Transcrição de casamento por Ponta Delgada

12357213

Comentários

  • Obrigada @Marcia! !!
  • @Marcia,
    Eu fiz a transcrição de casamento da minha mãe em março e até hoje não tenho nenhuma referencia sobre a numeração ou registro dessa transcrição, saberia dizer qual o meio em que posso obter? nunca liguei nem mandei email pra obter essa confirmação.Obrigada sempre.
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    Querida @Rosana,

    ligue para a Linha Registos e pergunte se no assento da sua mãe já está averbado o casamento, ou envie email para as meninas de PD. Tem algo errado. Talvez, a certidão de casamento dela tenha sido extraviada. Não acredito que não tenha sido feita a transcrição. :)
  • @Marcia,
    Desculpe , não expliquei, minha mãe foi atribuída ano passado, mas a transcrição só fiz em março passado, porém após isso já foi concluída minha atribuição, recebi o assento dela em menos de 1 mes após a conclusão da atribuição dela( ano passado) porém não sei como verificar onde está mencionando a transcrição do casamento.
    Aproveitando queria te perguntar também: minha atribuição foi concluída mes passado, dia 08/04, porém até hoje não chegou meu assento pelos correios, isso tambem me preocupa, devo mandar email pra PD? Já tinha receio quanto isso , agora então depois do relato do Felipe, fiquei mais relutante em mandar email pra lá.
    Obrigada de coração Márcia.
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    @Rosana,

    então, Rosana, eu lembro.
    Após a transcrição do casamento, eles mandam uma certidão de casamento, e averbam no assento de nascimento (aparece atrás da certidão, como uma observação, com um número/ano).
    Foi feita, senão vc não teria sido atribuída. Com certeza, a certidão de casamento de sua mãe foi extraviada.

    Acho que vc deva enviar email, sim.
    Porque pode ser que tenham mandado para o endereço errado, todas as certidões.
    Sei que escrever para lá é péssimo, mas fazer o que, se não chegaram as certidões? Costumam chegar de 15 a 20 dias após a conclusão (pelo menos, aqui no RJ). E a responsabilidade pelo envio é somente da conservatória onde foram feitos os processos. Bjs.
  • @Marcia
    Obrigada, vou te mandar mensagem inbox, bjos
  • Mayara1988Mayara1988 Member
    editado May 2016
    Pessoal, me tirem uma dúvida

    Residência à data da celebração:
    O nubente: x-x-x-x-x-x
    A Nubente: x-x-x-x-x-x

    É o mesmo endereço da Residência habitual de cada um, ou seja, onde moravam antes do casamento?

    Obrigado
  • Maria NélidaMaria Nélida Member, Moderator, Banner
    @Mayara1988 sim,é o endereço dos noivos antes do casamento.
  • Pessoal. Aconteceu uma coisa curiosa comigo. Em abril fiz a transcrição de casamento da minha mãe em PD e como tinha escritura de pacto antenupcial, fiz o vale postal no valor de 150 euros (120 + 30), conforme a regra. Pra minha surpresa, recebi hoje pelo correio o assento de nascimento, uma carta e a quantia de 30 euros em espécie! Na carta consta a informação da restituição desse valor. Fiquei sem entender. Será que passou batido ou eles estão fazendo vista grossa pra regra do pacto antenupcial? Pra todos os efeitos, ganhei 30 euros pra usar no próximo processo, que é a minha atribuição \o/.

    Só não sei se dá pra usar esse valor em euro mesmo ou se vou ter que trocar pra reais. O que vocês fariam?

    Abraços!
  • Roberto,
    Garanto que não passou batido e não houve vista grossa. Vc enviou o pacto à parte? Ou a certidão tinha uma observação?
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    editado May 2016
    @Roberto,

    O IRN cobra 30 euros a mais, para o caso de pacto antenupcial. Está na tabela de emolumentos deles.
    Eu nunca havia conhecido ninguém neste caso, então não posso te dizer se essa regra é nova.
    Acredito que o comentário que a @Mariza fez seja bem pertinente. Talvez, seu caso não seja pertinente ao adicional cobrado.

    Inclusive, as conservatórias, quando perguntamos sobre a transcrição de casamentos, mencionam os pactos antenupciais e o valor adicional.

    Não dá para usar euros nos correios brasileiros.
    Então, guarde-os. :)
  • @Marcia e Mariza, tive essa mesma dúvida antes de enviar a documentação da minha mãe atribuição e transcrição do casamento com o pacto antenupcial digitalize e enviei a PD no final de Mar/16, porém ao informar que ia fazer um vale postal no valor de 120+30 euros, PD me informou que o valor era somente de 120 Euros, retornei o e-mail novamente fazendo o questionamento, porém tive a mesma resposta transcrição de casamento com pacto ou sem pacto é de 120 euros. Os documentos da minha chegaram dia 12/04 e estão em análise desde 21/04, vamos aguardar as férias para atribuição da minha mãe e depois a transcrição do casamento dela .
  • Roberto BrantRoberto Brant Member
    editado May 2016
    @mariza e @marcia, na certidão de casamento da minha mãe consta uma observação sobre a existência da escritura de pacto antenupcial. Assim, além da certidão de casamento, enviei o pacto também (regime de comunhão universal, casamento em 1981). Talvez a regra tenha mudado.

    Quem tiver pra enviar certidão com pacto, recomendo correrem atrás dessa informação, como fez o @celso.
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    Atenção:

    a dra Joana, Conservadora de Ponta Delgada voltou das suas férias na semana passada!
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    Complementando o que escrevi, lembro que todos que tiverem seus documentos em ordem, e sem nenhum erro, devem enviar seus processos para Tondela, onde está bem mais rápido.

    A fila de Ponta Delgada é grande!
  • Transcrição de Casamento feita em Ponta Delgada em 3 dias. Enviei em 28/04/2016 recebida em 10/05/2016 e finalizada em 14/05/2016.
  • Boa tarde pessoal,

    Li todos os tópicos desta conversa e estou para preencher a transcrição de casamento da minha mãe. Vou enviar para PD tanto o processo de Atribuição dela junto com o processo de Transcrição de Casamento. O caso dela é igual ao da @Pauline Weivald, ou seja o marido dela, meu pai é brasileiro.. Ainda tenho algumas dúvidas em relação ao preenchimento do requerimento.


    Ai vai:

    1- Início: ambos com nome de casado

    2- O Nubente e A Nubente:
    Nome: (Nome quando era solteiro), ok?
    Estado civil: (Solteiro), ok?
    Naturalidade: (Cidade onde nasceu), ok?
    Residência habitual: (Aqui é onde moravam quando casaram e está na certidão de casamento), ok?

    3- Declarante(s): O Nubente, (Em branco), ok?
    A Nubente, (nome casada ou solteira???)*

    4- Nacionalidade dos nubentes à data do casamento:
    Nacionalidade do nubente: (Brasileira), ok?
    Nacionalidade da nubente: (Portuguesa?)* Pois ela não tem assento de nascimento Português, eles vão concluir lá.

    5- Dados relativos à celebração do casamento:
    Celebrante: (O que significaria isso?)*
    Casamento: (Pacto Antenupcial?)*
    Processo prévio de publicação de editais, perante autoridade Portuguesa:
    (Sim/Não): (Não?)*

    6- Se um dos nubentes for estrangeiro:
    O nubente: (residência dele antes de casar e que está na certidão de casamento?)*
    A Nubente: (Não coloca, já que ela vai ser a portuguesa?)*
    Primeira residência conjugal: (Na certidão de casamento deles, diz que irão morar em Campo Grande – MS, coloco então essa cidade?)*

    Mais declararam não terem promovido a transcrição do casamento junto do
    Consulado de Portugal.

    …………………...., ……….. de ……………………….. de 20….

    __________________________________________________
    (assinaturas) – (só minha mãe assina), ok?

    Obrigado a todos por me ajudarem :)
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    @Marcos Crelier,

    1. certo

    2. nome --> de solteiro
    estado civil --> Solteiro
    naturalidade --> cidade onde nasceu
    residência habitual --> onde moravam quando casaram e está na certidão de casamento

    3. solteira

    4. dele --> brasileiro
    dela --> portuguesa (foi atribuída, não é? se adquiriu a cidadania por aquisição, é brasileira tb)

    5. celebrante --> padre ou juiz (o que estiver na certidão)
    casamento --> religioso/civil ou religioso ou civil
    processo prévio de publicação de editais, perante autoridade Portuguesa --> não

    6. ele --> onde morava antes de casar
    ela --> onde morava antes de casar
    primeira residência --> onde foram morar qdo casaram

    Só sua mãe assina!
  • Boa noite, @Marcia

    Muitooo obrigado, fiquei o dia todo atrás disso para deixar preparado.
    No caso, minha mãe vai fazer processo de Atribuição, vou mandar o processo junto com o da Transcrição para serem feitos juntos.
    Então no item 4, deixo como Portuguesa, certo?

    Aproveitando a ocasião, vou preencher também o formulário 1C de atribuição para ela, eu uso o nome de casada ou solteira para fazer a atribuição?
    Hoje ela mora em Tocantins com meu pai.Na parte de Residência no formulário, coloco onde ela mora atualmente ou nasceu?
    Não tive problema em preencher isso com meu avô, pois ele mora na mesma cidade onde nasceu e por ser homem, seu nome não foi alterado depois de casado.

    Agradeço muito pela ajuda quem nos fornecendo aqui neste fórum :)
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    @Marcos,

    sim, no item 4, deixe como portuguesa.

    No 1C, use o nome de casada.
    Sim, residência atual, para que a certidão portuguesa dela vá para onde ela está morando atualmente.

    Pois é, quando as mulheres alteram seu nome após o casamento, tudo fica mais difícil.
    Ainda bem que não alterei o meu!!! Tb acho um grande machismo, além do trabalho!!!
  • editado May 2016
    Boa tarde!

    Sou residente em Portugal, e no princípio do mês dei entrada ao processo de atribuição da minha avó cá em Lisboa.

    Acabo de perceber que eu deveria ter solicitado também a transcrição do seu casamento, mas não o fiz (apenas anexei ao processo a certidão de casamento da minha avó).

    Neste caso, são duas as minhas dúvidas:

    - Pode haver algum problema para a atribuição da minha avó eu ter incluído o seu nome de casada no formulário 1C?

    - É melhor eu já logo fazer a transcrição do casamento da minha avó, ou posso aguardar quando for fazer o processo da minha mãe (farei em Ponta Delgada, por ser mais rápido)?

    Muito obrigado!
  • Gente me da uma ajuda por favor!

    Gostaria de tirar mais uma duvida. Vou enviar meus documentos para averbação do meus casamento. No e-mail que recebi, informa que devo enviar:

    - Requerimento com reconhecimento de assinatura no cartório ou no Consulado de Portugal. (Junto Minuta)

    O que seria esse ( Junto minuta)??

    Eu vou fazer pelo cartório o reconhecimento de assinatura. O que mais preciso fazer?
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    @Stephano Beghini,

    - nenhum problema para a atribuição de sua avó ter incluído o nome de casada no 1C (podem, adicionalmente, solicitar cópia da certidão de casamento dela, para provar que se trata da mesma pessoa).

    - assim que a atribuição de sua avó sair, você pode pedir a transcrição do casamento dela. Porém, em Lisboa é tudo muito lento. Então, te oriento a pedir junto com a atribuição de sua mãe, já que fará em outro local.
    Você já viu os relatos aqui no fórum sobre Tondela? Dê uma olhada. Vale a pena fazer por lá, que está sendo bem mais rápido (por enquanto, que a fila de processos não está caótica como a de Ponta Delgada).


    @Beatriz Flett,

    junto minuta significa que eles anexaram ao email o modelo a ser utilizado (minuta).
  • @Marcia

    Obrigadíssimo, és muito gentil! :)

    Boa dica, depois que disseste, tive mesmo a ler alguns relatos aqui no fórum sobre Tondela. Fica ainda melhor, pois posso lá estar pessoalmente, e não preciso enviar a documentação por correio.

    Abraços.
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    @Stephano Beghini,

    excelente. Várias pessoas já entregaram a documentação pessoalmente.
    Em questão de algumas horas, os processos se resolvem. :)
    Abraços.
  • Estou esperando os docurmntis chegar em ponta delgada, estão parados em c.o Loures.... Pra transcrever meu casamento.

    Alguém fez nos últimos dias? Esta saindo rápido?
  • @Theresa Lima

    Meu pai brasileiro é de Minas Gerais. Eu sou e estou em São Paulo.
    Sabe informar se o Consulado de SP exige os carimbos do Itamaraty ou eu consigo dar fé pública aqui mesmo?
  • @Theresa Lima ,

    Eu falo da certidão de nascimento do meu pai brasileiro para fins de averbação do casamento dos meus pais em Tondela. Esqueci de informar a qual documento eu me referia.
  • MarciaMarcia Member, Moderator, Banner
    @Marcos Couto,

    o consulado se SP não exige que passe antes pelo Itamaraty, para legalizar certidões.

    Mas, vc está confundindo.
    Fé pública é quando o cartório reconhece a assinatura de um notário de outro estado.
  • juliejulie Member
    Pessoal, bom dia!

    Só pra constar: semana passada chegou a inscrição do meu casamento em Portugal. Levou praticamente 1 mês. Enviei os documentos dia 20/04 e recebi a certidão em casa dia 24/05. Fiz pelo Porto.

    Agora é fazer o cartão cidadão :)

    Abs
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.