Atribuição pelo ACP Porto (informações e Processos)

1110511061108111011111278

Comentários

  • RogeriofRogeriof Member, Beta

    Mas que tal?

    Um despacho em 123 dias hein @Destefano ?

  • RogeriofRogeriof Member, Beta

    @Max , eu estava desanimado, não tinha agendamento, a minha área é a de Porto Alegre, quem é sabe a dificuldade que enfrentamos. De repente descobri este Fórum, por acaso, daí sim abriram-se os horizontes.

    Tenho vários processos pra tocar depois do meu pai, este Fórum foi um grande achado.

    Pessoas como o@gandalf , @Leticialele e @Destefano , entre tantos outros, só ajudam a gente.

    Baita!

  • @Rogeriof Estou na turma de setembro também (29/09), ainda não moveu pra bolinha 2 mas a ansiedade não para kk

  • RogeriofRogeriof Member, Beta
    editado January 21

    Hahahahaha, grande @Edup , batalhando pelos nossos pais.

    Arrisco te dizer que a bolinha 2 verde vai pintar entre a próxima semana e a outra. E logo sai o despacho.

    Depois fazemos a nossa cidadania.

    Provavelmente vamos caminhar juntos. Bora!!!

  • editado January 22

    Opa... Quem sou eu para figurar ao lado de 2 grandes mestres, @Rogeriof? Mestres da cidadania portuguesa e que fazem desse fórum um lugar sensacional e que faz também o tempo passar e diminuir a nossa ansiedade.

    Mas agradeço a lembrança e a recíproca é verdadeira.

  • @Rogeriof eu tbm estava desalentado esperando uma eternidade a transcrição dos meus pais. Acreditava na informação que o consulado passa de que primeiro se deve fazer a transcrição para então atribuição do filho... conclusão: muito tempo perdido.

    Até hoje não saiu a transcrição deles, mas a recém descoberta desse fórum já me muniu de informações suficientes para pedir a minha atribuição. Saindo a minha certidão semana que vem já envio a papelada!

  • @Rogeriof a minha área também é de Porto Alegre. Só para seu conhecimento, estou tentando agendar para fazer CC e passaporte desde início de dezembro e não consigo. Se você vai tirar o CC e passaporte já começa agora.

    Queria saber se alguém de Porto Alegre conseguiu agendar alguma coisa desde final de 2021?

  • @sue_morga é possível agendar cc e passaporte no consulado sem ter o assento?

  • @Max eu consegui me cadastrar sem o assento. Também pensava que tinha que esperar, mas como eu sabia que o meu assento ia sair em seguida, tentei e vi que não precisava colocar o número do assento para se cadastrar. Só cuida para marcar uma data que você tenha certeza que vai estar com o assento. Vale a pena começar a ver o agendamento antes, no meu caso estou a quase 2 meses que tento todos os dias e não tem como agendar. Boa sorte.

  • Olá, pessoal.

    Avós maternos portugueses nascidos em Portugal, divorciados (averbado em Portugal), avó falecida e avô casado novamente e morando em Portugal. Para tirar cidadania para minha mãe, olhando os documentos necessários pro processo pela ACP Porto fiquei com uma dúvida: É suficiente assinalar somente "pai portugues" no formulário e anexar Certidão de nascimento do meu avô e a certidão do atual casamento dele ou é preciso anexar os documentos da minha avó também (certidão de nasc, divórcio e óbito averbada em Pt)?

    Nos documentos da minha mãe vale enviar junto com a certidão de nascimento a de casamento também?

    Só mais uma pergunta. Pode ser feito mais de um pedido de cidadania num mesmo processo? Ex: minha mãe e minhas tias?

    Obrigada.

  • Olá pessoal,

    Estou fazendo o processo de familiares,

    Na certidão de nascimento está constando o nome da mãe como Maria de Lourdes Soares da Silva e no RG está Maria de Lourdes Soares Silva. A falta do "da" pode ser um problema?

    Além disso, o nome dos avós tem divergências como Rosa/Roza, Isabel/Izabel, Manoel/Manuel, é preciso retificar neste caso?

    Todos os documentos já foram emitidos e a transcrição de casamento foi feita.

    Obrigada desde já!

  • @Beatriz_Batista , se o avô português foi o declarante do nascimento das filhas, não precisa transcrever casamento algum.

    Nos documentos da sua mãe, se ela trocou o nome após o casamento, mandar uma certidão de casamento (não precisa apostilar) apenas para justificar a diferença entre o nome na certidão de nascimento e o RG.

    Pode mandar os processo da sua mãe e tias no mesmo envelope de envio, mas os processos têm que ir completos. Nenhum documento pode ser compartilhado.

  • @willfont , nenhum dos casos relatados é divergência, nem a retirada da partícula de ligação "da".

  • @Leticialele que ótimo, obrigada! No preenchimento do formulário 1C, o nome da portuguesa o ideal é colocar igual ao RG da requerente (filha) Maria de Lourdes Soares Silva ou então igual na certidão de casamento (casamento já transcrito) que é 'Da Silva?'

  • @willfont , coloca como está no RG

  • @sue_morga não achei uma forma de agendar para o serviço que já foi pago (transcrição + CC + passaporte)

    Vc saberia dizer se o agendamemto deve ser feito primeiro para o CC em separado?

  • @Max no agendamento no vice-consulado de Porto Alegre, eles pedem para fazer em separado.

    Eu não entendi que você colocou que já foi pago. Qual o estado que você mora?

  • @sue_morga no consulado de SP... tem a opção de solicitar a transcrição do casamento ao mesmo tempo do CC e passaporte. Eles deixam claro que primeiro é feito a transcrição para depois CC e no fim o passaporte, mas é cobrado uma taxa só.

    Aí fica a dúvida... será que ao finalizar a transcrição eles liberam uma forma de agendar a ida ao consulado na área logada do site?

    Vou tentar ligar pra lá pra descobrir...

  • @Max o de Porto Alegre é diferente. É melhor ligar para não dar confusão.

    Boa sorte.

  • @sue_morga boa sorte aí tbm!

  • Gente, recentemente consegui minha cidadania portuguesa, e agora vamos tentar tirar a cidadania do meu irmão, enviando direto os documentos pra Portugal (ACP), ai temos algumas questões, se alguém puder ajudar agradeceríamos muito!


    A situação é a seguinte, meu pai (que é português, conseguiu por atribuição através de nossa avó), teve um primeiro casamento, que foi quando teve meu irmão (filho do primeiro casamento), em determinado momento eles se separaram mas a esposa faleceu no meio do processo, então o divorcio nunca chegou a ser concretizado, mas eles estavam separados. Pois bem, depois meu pai conheceu minha mãe e ficaram em "união estável", nunca casaram. Então, quando meu pai tirou a cidadania dele, ele não transcreveu nenhum casamento, ele tá como solteiro em Portugal. Agora meu irmão vai tirar a cidadania dele, mas estamos com receio por causa disso. Por exemplo, vamos enviar a certidão da mãe dele e a dele (são os documentos básicos né?), ai, pelo contraste das certidões, vão ver que ela mudou o nome, adicionou o nome do meu pai. Assim, provavelmente vão pedir pra transcrever o casamento, certo? Ai depois como que vai fazer, já que eles não terminaram o divórcio porque ela faleceu, mandar a certidão de óbito e já resolve? E quando ele for tirar a dele, pode dar alguma complicação com a minha cidadania? Já que vai ter que vai mostrar que meu pai foi casado com outra mulher, que não era minha mãe, etc.

    Estamos meio perdidos com essas questões, se algum puder dar umas dicas agradeceria imensamente!

  • @guilr13 , se o pai português foi o declarante do nascimento do seu irmão até que ele tenha completado 1 ano de idade, não importa quem é a mãe. Não precisa transcrever o casamento.

    Não precisa mandar a certidão de nascimento dela, não sei de onde você tirou isso.

    Basta mandar cópia simples da certidão portuguesa de seu pai;

    Certidão do requerente por cópia reprográfica do livro;

    Cópia autenticada e apostilada do RG, CNH ou passaporte que contenha a filiação; e

    Formulário 1C com a assinatura reconhecida por autenticidade, obtido após o pagamento dos emolumentos no valor de 175 euros - https://crcpagamentos.irn.mj.pt/pagvisamc.aspx?productid=NAC1C

    Os processos não se comunicam! Nada do que aconteça no processo de seu irmão vai atrapalhar seu processo.

    Relaxe!!

  • @Max

    sim, quando você faz o processo "Casamento Simples + Óbito Brasileiro + Cartão do Cidadão" no consulado de SP, após a transcrição de casamento, você recebe um e-mail dizendo que está liberado para agendamento. Daí na parte logada do site, vai aparecer o botão para agendar aquela mesma solicitação sua (não muda o número).

    fiz para minha sogra esse processo.

    att

  • @ericpt entendi... imagino que a transcrição saia logo. Aí entro na luta pra conseguir agendamento!

  • Boa tarde,


    Minha filha vai fazer a atribuicao portuguesa, poderiam me informar quais são os documentos necessários para fazer? E em qual conservatório seria melhor enviar os documentos, ela já pagou o requerimento 1C.

    Agradeço

  • editado January 23

    @ericpt @Max

    Qual a lógica nisso?

    Fazer a transcrição separadamente em Santos leva 30 dias até receber o assento. Em seguida você agenda só para CC + PEP.

    Fazer a transcrição em Sao Paulo leva 8-12 meses. Só pra transcrição. E depois você terá que agendar CC + PEP igual.

    Já com a transcrição pronta, pode-se dar continuidade aos processos de cônjuge, filhos declarados pelo cônjuge brasileiro, etc.

  • @Leticialele, muito obrigado!! Ajudou muito. Se puder tirar uma ultima dúvida, caso o passaporte não contenha filiação, não dá pra mandar ele? É que meu irmão mora fora do Brasil e o RG dele está vencido, ai para renovar lá dá muito trabalho, mas o passaporte dele não tem filiação...

  • @guilr13 , infelizmente, não. Para mandar o passaporte, só se tiver a filiação.

  • @gandalf

    Quando me referi ao consulado de SP, estava falando do sistema em si, que é o mesmo. Mas eu mandei a transcrição para Santos.

    Minha posição é a mesma sua, fazer a transcrição por Santos. Mas pelo jeito que é o sistema, você pode fazer esse combo, mandar apenas a transcrição para Santos, e depois agendar CC e PEP em São Paulo, tudo dentro da mesma requisição.

    att

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.