Judeus Sefarditas - Informações e processos

15152535557

Comentários

  • I found this: https://www.portugal.gov.pt/pt/gc21/comunicacao/noticia?i=documentos-apresentados-no-registo-civil-em-ingles-frances-e-espanhol-ja-nao-precisam-de-traducao

    2018-05-03 às 15h08

    Documentos apresentados no registo civil em inglês, francês e espanhol já não precisam de tradução

  • jtrevilljtrevill Member
    editado August 1

    I found this too: https://www.jornaldenegocios.pt/economia/justica/detalhe/documentos-civis-em-ingles-frances-e-espanhol-deixam-de-precisar-de-traducao


    https://www.jornaldenegocios.pt/


    ECONOMIA JUSTIÇA


    Documentos civis em inglês, francês e espanhol deixam de precisar de tradução

  • jtrevilljtrevill Member
    editado August 1

    And this one from the Portuguese Consulate in Tel Aviv, Israel:

    sconsular.telavive@mne.pt

    *According to the recent changes to the Law a translation is no longer mandatory if the document is written in English, French or Spanish.

  • gandalfgandalf Member
    editado August 2

    @jtrevill

    Interessante... é a primeira vez que vejo esse documento, com o modo de fazer.

    Já tinha ouvido a Conservadora falar sobre isso na audição do parlamento: "https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/219481/#Comment_219481"

    Se seu processo for para a Conservatória Central (Lisboa) eles mesmos fazem a tradução, e deve ser a isso que a Conservadora se referiu. Está no portfólio de serviços.

    Em Informações relevantes; No primeiro link: Onde posso efectuar a tradução de documentos estrangeiros? "https://www.irn.mj.pt/IRN/sections/irn/a_registral/registos-centrais/docs-da-nacionalidade/index/"

  • @gandalf Muchas gracias y mas tarde revisare las dos ligas que me recomiendas.

  • jtrevilljtrevill Member
    editado August 4

    @AlexandreLS could you add me to the spreadsheet? My full name is Julian Trevino-Villarreal and received acknowledgment from Conservatória dos Registos Centrais (Lisboa) today (04.08.2020). Thanks!

  • Boa tarde a todos.

    Estou à espera do documento emitido pela CIL para assim dar entrada no processo de nacionalidade.

    Após a leitura do Despacho 45/CD/2019, fiquei com uma dúvida: eu posso agendar a marcação tanto para a ACP como para a Conservatória dos Registos Centrais para a entrega dos documentos?

    Apenas a esses dois locais competem a análise e decisão dos pedidos de nacionalidade via Judeu Sefardita (Artigo 6º Nº7)?


    Cumprimentos,

    Gustavo.

  • Como fazer para meus filhos menores, nascidos antes da minha naturalização, visto que o Artigo 2° não fala de efetiva ligação, mas no corpo do decretoe de outros dispositivos, há a menção. Vejo muito que pra crianças, basicamente, é morar em Portugal.

  • @GustavoCamara De posse dos documentos para dar entrada no pedido de nacionalidade, deve enviar por DHL ou FEDEX ( eu indico a DHL) para o ACP ou CRCentrais de Lisboa, fica a seu critério qual conservatória escolher, apenas estas duas recebem os processos diretamente, pela via sefardita. Pode acontecer também de mais tarde seu processo acabar sendo redistribuido pela CRCentrais para outra conservatória. Não precisa marcar nada. Basta enviar e aguardar para posteriormente solicitar o número do processo e a senha para acompanhamento.

  • @jtrevill I sent the English documents, untranslated but of course still verified/apostilled. I checked with the authorities in Portugal that the English documents did not need to be translated. But I live in Germany for which the language requirements have not changed - so for these, I had them translated by a certified translator here in Berlin. Hope that helps.

  • jtrevilljtrevill Member
    editado August 6

    @nathanedavis1, Thanks a lot Nathan!! Most of my paperwork was either in English (USA and UK) or Spanish (Mexico). None of those two languages (in addition to French) need to be translate to Portuguese since 2018. However, a letter I wrote to the "Conservatoria das Registos Centrais", my application form, a certificated issued by CIL that proves that I have a family connection to Sephardic Jewish community of Portuguese origin, and the letter from the General Consulate of Portugal in Manchester where they verified my application form signature and my identity were written in Portuguese. Let's see what happens.... JULIAN

  • Olá a todos, alguém por favor conhece algum genealogista que faça estudos em Pernambuco?

  • Gente, como vocês fizeram o pagamento para CIL ou a CIP? Por qual site de remessa internacional? Tiveram que pagar uma taxa de imposto de renda ou colocaram que era para serviços educacionais (ou manutenção de residente)? O problema é que a conta da CIP é de pessoa jurídica então estou tendo dificuldades...

  • Eu paguei o meu donativo da CIL como transferência pelo banco. Teve Imposto federal e isenção no estadual (porque é doação pra entidade religiosa).

    No da minha esposa, verei se faz com algum site, tipo TransferWise.

    Perguntei por email pra CIL, mas eles não respoderam e não atendem telefone. Deve estar fechado ainda pelo Covid...

  • JAVELJAVEL Member

    Parece que esta semana, de 03 a 07, o pessoal da CIL estava em férias. É que o meu irmão encaminhou a documentação genealógica para lá e enviou um e-mail para que confirmassem se os documentos haviam chegado corretamente e veio uma resposta avisando que estavam em férias e retornariam na próxima semana.

  • Oi gente! Eu tenho uma dúvida quanto à documentação a ser enviada pra CRC.

    A certidão de nascimento de inteiro teor em cópia reprográfica (se estiver legível) é suficiente? Ou precisa mandar duas: a cópia reprográfica e a digitada?

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @rafaelabms , se a cópia reprográfica estiver legível, não há necessidade de mandar uma Inteiro Teor digitada. Só mande se a reprográfica estiver de difícil leitura

  • @rafaelabms Eu mandei as duas por via das dúvidas, pois o conceito de "estar legível" pode variar de pessoa para pessoa, então resolvi não arriscar que o processo caia em exigência por isso, mas é uma decisão pessoal de cada um.

  • opa eu gostaria de saber quais documentações são necessárias para uma nacionalidade via Judeu Serfaditas .

    sou totalmente leigo no assunto ,porém com um amor imenso por esse povo e gostaria muito de fazer parte da comunidade Portuguesa e consequencialmente Serfadita .

    se alguém puder me dar um feedback sobre o assunto!!!

    ????

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Jonathas871310 , você precisa ser descendente de um judeu sefardita expulso de Portugal na época da Inquisição!

  • Olá @Jonathas871310 , entre nesse link que tem o passo a passo para o processo todo :

    https://docs.google.com/document/u/0/d/1aH_2c1J8DsCikwmOj35Dd8H345RtBCT1xYtyrCmU9Vc/mobilebasic?fbclid=IwAR0xKdGsgNpKpkTgZLQ0Tto5juEqKieg1GhTGlUvE0FPCIcUevg-ryhMW5U


    Se puder tbm entre no grupo do facebook (GENEALOGIA SEFARDITA) que irá te ajudar muito no processo todo assim como me ajudou, segue o link do grupo : https://www.facebook.com/groups/genealogiasefardita/


    Cumprimentos,

    Thiago Cubas de Siqueira Pelegrini.

  • @sabrino0800 vi uma pessoa mencionando pontos que embasaram pedido que teria feito com sucesso para aquisição da nacionalidade a filho menor. Vou citá-los:

    Artigo 2º da Lei da nacionalidade:

    Os filhos menores ou incapazes de pai ou mãe que adquira a nacionalidade portuguesa podem também adquiri-la, mediante declaração.

    Decreto-Lei n.º 237-A/2006, artigo 13º:

    Aquisição por filhos incapazes mediante declaração de vontade

    1 - Os filhos incapazes de mãe ou de pai que adquira a nacionalidade portuguesa, se também a quiserem adquirir, devem declarar, por intermédio dos seus representantes legais, que pretendem ser portugueses.

    Baseado nisto, uma pessoa naturalizada portuguesa, pela via sefardita, relatou ter conseguido passar a nacionalidade ao filho menor.

  • obrigado a todos pelo feedback !!

    bom resto de semana ..

  • @LucianoCeará ,entendo que as condições que você passou não bastam por si só. Além disso, é preciso provar ligação com portugal...Com isso tudo fica mais difícil. Você precisa morar lá com seu filho por 2 anos, ou provar por critérios que ainda não são consenso nem para os conservadores que analisam os processos.

  • @brunosalem não procede essa questão de ter que demonstrar vínculo, inclusive a pessoa que conseguiu postou os e-mails trocados com a CRC confirmando esse entendimento. A efetiva ligação éra para descendentes em 2º grau, ou seja, pra netos.

    Inclusive ontem vi uma postagem de que conseguiram também para conjuge, sem precisar efetiva ligação, simplesmente por ter 3 anos de casado (e não teriam sido 3 anos após a naturalização, mas 3 anos de casamento).

    Você poderia citar o trecho que exige essa efetiva ligação nestes casos?

  • Boa noite,


    Enviei minha documentação para ACP Porto que chegou no dia 06/07/2020, e o e-mail de retorno com número de processo e senha de acesso chegou dia 30/07/2020.

    Dentre os documentos encaminhei apenas a Certidão de Nascimento em Inteiro Teor normal. Não enviei junto a certidão de nascimento em inteiro teor por cópia reprográfica. Como moro em Fortaleza e nasci em Minas Gerais, a referida certidão chegou apenas hoje.

    Minha ideia seria enviar essa certidão para que eles juntassem ao meu processo. Não enviei essa certidão por orientação de consultoria especializada em Portugal que disse que bastaria a de inteiro teor simples. Fico com receio em cair em exigência ao mesmo tempo que receio mexer no processo enviando agora e fazer confusão no mesmo. Esperaria eles pedirem a por cópia reprográfica? Se pedirem?

    Indago ao grupo, é melhor enviar logo, ou esperar caso peçam? Alguém já passou por isso?


    Atenciosamente


    claudio

  • rbgansrbgans Member

    @claudiopb , te recomendo enviar a certidão e solicitar que seja incluída no teu processo. A exigência depende muito de quem está responsável pela análise. O processo do meu pai caiu em exigência pela falta da certidão por cópia reprográfica, já o da minha irmã seguiu o curso sem a necessidade do envio extra.

    Ambos os processos já foram aprovados e encontram-se na fase de registro.

  • @rbgans sua irmã não mandou a certidão por cópia reprográfica?

  • @rbgans @GlauberZ ,

    Obrigado pela orientação. Enviei o documento hoje.

  • Boa noite pessoal!

    Meu bisavô era Português e foi expulso do País por ser Judeu. Ele faleceu no Brasil. Minha avó e meu pai, que eram brasileiros, também já faleceram, eu tenho como conseguir a cidadania Portuguesa? Eu tenho uma cópia da certidão de óbito do meu bisavô, constando que ele nasceu em Portugal, mas não consta o local específico, consta também o nome da minha bisavó, dos meus trisavós e também dos herdeiros, dentre eles minha vó, Já tentei localizar a cidade natal do meu bisavô pesquisando pelos nomes que tenho, mas não consegui, alguém pode me ajudar? E onde posso pesquisar se ele era judeu mesmo?

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.