É possível transcrever casamento de português/a sem a certidão de nascimento do nubente estrangeiro.

1101113151618

Comentários

  • @Erick Russ, que ano ela nasceu? Já tentou buscar a certidão de batismo na Igreja de Santa Maria?

  • @marifontolan ela é de 1901, não consegui achar a certidão de batismo também. Terei que seguir o caminho mais difícil. O português levou 13 anos para registrar a filha por isso quero transcrever o casamento.

  • @Erick Russ , no caso do meu bisavô também era nascimento 1901 na certidão de casamento, mas quando achei a de batismo ele era nascido mesmo em 1900, você chegou a pedir pra verem anos anteriores?

    No meu caso, eu acabei achando no family search, antes da igreja encontrar. Foi difícil, porque olhei o livro todo de 1901 e 1900, e ainda estava com erro no nome da mãe, precisei mandar retificar. Agora estou esperando chegar a física pra mandar transcrever o casamento.

  • @marifontolan sim, sempre procuro em datas diferentes. Com o desarquivamento do casamento me pareceu que inventaram esses dados, porque os mais velhos falavam que ela tinha vindo da Espanha, mas não há indícios, também tentei outros cartórios da região, mas nada dela e nem dos pais.

  • muito obrigado pelas dicas, tem que fazer a transcriçao do casamento do meu avô e do meu pai também? ambos são falecidos

  • @fabricio777 , se o pai faleceu brasileiro, não tem como transcrever o casamento em Portugal!

  • Boa noite pessoal,

    Se não estão mais fazendo a transcrição do casamento com o suprimento da certidão do nubente brasileiro em Portugal, nas Conservatórias, onde posso fazer? Fiquei muito em dúvida. Nao entendi muito bem.

    Desde já agradeço por toda ajuda!!

  • @Juliaj , dê uma olhada neste link. Pode mandar um email para Ponta Delgada perguntando se aceitam fazer o processo e quais as exigências - https://portupedia.com/wiki/Processo_de_Suprimento_de_Certid%C3%A3o_de_Registo

  • Obrigada @Leticialele !! vou dar uma olhada sim! eu já tinha mandado um email pra eles mas sem resposta, mandei outro agora mas nao sei se seria melhor ligar ou atolaria muito o serviço deles..

    enfim, obrigada!

  • Irei no consulado aqui de Recife amanhã e vou tentar me informar melhor sobre isso!

  • Boa tarde, tô iniciando agora a juntada dos documentos para obter a cidadania portuguesa e sem advogado!! minha dúvida é, se preciso fazer a transcrição da certidão de casamento dos meus avós?

    Minha avó era portuguesa e casou com meu avô brasileiro aqui no Brasil. Alguém por favor pode me ajudar. obrigada.

  • @Lulu , se foi seu avô brasileiro o declarante do nascimento do filho ou se foi um terceiro, terá que transcrever o casamento de sua avó.

  • @Leticialele minha avó portuguesa faleceu tabém no Brasil, preciso fazer a transcrição de óbito dela?

  • @Lulu

    Só se você fizer em alguns consulados no Brasil.

    Para fins de pedido de nacionalidade, diretamente em Portugal, basta a transcrição do casamento.

    Se for pedir como neta, o processo tramitará obrigaroriamente por Lisboa, durando de 2 a 3 anos.

    Se for de filha (da sua avó para o filho - seu pai ou mãe - e depois, para você), cada processo levará em média 6 meses.

    Se houver alguma prioridade por questão de idade ou problemas de saúde, esse prazo diminui.

    Abraços

  • @guimoss obrigada.

  • @Leticialele se o avô português foi o declarante do nascimento da filha, mas só fez quando ela tinha treze anos é obrigatória a transcrição do casamento?

  • Boa noite a todos,

    Em algumas paginas atras, a forista @belle3 deixou um relato acerca de um site de buscas de registros civis brasileiros. Esse é o relato:

    "https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/248614/#Comment_248614"

    Hoje, o forista @RLEME deixou um relato diferente sobre esse site. Esse é o relato:

    "https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/264336/#Comment_264336"

    Estou postando ambos para que as pessoas possam ter acesso a duas experiências diferentes e verificarem qual dos relatos está atualizado.

    Obrigado aos foristas @belle3 e @RLEME pelas informações.

  • Pessoal, alguém recentemente fez o processo de transcrição sem a certidão de nascimento do brasileiro?? Eu liguei em Ponta Delgada hoje e disseram que não fazem. No consulado de SP não consigo falar por NADA por telefone. Não sei o que fazer. Será que o Consulado de SP aceita mesmo?? E sabem se preciso pedir o assento da portuguesa para Portugal? Em que formato? Ou posso apenas imprimir em pdf do site do arquivo distrital? No site do consulado não achei nada sobre como deve ser o assento da portuguesa para envio e pedido de transcrição.

  • Boa noite. Achei muito interessante todas as informações através das postagens acima. Estou em um dilema parecido. Meu avô português (tenho já em mãos a certidão de baptismo), casou-se no Brasil (tenho a certidão em inteiro teor), porém a certidão de nascimento da sua esposa que em alguns documentos consta ser de Ancona/Itália e em outros nascida no Brasil. Pois bem, procurei na cidade onde se casou, Vinhedo, porém não achei a certidão, me encaminharam para Jundiaí pela data de seu nascimento, mas nada foi encontrado, pedi uma busca através desse mesmo cartório em todos os cartórios do estado de São Paulo e nada. Meus familiares dizem que ela nasceu no navio, porém não encontrei o embarque da família em nenhum. Fiz busca no cartório de Ancona na Itália e nada encontraram.... Enfim como devo proceder para pedir a supressão dessa certidão, para que depois possa fazer a transcrição do casamento.... Agradeço toda ajuda e orientação... OBG a todos....

  • @Elaine_2021portugal, seu avô era o Português, precisaria mesmo da transcrição do casamento? Na certidão de nascimento do seu pai/mãe, não é ele mesmo o declarante do nascimento?

  • @adrianegsc Nossa! Eu tava pensando em mandar para Ponta Delgada. Conseguiu mais informações?

  • Boa tarde pessoal. Tô tentando achar os procedimentos básicos para dar entrada na averbação de casamento dos meus pais mas não tô achando. Alguém pode me mandar?

    Documentos necessários, formulário, endereço de envio(4CRC) e vale postal (ou também dá pra fazer pelo cartão).

    Obrigada!!!

  • Boa noite caros e caras dessa discussão! Me chamo Izabela e gostaria de saber se alguem aqui pode me orientar melhor (que a própria embaixada aqui em Brasília!).

    Minha mãe é portuguesa naturalizada com processo concluído e precisamos, na sequencia, averbar seu casamento com meu pai (brasileiro). Ocorre que não encontramos a certidão de meu pai em lugar algum. Buscamos em TODOS os cartórios de sua cidade de nascimento sem sucesso. Meu pai e militar da reserva e não consegue encontrar sua carteira de identidade mais antiga que remeta ao registro de nascimento. As carteiras de identidade dele, civil e militar, remetem ambas à sua certidão de casamento.

    Gostaria de saber se existe alguma outra possibilidade de documentação alternativa.


    Muitíssimo obrigada


    Izabela

  • @izarebelo2020

    Infelizmente, não.

    Mas qual é o propósito da transcrever o casamento?

    Sua mae é naturalizada e por isso, não poderá transmitir a nacionalidade portuguesa para vc.

    E se os seus pais pretendem morar em Portugal, há outros mecanismos de proteção para o seu pai, como o visto de residência, agrupamento familiar ou igualdade de direitos.

    ---

    O que vc pode fazer é conseguir as certidões negativas de todos os rcpns da sua localidade, apostilar cada uma e fazer a transcrição, conforme as regras desse tópico.

    Espero ter ajudado.

  • @izarebelo2020

    Quando você diz "Minha mãe é portuguesa naturalizada", pode ser mais precisa? A terminologia exata faz diferença. Olhe o assento de nascimento português dela, na parte de baixo deve constar por qual artigo a nacionalidade foi concedida e quando.

    Em que base ela conseguiu a nacionalidade portuguesa? Por ser filha, neta, por outro casamento, residência, por ser descendente de sefardita, etc? Dependendo da resposta, pode ser o caso mencionado pelo colega. Ou você pode ter sim direito.

    Sobre a certidão de seu pai, caso realmente tenha direito. Se quiser, coloque no tópico abaixo o que já fez e os dados dele. Tem gente muito boa aqui no site que ajuda gratuitamente a encontrar certidões.

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/categories/certidoes-brasileiras

    Seu pai tem irmãos? Onde eles foram registrados? A família registrava os filhos logo após o nascimento. ou pode ser um caso de registro tardio, anos mais tarde até em outra cidade? Seu pai morou em outros lugares na infância além do de nascimento? E onde os pais dele casaram?

  • Obrigada pelos comentários. Sim, minha mãe teve o processo de naturalização (nacionalidade por atribuição) concluído por ser filha de português nato, em julho do ano passado. Para transmitir essa nacionalidade aos filhos (eu e meu irmão, no caso) e netos, há a necessidade de averbação do casamento com nosso pai. Na verdade, a intenção não é a de moradia @guimoss. Era uma questão familiar importante para minha mãe, e seus netos pretendem morar lá enquanto fazem mestrado (na condição de portugueses naturalizados).

    @CarlosASP meu pai tem irmãos mais novos, ambos registrados em cartórios na cidade de Fortaleza. Como meu pai foi primeiro filho, não sabemos se seu pai o registrou em algum quartel...segundo minha mãe, alguns militares à época usavam essa benesse. Temos a certidão de casamento dos seus pais. Casaram-se na cidade de Fortaleza.

  • @izarebelo2020

    Sabe em que cidades o pai dele serviu?

    Fazendo a genealogia de ramos familiares, um antepassado militar tinha cada filho registrado num estado brasileiro diferente, conforme ele era sendo transferido. Pode ser o caso, já que o mais óbvio, Fortaleza, não está dando resultados.

    Outra ideia é... esse quartel em Fortaleza continua sendo no município de Fortaleza? Houve tantos desmembramentos de municípios nas últimas décadas que sempre há a possibilidade de não ser mais Fortaleza e estar no cartório do que hoje é outro município.

  • @izarebelo2020

    O questionamento do @CarlosASP fez sentido.

    Vc confundiu as coisas, no seu relato.

    Olha como é:

    Atribuição (o seu caso) = nacionalidade nata (por força de lei) - filhos e netos de portugueses. ESSA PODE SER TRANSMITIDA.

    Aquisição (como vc classificou o seu caso) = nacionalidade naturalizada (por força de vontade) - residência, cônjuge, Sefardita...ESSA NÃO PODE SER TRANSMITIDA, EXCETO EM ALGUNS RAROS CASOS (FILHO MENOR OU INCAPAZ).

    Ainda bem que é caso de ATRIBUIÇÃO e não, Aquisição.

    ---

    Quem foi o declarante do nascimento do seu nascimento e do seu irmão?

    Se foi a sua mãe, não há a necessidade de transcrever o casamento, se o registro foi feito até 1 ano da data do nascimento.

    ---

    E se a certidão do seu pai não for achada, vc pode tentar fazer a TRANSCRIÇÃO DE CASAMENTO COM SUPRESSÃO DO NASCIMENTO DO CÔNJUGE ESTRANGEIRO.

    Custa 100 euros a mais (120+100 euros) e vc precisaria das certidões negativas apostiladas dos rcpns de fortaleza.

    Em Fortaleza, acredito que há 9 cartórios de registro civil. Você precisa da certidão negativa de TODOS eles.

    Caso o valor da apostila seja alto no Ceará, vc pode tentar pelo DF (R$ 47,60 por apostila, eu acho) ou por SC (R$ 44,44 por apostila).

    ---

    Se quiser deixar os dados do seu pai, alguém do fórum pode tentar localizar o nascimento dele.

    Boa sorte!

    ---

    Obrigado, @CarlosASP por perceber algo de errado.

    Abraços aos dois.

  • Em qual conservatória esse procedimento é realizado?

  • Boa Tarde

    Gostaria de tirar algumas dúvidas

    1- Meu avô português ( falecido ) minha avó brasileira ( falecida), já tenho as certidões de casamento , nascimento e td mais , queria saber por onde irei começar

    1. A ) O que preciso transcrever em Portugal ? O casamento deles ? O nascimento dela sendo brasileira ? O óbito dela sendo brasileira ? O óbito dele sendo português ? O nascimento dele sendo português ?

    Desde já agradeço a contribuição de todos

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.