Nacionalidade portuguesa pelo casamento

1194195197199200261

Comentários

  • @gandalf lembro de postarem aqui no fórum alguns julgados dos tribunais portugueses no sentido de que PM tem impedimento... mas não sei como ficaria no caso de PM que pediu exoneração

  • Boa noite,

    Meus docs chegaram em Lisboa dia 09/12.

    Receberei algum email da CR CENTRAIS?

    Como insiro meus dados na planilha?

    Muito obrigada a todos pela ajuda.

    Agora só aguardar 2 anos.

  • @PatriciaM , daqui a uns 3 meses, vai receber o número do processo e a chave de acompanhamento no site da nacionalidade. Há que ter paciência!

  • editado December 2021

    @gsilvestre

    Em todos os relatos que li, se a pessoa pede baixa, ela fica desimpedida. Leia até o final: https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/12119/aquisicao-por-casamento-de-ex-militar-da-aeronautica

    Não pode ser da reserva, nem da ativa, mas pode se deu baixa. Não me lembrava de nenhum caso da PM, mas vou buscar.

    @rennie85 Qual a situação? Deu baixa na PM?

    Se não deu baixa, fica complicado, porque a PM é uma Força Estadual, mas também funciona como "Força de Reserva do Exército". Como Policia não teria problema, mas como reserva do exército sim. https://pt.wikipedia.org/wiki/Pol%C3%ADcia_Militar_do_Brasil

    Aqui uma pessoa que foi atrás e realmente não pode por ser PM. Pediu a residência como alternativa. https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/11810/conjuge-militar/p1

    Mas não é ponto pacífico, apesar que eu concordo com a Leticialele: https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/231045/#Comment_231045

  • Perfeito, entendi todas as considerações. Realmente, eu dei um “google” rapidamente e achei um julgado falando que PMs não poderiam. Teoricamente, policial militar compõe força auxiliar do exercício, creio eu. No caso em concreto, se trata de PM aposentado, então não deu baixa, nao.

    Eu vou avaliar pra ver se vale a pena tentar. Como o Gandalf falou, talvez seja o caso de submeter, nao omitindo nada, e deixando a decisão para eles.

    Obrigada meus caros

  • @rennie85

    Dependendo da idade, a pessoa não pode mais mais convocada pelo Exército. Verifique se isso pode ser usado a seu favor.

    Você vai ter que trabalhar bem como formula a carta inicial, para deixar ganchos que possam ser usados em uma defesa posterior. Não gaste todos os cartuchos precocemente. Para uma defesa, você terá que apresentar algum fato novo, com a documentação correspondente

  • @rennie85

    Documento atestando a não obrigação de prestação de serviço militar fornecido ao cidadão a partir do ano em que completar 46 anos de idade.

    Vc pede esse documento na junta do serviço militar

    Pode te ajudar .

    Obs :Mais segue as orientações do @gandalf

  • Pessoal, bom dia.

    Estou com meu processo pelo casamento aprovado desde 16 de julho, estou indo a Lisboa amanhã e imaginava que já teria saído o registo a essa altura (158 dias depois). Porém, não saiu. Quando escrevi para dois emails diferentes da CRC Lisboa, me responderam de um dizendo que ainda estavam em despachos de maio, e o outro que estavam em 14 de junho. Dias depois, me responderam novamente dizendo que estavam ainda em decisóes de 14 de junho. Mas, olhando a planilha, vejo que tem despachos de fim maio que já finalizaram, um de junho cujo registo foi feito em outubro, e outros de maio sem registo ainda. Alguém compreende como isso se dá, e se tem como fazer algum tipo de previsão?

    Vivo em Londres e o consulado aqui só tem datas para agendamento de CC para o fim de 2022. Então terei que fazer em Portugal os documentos quando sair o registo.

    Muito obrigada!

  • editado December 2021

    Caros, bom dia.

    A planilha de acompanhamento aqui da Thread está me deixando com dúvidas em relação ao que colocar.

    O processo que estou acompanhando chegou ao seguinte momento: Bolinha 5 verde e bolinha 6 marrom.

    Ao tentar atualizar a planilha: se eu coloco que está na fase 5, pra mim parece errado, pois essa etapa já foi concluída. Se eu coloco fase 6 ele pede a data que o despacho (bolinha 6 verde) foi feito, mas claramente ainda não chegamos lá.

    Qual a diretriz que vocês têm usado para isso? Será que valeria algum ajuste dessa condição na Planilha? Quem cuida mais lá é o amigo @gandalf , não é?

    A planilha tem sido importante pra mim para segurar a ansiedade e saber MAIS OU MENOS o que vai acontecer nos próximos episódios. rs

    Obrigado

  • @brunotonel

    Tecnicamente você está certo, mas na prática os estados intermediários têm pouca relevância. São apenas informativos.

    Na planilha se acompanha somente a bolinha-6 verde, e a bolinha-7 verde. É isso que está no título da coluna, células L2 e M2.

    DESPACHO Bola.6.Verde

    CONCLUIDO Bola.7.Verde

    Tem importância também a Bola.4.Laranja que não tem uma fase específica associada, mas é Exigência. (Fase-4 pode ter várias cores)

    Essencial é a data que foi RECEBIDO na CRC, que regula toda a previsão, e a data da SENHA, que apesar de opcional, é quando o processo é numerado e começa de fato a existir.

  • Bom dia!

    Vivo em união estável desde 2003 com uma brasileira que teve nacionalidade portuguesa atribuída. Tenho dois filhos dessa união, que também já têm nacionalidade portuguesa. Estou casado em cartório há quase 3 anos e meu casamento está transcrito em Portugal. Eu já posso pedir a aquisição de nacionalidade, ou preciso esperar até completar 3 anos de casado?

    Obrigado!

  • @AntonioVJ ...

    Sim...Pode mandar os documentos para a instrução do seu processo de Aquisição para Lisboa pois quando forem efetivamente iniciar a análise deles você já deverá ter completado 4 anos de casado...O que no caso descrito por você aí acima...Será mais do que suficiente como prova de ligação...

    Boa Sorte...!!!

  • Pessoal, estou com um processo de aquisição de cidadania por casamento recebido em Lisboa em 26.Agosto.2021. Não recebi a senha de acesso até hoje. Já enviei dois e-mails para registros.centrais@irn.mj.pt, sem resposta. Teria outro e-mail ou outra forma de contato? Obrigado

  • @Dante , pode tentar no rcentrais.admin@irn.mj.pt. Só respondem se o remetente for o mesmo e-mail usado no Formulário.

    Coloque nome, filiação, datra de nascimento e Conservatória em que se encontra o processo

  • @Leticialele Obrigado

  • @Dante

    E-mail pode parecer prático, mas não é interativo. Você já participa do fórum desde os tempos antigos, quando só tinha a LR. Ligue lá. https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/270740/#Comment_270740

  • Essa época as conversadoras saem de ferias e devemos esperar uma diminuição no ritmo dos processos ou nada muda?

  • Um primo, ja com 50 anos fez sua atribuicao ja ha alguns anos. Apos sua atribuicao fez das suas duas filhas menores. Vive em uniao estavel ha 12 anos com sua segunda companheira. Foi casado antes disso, nao tem filhos dessa primeira uniao, nem nunca averbou seu casamento, pois quando da sua atribuicao ja nao estava mais casado. Minha pergunta: sua atual conpanheira deseja solicitar sua aquisicao, ja com tempo de uniao estavel e duas filhas atribuidas. Necessitaria ele averbar o primeiro casamento e depois averbar o divorcio, para depois solicitar averbacao da uniao estavel? Ou poderia averbar diretamente sua uniao estavel atual sem averbar o primeiro casamento. Sua primeira esposa nao vive mais no Brasil e na realidade nao se sabe onde ela mora. Obg a todos.

  • @athneto , terá que transcrever o primeiro casamento, homologar a sentença de divórcio em Tribunal português e homologar a união estável antes de solicitar a cidadania para a companheira.

  • athnetoathneto Member
    editado December 2021

    Obg @Leticialele, so mais uma coisa: ele nao ter mais contato com a ex esposa e na realidade nem saber onde ela vive hoje implica em alguma dificuldade, ou tudo podera ser resolvido de forma unilateral, so por ele?

  • @athneto , como a sentença do divórcio já transitou em julgado e a ex-mulher não poderá recorrer, ele próprio pode providenciar tudo.

  • editado December 2021

    HI, meu número de caso é 70XXX/2019

    (312 - Art. 3º n.º 1 - Aquisição (casamento)) e foi registado a 06/09/2019. Status alterado para bola 7 (laranja) em agosto e ainda pendente. quanto mais tempo vai demorar alguma ideia?

    [editado pela moderação]

  • editado December 2021

    @mrramzan

    Tipicamente demora 2 meses para o assento, embora alguns poucos levem até 4 meses como o seu.

    Se desejar: https://igsj.justica.gov.pt/Servicos/Apresentar-queixa

    É formal, vai para estatísticas oficiais, e a primeira coisa que fazem é questionar na conservatória o motivo da demora. Em geral é mais fácil completar o processo do que dar explicações a respeito, e os processos que estavam agarrados finalizam como um passe de mágica.

    P.S. Peça à @Leticialele que apague os últimos 2 dígitos de processo em seu post, para sua segurança, porque aqui é um fórum público.

  • @mrramzan @gandalf o meu está aprovado desde 16/07 sem registo ainda, mesmo status bola 7 marrom, texto diz estar aprovado e aguarda registo. Escrevi para a conservatória e duas vezes me responderam dizendo que fazem por ordem de despacho e ainda estavam nos registos de despachos de 14 de junho (disseram a mesma coisa em 6 e 9 de dezembro).

    Está impossível prever...

  • @LiliaCouto

    Recomendo o mesmo procedimento acima para você.

    Atualmente estão concluindo processos de novembro e dezembro 2019. Os processos são analisados e concluidos mais ou menos em ordem, dependendo de pequenos detalhes que podem ter que ser verificados em um e não no outro, se teve exigência, ou se tem algum detalhe fora do usual. Se é um processo normal, não tem por que ser deixado pra trás.

    Pode ter "caído na fresta da gaveta", ficando ali esquecido, e o meio de acordar o processo é através do igsj.

  • @gandalf super obrigada! Enviei uma queixa. Vamos ver...

  • Eu também fiz uma reclamação. Vamos esperar pelo melhor.

  • @Leticialele conselho gentil. Meu processo está na etapa 7 (bola marrom) desde 4 de agosto.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.