Sobre os assentamentos de batismos (nascimentos) antes de 1911

1678911

Comentários

  • @mecesther

    tente ir na paróquia pessoalmente, explique o que está acontecendo e que tem grande chance do documento que vc procura estar nos arquivos da igreja.

    De novo: pediu a certidão negativa no cartório de santana?

    o corregedor deste cartório é "muito chato", envie essa resposta do cartório à ele.

    Nem em anos anteriores era dispensada a apresentação de documentos. Casar de boca? isso é no mínimo estranho!

  • Oi @mabego , desculpe mas não entendi,

    O que seria essa Certidão Negativa?

    Eu peguei a Certidão de Casamento Digitada e a Reprográfica, mas, em nenhuma das duas tem as informações que necessito.

    Consta apenas que Joaquim era Português e tinha 27 anos quando casou

  • Olá, pessoal! Fiquei muito feliz por ser aprovado por aqui.

    Aprendi muito com vocês e agora estou prestes a conseguir minha cidadania. Só falta um documento, o qual achei que seria o mais fácil.

    Meu irmão conseguiu fazer a cidadania de meu pai já faz um tempo, tipo uns 3 anos, mas infelizmente me negou a fornecer a certidão portuguesa de meu pai. Eu consigo fazer o pedido dessa certidão no Civil Online? Se não, como poderia obter esse documento?

    Obs.: meu pai também possui cartão cidadão, mas todos os documentos não estão com ele.

    Desculpe passar essa história para vocês, mas não tenho a quem recorrer.

  • @mecesther

    vou te contar minha história com o cartório de santana (tive mais histórias de 14 cartórios... uma pior que a outra):

    "O óbito da minha mãe está neste cartório. Eu tinha uma cópia antiga, escrevi email (época de lockdown) ao cartório pedindo a inteiro teor desta certidão, pois tinha que retificar documentos brasileiros. Mas... resolvi ir pessoalmente no cartório pra ganhar tempo, munida da certidão antiga. No meio do trajeto, recebo um email do cartório dizendo que a certidão em referência não era do cartório de santana. Cheguei lá... pedi a certidão e me disseram a mesma coisa, mostrei o email e me disseram a mesma coisa... chamei o oficial... que me disse a mesma coisa. Mostrei a certidão que eu tinha, e toda a incompetência deste pessoal ficou escancarada."


    O que é certidão negativa?

    é um documento assinado pelo oficial dizendo que não existe a documentação que vc precisa.

    Os cartórios temem isso, pq fazem pesquisas somente em índices e são falhos, e se assinam "atestam" a incompetência. Se, porventura, vc achar documento depois deles assinarem isso... dá processo e o corregedor pode fechar o cartório, além de aplicar multa.

    Enfim...

  • @JoãoBaptistaF

    Sim, consegue pelo civilonline. 10 euros. Chega o código de acesso em 1-2 dias úteis. às vezes até no mesmo dia.

    Só colocar o nome, filiação, data e local de nascimento de seu pai que eles acham o assento português dele.

  • @CarlosASP , obrigado!

    Fiz o pedido e recebi em poucas horas. Nem acreditei que poderia ser tão rápido.

  • @AlandaCruzSousa

    A sua marcação não chegou para mim.

    Faça desse jeito;

    Para marcar alguém, é só digitar "@"+letras do apelido até a pessoa que você deseja ficar em 1° na lista que irá aparecer. Clique nela e se a combinação "@"+apelido ficar colorida, estará certo.

    Desse jeito, o sistema avisa que há uma msg nova.

    ===

    Sobre as divergências:

    1) "da cruz"

    Vc tem que descobrir de onde veio esse sobrenome.

    Olhe o nome dos avós do bisavô português no batismo, a certidão de casamento do pais do bisavô e o batismo de ambos os pais.

    Outra alternativa é o passaporte das pessoas acima, as que vieram para o Brasil.

    Se não estiver lá, pode ser um caso de Retificação.

    Se vc achar algum documento com esse sobrenome, envie-o junto do seu processo.

    ===

    2) Certidão de Casamento do avô (filho do português) - ela nao é necessária no processo de Atribuição de neto.

    ===

    Gostaria de saber qual é o procedimento, devo solicitar a certidão de batismo de meu bisavô na Universidade de Coimbra de que forma ? inteiro teor digitada ou reprográfica ? apostilada ? Fiz a cotação em uma agência mais está caro demais.

    O link do procedimento:

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/17071/roteiro-para-solicitar-certidoes-nos-arquivos-distritais/p1

    Algumas pessoas estão enviando o assento do português com a certificação digital (assinatura eletrônica e impressa pela internet).

    Cabe a você ponderar o risco.

    Obs: o seu caso me parece familiar. A sua dúvida não tinha sido sanada?

  • @mecesther

    @mabego

    Eu encontrei uma localidade chamada Guerreiros, em Portugal.

    Fica no Distrito de Lisboa, Concelho de Loures, freguesia de Loures.

    Espero que seja a sua.

  • @guimoss

    Obrigada, vou tentar

    Esther

  • PaollaguezPaollaguez Member
    editado August 18

    Boa Noite,

    A algum tempo vim pedir ajuda a vocês e me ajudaram a descobrir qual o local meu bisavô nasceu.

    Vocês me ajudaram MUITO encontrando o registro do passaporte dele que constava que ele nasceu na Freguesia de Espadanedo e que o livro que constava o assento de nascimento não estava disponível digitalmente.

    Para conseguir o assento de nascimento eu precisaria enviar um e-mail para a Conservatória de Cinfães, mandei dois e-mails e nunca tive retorno. Isso já tem bastante tempo.

    E para conseguir a cidadania, eu preciso solicitar primeiro a da minha avó, que é filha dele.

    Vocês já chegaram a solicitar alguma vez algum documento para essa conservatória, conseguiram que respondessem?

    Se sim, conseguem me passar o e-mail ou como conseguiram contato?


    Muito Obrigada,


    Bisavô: Manoel Pinto

    Filiação: Maria Cardoso Pinto e Guilherme Pinto

    nascido na Freguesia de Espadanedo em 24 de Janeiro de 1907

    (eu sempre achei que ele tivesse nascido em Tarouquela)

    Abaixo estão os principais documentos que vocês me ajudaram a encontrar.


    Muito obrigada,

    Paolla Guez

  • Boa tarde a todos, @Leticialele, @guimoss


    Teria como me ajudar com informações sobre batismo de Maria Diniz e certidão de casamento de José Diniz Reis e Braziliana Maria Perthes ? consta que Maria Diniz é nascida e batisada em Santa Maria Madalena - Rio de Janeiro. Estou a procura das origens de Braziliana Maria Perthes, na certidão de nascimento de meu avô está como Bazilia Tepa Reis.


  • @AlandaCruzSousa

    Dê uma resumida na sua linha, pois isso pode ajudar.

    Eu tb sugiro que vc poste no seu tópico anterior, se forem parentes da mesma linha familiar.

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/295055#Comment_295055

    Abraços

  • Olá, gostaria de ajuda para encontrar o Assento de nascimento de Izabel Machado. Local de nascimento Alentejo, Portugal. Data 11/07/1910. Filiação Manoel Machado e Francisca da Conceição.


    Obrigada!


  • Bom dia !

    Estou a procura de meus antecedentes portugueses, mas nao tenho muita informação.

    Martinho José Duarte casado com Ana Maria da Conceição vieram de Portugal com o Filho Antonio Pena Duarte

    Se alguem puder ajudar agradeço

  • @Julio Cesar Duarte , pode pedir, para descarregar pela web, o registo do passaporte do pai e perguntar se eles ainda têm os processos. http://digitarq.advrl.arquivos.pt/details?id=1015798

    Os registos, desse período, não estão online.

    Requerente: Martinho José Duarte Idade: 38 anos Lugar: Mosteiró de Baixo Freguesia: São Julião Concelho: Chaves Distrito: Vila Real Destino: Brasil

  • guimossguimoss Beta
    editado September 1

    @Mariana1

    Possível Irmão da Isabel. Distrito de Portalegre, que faz parte de Alentejo:

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:6X6V-ZS7H

    Pode ser uma pessoa com pais homônimos aos da sua antepassada.

    Os anos estão muito espaçados, mas como todos os demais dados batem, eu quis informar.

    Boa sorte na sua busca!

    ===

    Para marcar alguém, é só digitar "@"+letras do apelido até a pessoa que você deseja ficar em 1° na lista que irá aparecer. Clique nela e se a combinação "@"+apelido ficar colorida, estará certo.

    Desse jeito, o sistema avisa que há uma msg nova.

  • Boa tarde, alguém pode me ajudar?

    Meu avô era português, mais eu não tenho informação do Concelho, freguesia e Paróquias, está muito difícil.

    Na Certidão de Casamento Brasileira, consta os dados dele.

    Meu avô português: Domingos Alves Baptista

    Ano Nascimento: 1899,1900

    Pais paternos português: José Alves Baptista

    Rosa de Jesus da Motta

    Minha avó Brasileira: Margarida da Costa.

    Pais maternos portugueses:

    Manoel Costa

    Carolina Costa de Carvalho

    Avô paterno ( da minha avó):

    Thomaz da Costa e Anna Fortes

    Avó materna (da minha avó):

    Joaquim Moreira e Josepha de Carvalho.

    Esses dados constam no Registro de casamento dos meus Avós e Nascimento da minha avó

    .

  • Boa tarde, @Guilherme Moreira, você pode me ajudar?

    Meu avô era português, mais eu não tenho informação do Concelho, freguesia e Paróquias, está muito difícil.

    Na Certidão de Casamento Brasileira, consta os dados dele.

    Meu avô português: Domingos Alves Baptista

    Ano Nascimento: 1899,1900

    Pais paternos português: José Alves Baptista

    Rosa de Jesus da Motta

    Minha avó Brasileira: Margarida da Costa.

    Pais maternos portugueses:

    Manoel Costa

    Carolina Costa de Carvalho

    Avô paterno ( da minha avó):

    Thomaz da Costa e Anna Fortes

    Avó materna (da minha avó):

    Joaquim Moreira e Josepha de Carvalho.

    E

    sses dados constam no Registro de casamento dos meus Avós e Nascimento da minha avó

  • Boa tarde @guimoss, agradeço pela ajuda.

    Eu não sei os nomes dos irmão do meu avô Domingos Alves Baptista, eu preciso encontrar alguns documentos que consta o nome dele( Domingo Alves Baptista) e que concide com os nomes dos Pais dele.

    Ele veio para o Brasil e casou-se com minha avó Brasileira.

    Atenciosamente, Rita Lopes

  • @guimoss @Guilherme Moreira @CarlosASP @mabego e demais amigos do Forum,

    Nas certidões solicitadas nos arquivos distritais vem, ao final, uma numeração recente - ex.: "Registado sob o n. XXXXX/2022"

    (este registo de nascimento é de 1891)

    Li que este seria o numero da certidão informatizada, que poderia então ser solicitada no Civil Online. Inclusive, seria por este número que os conservadores também confirmariam a legitimidade da certidão.

    Isso seria excelente, pois poderíamos pedir ao Arquivo Distrital uma digital e, após recebe-la com a numeração nova, gerar outra pelo Civil Online, e usá-la para instruir os processos, ao invés de usar a em papel, certificada e assinada. Serviria para agilizar, ao invés de ficar esperando ela vir, em papel, de Portugal.

    Também resolve o caso pra quem precisa, por alguma razão, manter o original da certidão do Arquivo Distrital consigo; ou instruir processos de vários familiares posteriormente; etc.

    Vocês sabem se isso confere? E se não dá problema?

  • @maria rita

    A sua marcação nao chegou para mim.

    Olhe esse link, que tem as instruções de marcação:

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/21947/como-mencionar-marcar-outros-membros#latest

    Abraços

  • @Roberta_U

    Não sei se é verdade, mas se for é um avanço importante.

    Mas, imagino que não deva ser, pois os ADs perderiam a maior fonte de custeio deles, que é a emissão de certidões.

    Eu entraria em contato com eles ou com o civilonline e confirmaria.

    Se vc puder, por favor compartilhe o que descobrir.

    Abraços

  • @Roberta_U

    Eu não sei se procede. Não para assento de baptismo.

    Pedi assentos de 1881 3 vezes e foi direto no arquivo distrital.

    Só depois da transcrição de casamento, onde se tem um número gerado pelo Consulado que fez a transcrição, se consegue pedir no civilonline.

    @guimoss sabe se procede?

  • guimossguimoss Beta
    editado September 16

    @mabego

    @Roberta_U

    Como mencionei, me parece improvável, mas é bom checar.

    E mesmo no caso da transcrição, imagino que nao hajs a criação de um registro de nascimento novo nos moldes daqueles emitidos pelo civilonline.

    Fica o do AD, mesmo.

    A unica exceção que sei é quando o registro inicialmente religioso é transferido para uma Conservatória, como o caso do rafaelspc93, em que um registro anterior a 1911 estava na Conservatória e, por isso, foi emitido pelo civilonline.

    Abraços às duas.

  • editado September 16

    @mabego e @guimoss

    Amigos, me surgiram novas dúvidas com as respostas de voces.

    Os assentos de batismo dos avós portugueses (nascidos em 1891 e 1892) eu obtive no Arquivo Distrital. Lá não consta qualquer averbacão de casamento. Mas em ambas há um número do registo de batismo ("XX/1891" ou "XX/1892") e, ao final, um "registado sob o n. XXXX/2022".

    Eles casaram em Portugal em 1911 (logo, não precisei transcrever) e a certidão do casamento ja obtive no Civil Online.

    Perguntas:

    1 - então, neste caso em que não há transcrição, os "registado sob o n. XXXX/2022" realmente não devem significar que houve informatização dos assentos de batismo, né?

    2 - Pra requerer a nacionalidade da neta brasileira, sei que tenho que enviar a certidão de batismo do avô portugues e a de nascimento do pai brasileiro (além da dela, claro); porém, na de cada um só há o prenome do registrado, sem apelidos. Precisarei enviar as certidões de casamento de ambos para fixar os apelidos deles (que nao constam dos assentos de batismo e nascimento)?

    Infos adicionais: tanto o pai brasileiro, quanto a neta brasileira foram registradas pelos respectivos genitores antes de 1 ano de idade. Avô e pai têm um unico apelido (o mesmo pra ambos: o do bisavô paterno)

  • editado September 16

    @Roberta_U

    Eu não me preocuparia com esse número de registro, que deve ser algo interno. Desconheço qualquer menção à estes números.

    @guimoss já ouviu alguém mencionar esses números? eu nunca.

    Sim, enviar o casamento para perfilhar. Certidões de apoio podem ser digitadas e sem apostilamento

  • @Roberta_U

    1 - Essa só o AD, o civilonline ou o email "diversos" (busque esse termo na barra de busca, que vc achará o email) do IRN podem te responder com certeza.

    2 - porém, na de cada um só há o prenome do registrado, sem apelidos. Precisarei enviar as certidões de casamento de ambos para fixar os apelidos deles (que nao constam dos assentos de batismo e nascimento)

    Não creio que sejs necessário, pois a comprovação será feita ao olhar os avós na certidão de nascimento da neta¹.

    E não se esqueça do casamento em inteiro teor, se a Requerente mudou de nome².

    ¹ Vc pode enviar, se estiver insegura, mas já houve relatos que dispensam o envio.

    ² O mesmo vale aqui sobre o apostilamento (tambem no ¹). Não irá atrapalhar o processo.

    ===

    tanto o pai brasileiro, quanto a neta brasileira foram registradas pelos respectivos genitores antes de 1 ano de idade. Avô e pai têm um unico apelido (o mesmo pra ambos: o do bisavô paterno)

    A questão do declarante só importa para a certidão de nascimento do filho do português.

    Do neto, não.

    E a questão do mesmo sobrenome facilita ainda mais a verificação da linha familiar, a meu ver.

    E mesmo assim, essa discussão é importante para fins de transcrição de casamento.

    Se o português, casado com uma não-portuguesa fora de Portugal, declarou o nascimento do filho, antes deste ter completado 1 ano de vida, a transcrição é dispensada.

    Nos demais casos, ela deve ser feita.

    Abraços

  • guimossguimoss Beta
    editado September 17

    @mabego

    @Roberta_U

    Nunca vi alguém mencionar os números.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.