Atribuição pelo ACP Porto (informações e Processos)

18008018038058061277

Comentários

  • @GlauberZ, diversas conservatórias aceitam CNH como documento de identidade. ACP aceita sem nenhum problema.
  • Tenho algumas duvidas, sei que já devem ter perguntado, mas não achei nada referente.

    Meu tio, é português por atribuiçao e casado, ele tem 3 filhos menores, as crianças tem direito a cidadania correto??

    Ele precisa fazer a transcrição de casamento mesmo sendo declarante nas certidões??

    Se precisar da transcrição, ele consegue enviar a transcrição junto com as atribuições para ACP do porto??

    Obrigada!!!!
  • @Thailin2 Amaral, respondido na sua outra postagem. Por favor não poste a mesma dúvida em diversos locais do fórum. Não ajuda a ser respondido mais rápido e atrapalha o bom andamento do fórum.
  • Obrigado @Daniel Henriques e @GlauberZ !
  • @marciajones,
    Eu esperei pra ver se alguém com mais conhecimento sobre sua modalidade (por inscrição do nascimento no registo civil) podia lhe dar mais informações.

    Eu atuaria nas duas frentes:
    1. mandaria uma procuração pelo correio para a filha olhar pessoalmente na 4CRC. Sem a procuração ela não conseguirá. No site do IRN (que mandei anteriormente) tem um link para o modelo de procuração (para maiores). Eu faria o reconhecimento no consulado, mas se for difícil, pode ser no cartório e apostilar.
    2. ele deve ligar na LR enquanto a procuração está sendo feita ou a caminho. Na LR as informações em princípio só são fornecidas ao interessado. Dificilmente informarão a uma mulher sobre o processo de um homem. Se for um homem ligando, e soubesse responder as perguntas (nome completo, RG, data de nasc, endereço) constantes do 1C quem sabe?
    Ocasionalmente eles fazem alguma concessão, quando se trata de uma pessoa idosa. Não sei se é o caso.

    LR demora mais de 1h, mas não é difícil. Ligue bem cedo. Com R$40 você liga varias vezes via Skype. E liga pra sua filha.
    Agora que você já sabe o que está procurando, e até tem os números de processo pra buscar, fica mais fácil.

    O que você pagou no civil online fica lá. Às vezes eles mandam automaticamente, mas na maioria das vezes você é que pede por e-mail, e então eles mandam. Eu dei azar, perderam o meu pagamento e tive que pagar de novo, mas raramente acontece.
  • edisonbedisonb Member
    editado December 2019
    @gandalf,
    em relação ao comentário:
    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/210260/#Comment_210260

    Peguei as duas certidões, pedi para autenticarem a de inteiro teor e a pessoa me disse que a de inteiro teor eles somente reconhecem firma, a cópia dela que eles autenticam. Então pedi para reconhecerem firma dela e tirarem uma cópia autenticada.

    A minha dúvida é:

    Eu envio a cópia da de inteiro teor autenticada(papel sulfite) junto com a reprográfica apostilada, ou a própria certidão de inteiro teor, naquela folha especial azul deles?

    Obrigado.
  • @edisonb, manda a reprográfica apostilada E a inteiro teor original!!
  • @edisonb,
    Como a Liane disse.
    Se no futuro você precisar de outra copia, sempre pode (e deve) pedir uma nova "IT original".
  • Informação do código de acesso através do e-mail rcentrais.admin@irn.mj.pt

    Toda vez que solicita-se o código de acesso para acompanhar o andamento do processo através desse e-mail, agora não tem passado o número.

    É enviada uma cópia de e-mail, da mensagem encaminhada a ACP solicitando a informação e o código.

    E também a ACP não responde a rcentrais.admin nem responde ao nosso e-mail
  • Boa tarde, vcs tem uma ideia de quanto tempo mais ou menos demora pra que eles anexem o documento da exigência depois de recebido? Chegou lá dia 21 novembro e o status não mudou...obg
  • @Fabiano, verdade, não estão respondendo!! Estão se limitando a encaminhar as mensagens para o ACP!!
  • Pessoal, boa tarde. Venho pedir uma ajuda sobre um processo de um colega meu.
    A avó dele já é portuguesa por atribuição, porém, o pai dele (filho dela) já é falecido. Existe alguma forma dele solicitar a cidadania através dela diretamente?

    Desde já, agradeço muito a atenção de todos.
  • @Millenagl, ele pode pedir como neto, mas tem que com´provar laços efetivos com Portugal. Veja os requisitos no post de Atribuição para netos!
  • @Liane Alegria está difícil agora obter o código.

    Teremos de retornar e congestionar novamente a Linha de Registros
  • Boas amigos(as) do forum.

    Hoje meu processo de atribuição mudou de status no site, saiu da bolinha (02) e ficou verde até a bolinha (05),bolinha(06) branca e a (07) laranja. Seguindo pela seguinte msg:
    O seu pedido de nacionalidade foi aprovado e aguarda que seja criado um Registo de Cidadão Português.

    Nesta fase do processo ainda é possível cair em exigência?

    Obrigado atenção de todos, gratidão eterna aos amigos do fórum.



  • @Vanilson Raddi Jr, não vai mais cair em exigência. O pedido foi aprovado, só falta criarem o assento!
    Parabéns, está quase lá!
  • @vanilson qual a data e numeração do seu processo ?? Abcsss
  • Bom dia gente, meu processo andou hoje. Da bolinha 2 para 6!
    agora é esperar criar o registro.
    Obrigado a todos! Através do fórum, fiz o do meu pai e o meu.
    Processo 607XX/2019
    Enviado dia 12/07/19
    Recebido dia 23/07/19
    Numerado dia 30/07/19
    Despachado dia 03/12/19
  • Boa tarde, pessoal!
    Tenho uma proposta de trabalho aqui em Portugal, e a empresa forneceu uma carta assinada pela gerência, destinada a ACP, solicitando que considerem a possibilidade de criar o registo com urgência (processo numerado em maio, despacho em setembro). A carta possui os dados da empresa, meu nome completo, NIF e o número do processo.

    Em uma tentativa de dar seguimento à contratação, minha situação pode ser aceita como urgência?
  • Com certeza...
  • Obrigado pela atenção!
  • @Fabiano, hoje liguei às 8h (horário de Brasília) e só esperei 40 minutos na linha!! Gastei um pouco mais de 3 reais pelo skype!!
  • Boa tarde pessoal !
    só pra conhecimento no skipe quando vc vai contratar o pacote, tem a opção ligações ilimitada para telefone fixo é o mesmo preço ,10,50..Porem é ILIMITADA.
  • jhonpcjhonpc Member
    editado December 2019
    Eita!!! Vejam isso aqui: Muito sério!

    O SEF acabou de postar. Pena que não falam os nomes desse pessoal!! Por causa dessas e outros ficamos prejudicados com a demora do processo de cidadania...

    https://www.facebook.com/servicodeestrangeirosefronteiras/posts/2634990853259715?__tn__=K-R
  • Pode estar aí o motivo dos processos "voltarem uma casinha" lá no site do MJ Português...

    Espero que todos os envolvidos sejam punidos de forma exemplar...

    E que àqueles que forem identificados como requerentes em processos instruídos com documentos adulterados nunca mais seja permitida a entrada em território Europeu...
  • Como esperado notícias de fraudes em processos.
    Invariavelmente quando vemos exigências maiores com relação aos documentos e os processos "parados" é por conta de identificação de fraudes...
  • Que vergonha! Devem estar reanalisando tudo!
  • editado December 2019
    Isso é uma vergonha mesmo..TODOS OS PROCESSOS vão ser reanalisados por suspeita de fraude e os fraudadores serão banidos na União Européia.
  • editado December 2019
    Amigos, vim mais uma vez agradecer as dicas, orientações e toda ajuda que vocês dão aqui.
    Já havia feito a atribuição do meu marido em 2013 pelo Consulado do RJ; a da minha filha em 2016 com as dicas deste forum; e agora, novamente com a contribuição de vocês, o processo da minha cunhada foi aprovado (falta o assento).

    Só queria fazer um adendo, contando especificidades dos meus casos, pois pode ajudar outras pessoas. Vi que o @outrolucas tinha dúvidas, algumas similaridades com o caso da minha família, então, espero que ajude.

    Meu marido e minha cunhada são filhos de uma portuguesa e um brasileiro; eles nunca se casaram; no entanto, quando meu marido nasceu, ela era formalmente casada (ela se casou com uma pessoa, deixou de viver com ela, mas o divórcio não tinha saído quando ela passou a viver com meu sogro) E ISSO CONSTOU DA CERTIDÃO DE NASCIMENTO DELE - ela foi a declarante do nascimento. Quando minha cunhada nasceu,minha sogra era divorciada do primeiro marido e a certidão de nascimento estava toda cheia de erros.

    Vejam entao o primeiro caso: uma portuguesa, declarante do nascimento, na certidão constava que ela era casada, e eu nunca fiz transcrição alguma, nem de casamento, nem homologação de divórcio, nem mandei carta alguma explicando a situação, nunca caiu em exigencia, nada. Ele nasceu em 1979.

    Agora fiz o da minha cunhada, e a história era mais complicada ainda, porque a certidão dela tinha vários erros. Inclusive, dizia que a minha sogra era BRASILEIRA. Abrindo parenteses, tanto no caso do meu esposo, quanto no da minha cunhada, eu entrei com ações de retificação do registro civil deles aqui no Brasil: o dele pra incluir o nome do meio da minha sogra (que foi suprimido no RNE dela, mas constava na certidão portuguesa), e o dela, pra incluir esse nome e constar que ela era portuguesa (sou advogada, graças a Deus só gastei as custas, documentos, etc). De qualquer forma, a certidão de inteiro teor da minha cunhada mostrava todos os erros, um registro todo esculhambado (naquela época parece que era tudo de qualquer jeito).

    Então, as certidões de ambos enviadas para Portugal: eram retificadas; constavam como declarante a mãe portuguesa (na da cunhada eram ambos os pais); numa estava como casada, na outra estava tão esculhambada que nem lembro (pode estar casada, solteita, divorciada...); um nasceu em 79 e a outra em 86; nunca transcrevi casamento algum, divórcio, nada; nenhum dos dois processos caiu em exigência (nem o feito pelo Consulado, nem o enviado pra Portugal).

    No da minha cunhada, mandei cópia do cartão cidadão da minha sogra porque fiquei com medo daquela certidão maluca. Mas esclarecimentos mesmo, não fiz nenhum.

    Não sei se foi sorte, muitos dizem que quando a mãe é portuguesa tem que transcrever casamento ou explicar a situação, e eu nunca fiz nada e deu certo nos dois casos.

    Não estou orientando ninguém a arriscar, me desculpem se dei a entender isso... eu também gostaria de saber como deu certo nas duas vezes...
  • Pessoal, vou dar entrada na cidadania da minha mãe. Estou com dúvida nos documentos da minha avó, agora portuguesa e com casamento e viuvez já averbados em Portugal.
    1) Quando averba o casamento, o nome fica atualizado se pedir certidão no civilonline?
    2) É essa certidão da minha avó que preciso enviar junto dos documentos da minha mãe? Sabem se precisa mandar certidão de casamento também (brasileira ou portuguesa)?
    3) Preciso enviar algum documento do meu avô será?
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.