o conteúdo dos livros.

  • @CarlosASP

    Obrigada . Com a negativa do cartório, enviei por email a cópia da imagem da certidão e simplesmente me mandaram procurar no Arquivo Nacional. Vou direto ao cartório com as informações que você acabou de me dar. Te agradeço muito.!!!!!

  • Malta,

    Voltando a essa discussão, depois de quase 6 anos. Me acho que fui um dos primeiros, se não o primeiro a conseguir fazer esse procedimento. Minha historia está no terceiro post da primeira página dessa discussão. Fico feliz que várias pessoas conseguiram depois.

    mas…

    depois de muito tempo parado, voltei ao fórum pra ajudar minha prima e já consegui ajuda valiosa de outros foristas para achar a certidão de batismo do bisavô da minha prima, no arquivo distrital de Bragança.

    acontece que cai no mesmo problema, mas com um detalhe diferente, no caso da minha prima a bisavô (que não achamos a certidão) é portuguesa e não brasileira, o casamento foi feito no Brasil. Pelo que me lembro quando ambos são Portugueses é sempre necessário fazer a transcrição, isso ainda se mantém?

    se, sim, existe alguma caso de suprimento de certidão do nubente quando este é Português?

  • @GiovanaCosta

    Tente ver se é possível no Rio ou Santos.

    Se não der, talvez seja melhor enviar para PT.

    Crc do Porto (≠ACP), Alcobaça, Mealhada, Angra do Heroísmo e Lisbia são as possibilidades.

    Mande email para elas.

    Abraços

  • @mjrjunior

    Funciona nos dois casos.

    Volte a algumas páginas e veja o relato da @marifontolan .

    Veja as que eu mencionei para a Giovanna, acima.

    Abraços

  • editado November 2022

    Obrigada, @guimoss ! Sabe se o consulado em Brasília demora muito? Ou se há algum post com relatos sobre os procedimentos em Brasília-DF?

  • @GiovanaCosta

    Acho que não há Consulado em Brasília.

    As funções são feitas pela Embaixada.

    Acho que há relatos, sim. Mas devem estar espalhados.

    Eu sugiro o contato com eles para descobrir.

    Se puder, nos deixe informados sobre o seu caso.

    Abraços e boa sorte!

  • editado November 2022

    @guimoss , obrigada! Há uma seção consular na Embaixada de Portugal em Brasília, com a qual o contato parece impossível. Não atendem telefone, não aceitam "visita" sem prévio agendamento para algum serviço. Vou ver como faço e relato aqui depois. Abraços p vc tbe!

  • @CarlosASP Muito obrigada por sua ajuda. Você deu uma interpretação precisa das imagens da microfilmagem, E ESTAVAM TODAS CORRETAS. Fui ao cartório seguindo sua orientação, e FELIZMENTE, encontraram a certidão de nascimento de meu avõ. Vou fazer a transcrição do casamento. Muito obrigada.

  • guimossguimoss Beta
    editado November 2022

    @GiovanaCosta

    Nesse caso, vc tem que ver com Santos ou Rio ou enviar para Portugal, se nao conseguir contato com Brasília ou se o processo for lento.

    Vc tem que ponderar velocidade x custos.

    Obs: pq vc postou a sua dúvida neste tópico? Falta alguma certidão de um dos nubentes?

    Abraços

  • @valeriaf

    Fico contente que deu certo.

    Pelo jeito, era o que eu desconfiava, estavam procurando somente numa "família" de livros, sem atentar que na época haviam, ao menos, duas "famílias"

    Mas é frustrante o cliente ser a pessoa que tem que ensinar a um RCPN como fazer corretamente o seu trabalho de busca.

    Por isso sempre digo; quando se achar a imagem de um registro, e tiver certeza que ela é de um RCPN, não aceite um "não encontramos" sem eles darem explicações muito convincentes. Uma explicação convincente seria do tipo "esse RCPN só tem os livros a partir do ano x". E, nesse caso, não ir embora antes de eles dizerem aonde estão os livros de outros períodos.

    Em uns raros casos, a organização do Family Search colocou as imagens de livros na circunscrição errada, o que induz ao erro ao buscar o RCPN atual correspondente. Por isso, é bom checar o termo de abertura dos livros - ali normalmente se diz qual pretoria/circunscrição era na época da confecção do registro; com isso se acha o RCPN atual.

  • @guimoss Meu post aqui foi uma pergunta a @marifontolan sobre transcrição de casamento em Angra do Heroísmo.

    Vc sabe se há algum tópico só p transcrição de casamento? Quem sabe alguém conhece o procedimento na seção consular de Brasília. O agendamento abriu no site. Gostaria de informações sobre prazos.

  • @GiovanaCosta

    Eu não sei.

    Mas, vc pode pesquisar assim, por aqui:

    Menu - três traços - Salas de Discussões - Consulados ou transcrições.

    Eu marquei o @Admin para ver se ele sabe de algum topico sobre a embaixada em Brasília.

    Se ele informar que nao existe, vc pode abrir um. Talvez, outros goristas estejam na sua situação e as dúvidas podem estar espalhadas por todo o fórum.

    Obs: Nesse meio tempo, envie uma imagem de cada documento necessário para as CRCs do Porto (≠ ACP), Angra do Heroísmo, Ponta Delgada, Mealhada, Lisboa (≠ CRCENTRAIS) e Vila Nova de Gaia, para que seja feita uma análise, se for possível fazer.

    Se puder, compartilhe o que descobrir.

    @marifontolan , @texaslady e @Admin vcs sabem os Contatos das Conservatórias da Ilha da Madeira? Eu não consegui encontrar no link do "IRN contactos".

    Abraço a tds e boa sorte!

  • @guimoss ,

    Encontrei online a seguinte informação, o link tem um erro na home page, mas pelo menu pode-se acessar:

    Também pode aceder à Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira para consulta de documentos em https://abm.madeira.gov.pt/pt/acesso-aos-documentos/arquivos/

    Entidades

    Entidade responsável

    • Instituto dos Registos e do Notariado - IRN

             Linha de Registo - 211 950 950

     

    • Direção Regional de Arquivo e Biblioteca da Madeira - ABM

             Telefone: 291 708 400


    Abs, e bom domingo!

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.