Atribuição - CRC Almada(Informações e processos)

1161719212234

Comentários

  • @sbarbosa

    exato. não há diferença quando o pai é o declarante antes de 1 ano, e não mudou de nome no casamento.

    tem que esperar a bolinha 7 ficar verde (Finalizado). Geralmente lhe mandam por e-mail, mas se não mandarem pode pedir no civilonline.mj.pt pagando €10

    Voce tem a data em que foi enviada a senha de acesso para atualizar na planilha? Quando finalizar ponha a data la tambem, para ajudar a outros.

  • @gandalf e @gsilvestre muito obrigado.

    Sobre a data de envio da senha, pra ser bem honesta eles não me enviaram nada por conta própria, eu tive que ficar perturbando. Os documentos foram entregues no dia 14/09 e eu só consegui a senha de acesso depois de mandar email pra Almada e pro Registros Centrais, que foi quem me respondeu. Eu mandei o email pedindo a senha no dia 07/10 e eles me responderam no dia 12/10.

    Eu também só descobri a primeira exigência porque ficava atualizando o processo todo santo dia, até que chegou na bolinha 4 e ficou parado. Mandei email novamente pro Registro Centrais e eles me falaram que a certidão de nascimento do meu avô (reprografica) estava ilegivel. Eu solicitei uma digitada no cartório, enviei pra Almada e quando já tinha chegado lá, é que recebemos a carta no Brasil falando sobre o assunto rs

    Mas eu vou usar essas datas pra preencher na planilha, caso esteja algo errado pode me avisar que eu vou ajustando.

    Abraços

  • @drakunder Obrigada pelo retorno!

    @gandalf fico muito em dúvida. Li aqui no forum também sobre ACP, mas vejo muita gente reclamando da falta de criação do registro há mais de 06 meses e isso impacta nos processos dos filhos né, até chegar a mim.

    Mas eu achei que eram positivas estas informações sobre Almada. Agora fiquei em dúvida mesmooo... rsss

    Vou ler mais um pouco sobre, entao.

    Achei bem rápida a conclusão do processo do @drakunder

  • @bene70

    Não gaste seus neurônios. Eu acompanho isso de perto ha anos. Vá pela ACP, porque a situação que passaram de reestruturação foi transitória e estão finalizando super rápido, comparado com as outras. Os tempos estão caindo rapidamente para os processos novos.

    As outras conservatórias estão aumentando o tempo, e mostram sinais de congestionamento em todas as fases, o que significa que só vai piorar.

    Vai pela ACP! Seja de maiores ou de menores está mais rápido lá. E é muito confiável.

  • @gandalf Obrigado pela indicação!! Estou no aguardo da criação do registro. E aí vou enviar para APC. Aliás, aproveitando, ACP tem planilha também aqui?

    Obrigado, mais uma vez!

  • Saiu o registro da minha mae!

    se alguém conseguir atualizar na planilha

    simone tavares amaral - 15/01/21

    queria agradecer a todos pela ajuda... agora so falta dar entrada no meu e farei por porto

    obrigada gente

  • @sbarbosa

    No geral o processo de um filho homem e de uma filha mulher é o mesmo. 

    Mas atente-se para um fato: há um costume de que as mulheres mudem seus nomes ao se casarem, acrescentando algum sobrenome do marido. 

    Portanto, se a sua mãe tem um nome diferente do que tinha ao nascer, vocês precisam de alguma maneira mostrar para a conservatória que essa mudança de nome é legítima. (Já que ela teria um nome na certidão de nascimento e outro no RG) 

    Como fazer isso? Certifique-se de que o casamento da sua mãe, se houver, esteja averbado em sua certidão de nascimento em inteiro teor. Ou então mande uma via da certidão de casamento.

  • Bom dia pessoal, depois de 4 anos de muita luta, chegou minha vez, a bolinha saiu de 6 para 7 (O seu pedido de nacionalidade foi aprovado e aguarda que seja criado um Registo de Cidadão Português.), Obrigado a todos que me ajudaram até aqui, estamos quase por encerrar essa luta!

  • Bom dia senhores,

    Hoje meu processo passou do número 6 marrom para 6 verde. Isso levou 20 dias.

    Aguardando o registro ser criado.

    Obrigado

  • Isac GabrielIsac Gabriel Member
    editado January 2021

    @drakunder e @Wilhelm

    Atualizei a planilha com os dados de vocês...

    Só uma observação: de acordo com o que eu tenho conhecimento, quando a bolinha 6 fica verde é que o processo foi despachado. Sendo assim, tomei a liberdade de alterar as datas de despacho para o dia de hoje.

    --

    @gandalf Por gentileza, me corrija caso eu esteja equivocado sobre o despacho ter sido hoje, pois é quando a fase 6 ficou verde.

    --

    Referência da Planilha: https://docs.google.com/spreadsheets/d/11S3ag4Y4Gkf8kFNcDBoJ9f_91uh1IijCoI_mkLlyTrI/edit#gid=9559984

  • o meu processo foi aprovado agora! Ja atualizei na planilha! Obrigado a todos no grupo!

  • @Pedro Martins Albernaz , parabéns!! Comemore muito!

  • Bom dia

    Muito obrigado @Isac Gabriel !

    Na expectativa!

  • @lsantos02 obrigado pelas informações, mas a situação da minha mãe é um pouco mais complicada do que das outras 3 filhas (minhas tias) e vai demandar um processo judicial.

    Basicamente, apesar de a minha mãe ter sido a primeira filha, ela nasceu quando meu avô era solteiro e só namorava a minha avó. Eles brigaram, ele não registrou a minha mãe e depois se casou e teve mais 3 filhas.

    Ele e minha mãe sempre tiveram contato, sempre souberam da existência um do outro e inclusive meu avô frequentava nossa casa e tem uma relação excelente com a minha mãe, mas nenhum dos dois nunca se preocuparam em regularizar a paternidade. Então quando eu contei pro meu avô que minha mãe não poderia ter a nacionalidade portuguesa por nao ter sido reconhecida na minoridade, ele ficou muito triste.

    Porém, fomos instruídos por alguns advogados que há uma chance de isso acontecer desde que o reconhecimento de paternidade seja feito na justiça, com exame de DNA, ao invés de fazer por via administrativa em cartório. Saindo a sentença, teremos que homologa-la em Portugal e dar entrada no pedido de nacionalidade pelo MP, se eu não estou enganada.

    Resumo, o processo de reconhecimento de paternidade começou no Brasil antes do pedido de nacionalidade do meu avô em Portugal. A nacionalidade já saiu, o processo já foi concluído ontem (atualizei lá na planilha, inclusive), mas o de paternidade ainda tá parado. :-(

    E eu como neta só saberei se um dia terei a nacionalidade portuguesa se a minha mãe conseguir primeiro, ou seja, complicado demais.

  • Pessoal, vi que no novo plano de emergência do governo PT por causa da covid, as conservatórias também foram fechadas e analisam apenas os pedidos de urgência. Alguém mais viu isso?

  • Boa tarde pessoal!

    Enviei meu processo e de minha irmã para Almada, que foram recebidos lá no dia 20/10/2020. Apenas essa semana, no dia 19/01/2021, eles enviaram e-mail com as senhas de acompanhamento (90 dias do recebimento). Ambos os processos estão na bolinha 5 marrom (Análise do pedido).

    Incluí na planilha e avisarei o andamento por aqui.

    Abraços!

  • DeborahlfDeborahlf Member
    editado January 2021

    @Leticialele Ola! A documentação da minha sogra foi recebida no dia 27/11... sei que Almada ta bem sobrecarregada, mas gostaríamos de saber o e-mail no qual ela pode pedir a senha. E qual seria o tempo certo para poder enviar pedindo. Obrigada desde já

  • luan soaresluan soares Member
    editado January 2021

    @Debora o email pra pedir a senha e o rcentrais.admin@irn.mj.pt

    O processo do meu primo chegou lá dia 02/12/20 e até semana passada nem tinha numeração o último relato que vi aqui foram 90 dias pra conseguir

  • @luan soares muito obrigada!!!

  • Boa tarde documentos enviados ontem pra almada recebido hoje dia 27 processo é do meu esposo Rodrigo Teixeira de Souza se alguém conseguir colocar na planilha agradeço.. agora esperar kkk

  • Oi pessoal!

    Atualizando os processos, hoje foram aprovados! Agora é só aguardar os registos.

    Abs,

  • Pessoal, ajudei uma amiga com o processo dela.

    Chegou la dia 12/10/2020 e foi aprovado agora.

    Detalhe: mãe portuguesa declarante. Na época que ela nasceu a mãe era casada (nome de casada na certidão de nascimento dela). Atualmente divorciada e nome de solteira. Não transcrevemos o casamento. Mandamos a certidão de casamento com o divórcio averbado + carta de próprio punho explicando que era casada na época, por isso o nome, mas que agora está solteira. Decidimos arriscar e passou sem exigência.

  • @JulianaBrasileiro...Muito bom você ter compartilhado essas informações aqui no Fórum...Obrigado...!!!

    Quero crer que de maneira geral...Em situação semelhante...Sendo apresentadas Certidões atualizadas...(Com TODAS as averbações)...E uma declaração muito bem redigida e assinada pelo requerente do processo...Existe a possibilidade real de que um processo com semelhantes características seja aprovado...Pelo menos em Almada...

    Particularmente acredito que essas duas ações que você citou fizeram a diferença...Não tivessem sido tomadas...O destino desse processo poderia ser outro...

    Mas vale deixar aqui uma ressalva...A meu ver...Existe também a possibilidade real de que nem todos os processos sejam tratados da mesma maneira...

    Portanto...Nunca é demais lembrar...Cada processo é único...(Cada caso é um caso)...

  • @Nilton Hessel sim, decidimos arriscar pq vi um relato parecido por aqui em Almada! Mas estavamos com as certidoes localizadas, pra caso caisse em exigência transcrevermos rapido e não perdermos o processo. O divorcio seria a dor de cabeça pro futuro. Mas ainda bem que não foi necessário!

  • Aproveitando o relato da @JulianaBrasileiro, informo que tanto eu quanto minha irmã mudamos o nome depois de casadas. Como a averbação do casamento constava nas nossas certidões, não enviamos as certidões de casamento.

    Falo isso pq lembro que há um tempo havia discussões sobre a necessidade ou não de enviar a certidão de casamento no caso de mudança de nome.

  • editado January 2021

    Importante essa informação @Cristiane_Marques...!!! Obrigado por compartilhar aqui...!!!

    Você tem razão...

    A recomendação vinha sendo sempre a de enviar a Certidão de Casamento para justificar a alteração do nome...(Mesmo que a Averbação dos atos relacionados ao Casamento estivessem averbados na Certidão de Nascimento do requerente)...Isso porque muitos que tiveram mudança de nome por ocasião do casamento e enviaram seus processos sem esse documento receberam notificação...Exigindo o envio da Certidão de Casamento para a tal comprovação...!!!

    Vale ressaltar que isso constitui uma novidade relacionada à Conservatória de Almada...E há um risco de que outras Conservatórias continuem exigindo o envio da Certidão de Casamento...

    A ver...!!!

    ***Isso também acende uma luz de alerta para quem acredita ser desnecessário providenciar a atualização dos Registros Civis...E consequentemente das Certidões a serem utilizadas para a instrução de processos de Nacionalidade Portuguesa...

    Ou seja...Como sempre mencionei aqui...Quem for solicitar uma Certidão...Deve antes... Solicitar uma consulta ao Livro de Registros para verificar se todos os atos civis da vida do registrado estão averbados no Livro de Registro...Se não estiverem...Entre em contato com o(s) Cartório(s) que detém os demais Registros para que...Por meio dessa comunicação entre eles...Os Registros sejam ATUALIZADOS ANTES DE SOLICITAR AS RESPECTIVAS CERTIDÕES...!!!

  • Almada aceita pagamento por cartão ou transferência?

  • @Anderson640 , todas as Conservatórias aceitam pagamento por cartão de crédito para os processos de cidadania.

    O Formulário 1C tem "Conservatória dos Registos centrais" no cabeçalho, mas vale para qualquer Conservatória.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.