Atribuição pelo ACP Porto (informações e Processos)

18138148168188191013

Comentários

  • @gandalf aii meu deus, não acredito que pode demorar tudo isso :(

    veja o que veio na carta:

    No âmbito do processo em referência notifica-se V. Exª., na qualidade de representantes legais e pais do requerente, para no prazo de 20 dias úteis, acrescido de 30 dias úteis de dilação, suprir as seguintes deficiências.
    1 - Deve ser apresentada certidão de nascimento paroquial do progenitor português uma vez que o seu registro é paroquial e encontra-se incorporada em Arquivo Distrital, não fazendo parte do arquivo dos serviços do IRN.
    2 - Deve enviar a cópia autenticada do documento de identificação do pai (passaporte, B.I) ou registro de casamento, de óbito para comprovar a fixação do nome (da fotocópia parcial simples apresentada apenas consta "José Maria").

    obrigada
  • @gabissmleal...

    Com base no texto que você postou acima...
    Sua exigência não teve nada a ver com falsificação/adulteração de documentos...

    Foi falta de atenção mesmo...

    Desde que entrei no Fórum que se publica aqui sobre essas questões que levaram o processo em causa a cair em exigência...

    Ou seja...:

    Quando o documento de registo de Nascimento do Português em questão é muito antigo...(Registo de Batismo/Paroquial)...Deve ser solicitada uma via Original...(Em papel)...Certificada da Certidão do Nascimento ...
    ***Esse tipo de Certidão deve vir do Arquivo Distrital que detém o Registo em Portugal...

    Como nesse tipo de Registo muito antigo só vem assinalado o Nome Próprio do registando...(Primeiro Nome)...É necessário também enviar um documento mais recente...(Certidão de Casamento ou Óbito)... Do Português onde conste o nome dele completo...
  • gabissmlealgabissmleal Member
    editado January 2020
    @NiltonHessel, eu sei que não tem nada a ver com falsificação.
    A questão da falsificação foi que eu achei que estavam demorando para dar continuidade no meu processo, pois estavam com problemas lá na ACP por conta dessa rede de falsificação de documentos brasileiros (que não é o meu caso) e tiveram que fazer um pente fino nos processos. Mas enfim, isso é outra coisa.
    Eu solicitei a certidão, através do civil online depois que recebi a carta. Eu sei que foi falta de atenção minha. São muitas informações e não é tão fácil assim de entender, mas vamos em frente...rs
  • Dois processos recebidos no ACP em 27 de setembro de 2019 (irmãos). Um deles teve a chave de acesso fornecida em dezembro. O outro, segundo o atendente da LR hoje, ainda não foi digitalizado, devendo voltar a ligar daqui a 2 ou 3 meses!!! O que estará ocorrendo lá??
  • @gabissmleal, creio que a certidão não será fornecida pelo civil online! Se é de batismo, você só vai conseguir no Arquivo Distrital . Peça cópia certificada.
  • @lianealegria, como faço para solicitar essa certidão? Qual o meio para entrar em contato com eles?
    triste :(
  • @gabissmleal, qual a Freguesia, Concelho, Distrito?
  • @lianealegria, Freguesia de Lavos, Conselho de Figueira da Foz e Distrito Coimbra.
    obrigada
  • Nilton HesselNilton Hessel Member
    editado January 2020
    É isso @gabissmleal...Cumprida a exigência resta aguardar...

    Tenho uma teoria...(Que apresentei em uma postagem cerca de um mês atrás)...
    Essa teoria é sobre um dos
    **Possíveis** motivos pelos quais Portugal "Parou" de emitir os Registos...

    Mas provavelmente você não deve ter lido...

    Minha "Teoria" é simples...:

    Sem Registo emitido...Não é possível dar sequência aos processos dos familiares...

    Exemplo...:

    Tenho um primo com Processo "Aprovado" há Seis meses...Aguardando emissão do Registo de Nascimento Português...
    Na sequência tem Duas Atribuições...(Duas filhas desse meu primo)...Depois mais três Atribuições...(De três Netos desse mesmo primo)...

    Ou seja...*SE*...O Registo de Nascimento Português do meu primo tivesse sido emitido seis meses atrás...(Na ocasião em que o processo dele fio aprovado)...É muito provável que nós já tivéssemos montado e enviado para Portugal...Pelo menos mais Cinco processos de Atribuição da Nacionalidade Portuguesa...

    Entupindo ainda mais as Conservatórias de processos. ..Conservatórias que já não tem mais espaço para empilhar processos...

    Resumo...Enquanto essas centenas de processos aprovados não tiverem emitido seu respectivo Registo...Nenhum processo mais *DESSA FAMÍLIA" poderá ser enviado para Portugal...

    Sei que nem para todos os processos aprovados aguardando Registo tem outros membros da família na sequência para iniciar seus próprios processos...Mas tenho certeza que esse número é bastante significativo...

    Paciência...
    E...
    Boa Sorte pra você...
    : )
  • @gabissmleal, peça ao Arquivo Distrital de Coimbra.
    Aqui você encontra todas as instruções:
    https://pesquisa.auc.uc.pt/help
  • @lianealegria, eu cheguei a mandar um e-mail perguntando sobre como conseguia a certidão para esse e-mail: auc-geral@auc.uc.pt.
    ai o retorno deles foram:


    Exm.ª Senhora
    Gabrielli Mendes Leal


    Em resposta ao pedido de V. Ex.ª, informo que foi localizado no livro de assentos de batismos da freguesia de Lavos, concelho da Figueira da Foz o assento de batismo n.º 14/1907 de José Maria, filho de João Bernardes e Rosa da Graça, nascida em 26 de Dezembro de 1906.
    Contudo este assento encontra-se cancelado com a seguinte indicação: "Cancelado por ter sido transcrito nesta Conservatória em 1926 e sob o n.º 114, sem emolumento. Figueira da Foz 12 de Abril de 1935."
    Como os livros do ano referido em se encontra na Conservatória do Registo Civil da Figueira da Foz a essa entidade que deverá dirigir o seu pedido.
    Com os melhores cumprimentos
    ****************************************************
    Luis Simões
    Coordenador Técnico

    Arquivo da Universidade de Coimbra
    Rua de São Pedro, 2
    3000 - 370 Coimbra
    Telf.: 239859855 Fax: 239820987
    NIF: 501617582
    ****************************************************


    Eu não sei o que fazer, estou totalmente perdida para poder conseguir essa certidão :(
  • Liane AlegriaLiane Alegria Member
    editado January 2020
    @gabissmleal, tente ligar para o a Conservatória do Registo Civil de Figueira da Foz. Use o Skype
    Telefone: (+351) 233 407 330
  • @gabissmleal mande um e-mail para civil.ffoz@irn.mj.pt

    eu tive que pedir a certidão de batismo do meu bisavô em 2017. na época, custou 24 euros e eu recebi uma cópia repográfica em casa, no Brasil. Não sei é possível pedir para que encaminhem a cópia diretamente para a ACP, talvez vale perguntar =)
  • @gabissmleal...

    Pelo que entendi o Registo em causa...Que é de 1906...Foi transcrito em 1926...Passando a ser esse o ano de referência para buscas/solicitações...

    Sendo referência o ano de 1926 já deve ser possível obter uma via pelo civilonline.pt...

    Confesso que nunca vi nada parecido....

    Realmente seria bom você contactar diretamente a Conservatória de Figueira da Foz para ver se efetivamente o Registo está com eles e como proceder para conseguir uma via desse Registo...
  • gabissmlealgabissmleal Member
    editado January 2020
    @lianealegria, @ferrju e @niltonhessel, obrigada pela ajuda, vou tentar entrar em contato.
  • gandalfgandalf Member
    editado January 2020
    @gabissmleal,
    Nossa, nunca vi alguém receber tanta atenção assim numa única exigência. LOL
    Seu caso despertou o instinto coletivo de ajuda que faz os humanos preservarem a espécie. Sinta-se especial. :-)

    Eu estou cá imaginando que documento que voce pode ter mandado depois do final de outubro.
    Sua exigência é tal como foi dito:

    Se o português foi registrado antes de 1911, enviar registo de nascimento do português no original (copia reprográfica) com marca d'agua solicitada diretamente ao Arquivo Distrital correspondente à freguesia de naturalidade do nacional português.
    http://www.aatt.org/site/index.php?P=3
    Também se nascido antes de 1911 (mais exatamente 05/outubro/1910) em geral so existe a certidão de batismo na igreja da freguesia como registro, porque não existiam cartórios. Na anotação do nome do português menciona somente o primeiro nome e a filiação. Nesse caso devera ser anexada também uma certidão de casamento inteiro teor, ou certidão de óbito, ou matricula consular do português para fixação do apelido (sobrenome).
    Se o documento for brasileiro, copia recente (ate 6 meses) em inteiro teor, apostilada.


    Agora voce tem que estar de olho no relógio, pra evitar que seu processo seja arquivado e morra.
    Olho nos prazos.
    A carta deve ser do inicio de Outubro. Eles indicam 20+30 dias, que na prática são 6 meses de inatividade.
    Voce já esta com +- 4 meses desde de exigência + ainda tem que pedir e receber do AD + enviar + eles receberem sua resposta.
    Seu documento vai levar uns 30 dias pra voce receber o original do AD, depois que voce conseguir pedir.
    Seu tempo esta muito apertado. Tenha atenção nisso.

    Sim, pode ser pedido por e-mail ou por telefone, mas eu lhe aconselho resolver primeiro por telefone, pelo tempo.
    Depois que conversar, então formaliza a conversa por e-mail. (Guarde todas as respostas)
    Em geral te instruem a mandar o pagamento via swift bancário e outros detalhes que voce ainda não sabe.
    Custa mais caro pagar o serviço do banco pra mandar o dinheiro do que o custo do Arquivo. Mas eles não se mexem enquanto não chegar o pagamento. Voce está muito apertada com o prazo.

    Assim tem que dar prioridade, conversar e resolver essas coisas e colocar o pedido no Arquivo Distrital.
    Mande uma carta (pelo correio mesmo) para a ACP contando que já solicitou os documentos originais no AD, e peça uma extensão de prazo. Enquanto voce estiver em contato, eles mantêm o seu caso aberto. Na carta mande uma copia simples da carta de exigência e outra com o seu pedido de extensão, e algum e-mail relevante que trocou com o AD em que eles receberam o pagamento e vão lhe enviar o documento (escolha 1 email só).

    Corre com o AD, e em paralelo corre com a cert de casamento ou óbito, que tem que ser apostilada e também leva tempo.
    Sempre que tiver a opção escolha DHL, que é seguro e rápido (é um pouco mais caro, mas são 3-4 dias uteis).
    Boa sorte.
  • @gandalf, olha eu já estou entrando em desespero. Quando eu recebi a exigência em outubro, eu corri atras da certidão do civil online e da certidão de óbito de inteiro teor e já mandei pra lá, tudo dentro do prazo. A questão é que até o momento parece que meu processo está parado e eu não consigo de jeito nenhum uma cópia da certidão de nascimento do meu bisavó. Eu entrei em contato com o arquivo de Coimbra e eles me falaram que foi transcrito e deveria estar no arquivo de Figueira da Foz. Mandei um e-mail para Figueira da Foz agora pouco e eles me falaram que era para pesquisar no arquivo de Coimbra. Não sei mais o que fazer, mas amanhã cedo vou tentar ligar para o ACP para saber como está o processo e depois dependendo, ver se consigo essa cópia reprográfica da certidão de nascimento do meu bisavó, porque estou tirando a cidadania da minha vó.
    E eu agradeço imensamente pela ajuda de todos.
  • gandalfgandalf Member
    editado January 2020
    @gabissmleal,
    Mais uma coisa...
    Já que seu bisavô é de 1905, o requerente (sua avó) precisa ter mandado um atestado de vida junto com o 1C (feito gratuitamente no consulado português, sem agendamento).
    Para requerentes com mais de 70 anos o RG precisa ser + recente, e a prova de vida no consulado.

    Você fez isso? Se não fez, quase certamente vai ser motivo de outra exigência depois.
    Se a prova de vida foi feita em cartório, faça outra no consulado e mande agora junto com seus documentos pra ser anexado ao processo. Como seu processo está demorando, eles poderiam pedir outra.
    Já que vai ao consulado, faça a autenticação do RG (com bem menos de 5 anos) lá também.
    Você estaria se antecipando, para evitar novas exigências em outras fases da análise.

    Todos os outros documentos voce consegue com o tempo, mas RG e prova de vida, e 1C tem que ser pessoalmente.
    Caso o requerente venha a falecer durante o processo ele segue ate o fim, garantindo o direito da próxima geração.
  • @renatocrespo o que eu disse é para concentrar uma ou várias dúvidas em um único tópico.
  • @gandalf eu não estou fazendo através do consulado português. Eu mandei direto para Portugal. Eu não sabia que precisava desse atestado de vida, mandei sem. Os documentos todos já foram para Portugal, no momento não vou enviar mais nada, sem antes saber como está o processo.
  • @gabissmleal,
    e-mail não é bom pra resolver essas coisas.
    você tem que envolver a pessoa pra te ajudar (parece que voce é boa nisso), e por isso tem que ser primeiro por telefone, usando e-mail somente para documentar o processo.
    Se voce mandou um documento razoável pra ACP o processo não esta inativo. Isso é bom.

    Eu ligaria para Figueira da Foz, e conversaria lá explicando seu caso, e pedindo a ajuda deles nesse processo.
    Sua chave está lá. Só tem que explicar que voce já fez o para-casa e que Coimbra te mandou pra eles.
  • gandalfgandalf Member
    editado January 2020
    @gabissmleal,
    Voce não me entendeu. Não estou te falando pra fazer o seu processo pelo consulado.
    Estou falando pra voce fazer somente prova de vida e autenticações no consulado, e mandar direto pra Portugal.
    Eu ja tive um processo que pediram pra refazer as autenticações no consulado. E nem era de idoso.
    Eles querem um humano que seja da confiança deles passando o olho no documento pra aumentar a confiabilidade.

    Se você não fez prova de vida, é praticamente certo que cairá em exigência novamente la na frente, em outra fase da análise.
    Mande agora nesse pacote junto com a certidão de batismo, ou terá que pagar outra remessa depois e atrasar outro tanto.
  • Oi pessoal. Uma duvida: alguém tem alguma ideia como está a situação dos registro? Em qual mês de "despacho" eles estão registrando?
    O da minha avó foi despachado em outubro após cumprimento de exigencia e até agora ainda aguardando o registro, por conta da história toda do golpe, creio eu.
    Se alguém tiver alguma informação, agradeço.
  • @gandalf, ata entendi agora. Vou ligar lá e entender essa questão da prova de vida, muito obrigada
  • Vlad PenVlad Pen Member
    editado January 2020
    @gabissmleal, se o assento está na conservatória, vc tem que pedir para o mesmo ser informatizado no sistema SIRIC ( sistema Integrado de registros e identificação civil) e depois vc pede uma cópia pelo civilonline.Anexe esse e-mail do Arquivo Distrital para responder a exigência.
  • @gabissmleal, eu fiz uma atualização no post anterior:
    Se você não fez prova de vida, é praticamente certo que cairá em exigência novamente la na frente, em outra fase da análise.
    Mande agora nesse pacote junto com a certidão de batismo, ou terá que pagar outra remessa depois e atrasar outro tanto.
  • @gandalf, você fez a prova de vida pelo consulado aqui de São Paulo?
  • @vladpen, o que eu consegui pelo civil online então, pode não ser a certidão?
  • editado January 2020
    Mas gente, se a @gabissmleal já conseguiu o assento pelo Civil Online e enviou, deve estar tudo certo. Se nao tivesse, ela nao teria conseguido pelo Civil Online.

    Eu acho que a melhor opçao é ligar na LR amanha e perguntar como está a situaçao.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.