Requerimentos para Transcrição de Casamento em Ponta Delgada e Tondela- Modelos e Preenchimento.

16263646567

Comentários

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @mateusBH , na qualificação do Requerente, após o endereço da morada, coloque: e-mail xxxxxxxxxxx

  • @mateusBH o modelo 1 tem o campo de e-mail e você pode adicionar o campo no modelo 2...

  • Boa noite, amigos.

    Tenho algumas dúvidas quanto ao preenchimento do formulário atualizado 2021, anexado neste post: https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/17897/transcricao-de-casamento-atualizada-13-05-2021#latest.

    Estou fazendo a transcrição da minha avó, que teve seu processo de atribuição deferido há pouco mais de 02 meses atrás.

    Bom, vi algumas divergências de informações, por isso não consegui esclarecer minhas dúvidas. São elas:

    1. Quanto aos campos O NUBENTE e A NUBENTE - ESTADO CIVIL: devo preencher como solteiro para ambos. Confere? Meu avô (brasileiro) é falecido. Teria esse fato algum efeito no preenchimento deste campo?
    2. Quanto à NACIONALIDADE de minha avó, devo preencher PORTUGUESA ou BRASILEIRA?
    3. O fato de meu avô, brasileiro, ser falecido incorre em algum efeito quanto ao preenchimento do formulário de requerimento ou quanto à anexação de algum documento, por exemplo a certidão de óbito?

    Agradeço.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Heitor Pinheiro :

    1. Quanto aos campos O NUBENTE e A NUBENTE - ESTADO CIVIL: devo preencher como solteiro para ambos. Confere? Meu avô (brasileiro) é falecido. Teria esse fato algum efeito no preenchimento deste campo? Sim, solteiro para ambos
    2. Quanto à NACIONALIDADE de minha avó, devo preencher PORTUGUESA ou BRASILEIRA? Portuguesa
    3. O fato de meu avô, brasileiro, ser falecido incorre em algum efeito quanto ao preenchimento do formulário de requerimento ou quanto à anexação de algum documento, por exemplo a certidão de óbito? Não tem problema. Se quiser, pode pedir a averbação do óbito do avô, mandando a certidão de óbito inteiro teor, apostilada. Os processos podem ir juntos.


  • Muito obrigado, @Leticialele.

  • Boa tarde pessoal!

    consegui encontrar a certidão de casamento dos meus bisavós, o cartório perguntou se precisa ser com firma reconhecida. Sabem se precisa? Ou só o apostilamento já serve?

    obrigada

  • gandalfgandalf Member
    editado July 22

    @marifontolan

    Para transcrição de casamento na conservatória de PD, nada precisa apostilar. Se for fazer no consulado, siga a orientação do site deles.

    • Certidão de casamento em inteiro teor, certificada. (certificada=firma reconhecida)
    • A certidão de nascimento do nubente brasileiro em inteiro teor, certificada
    • O requerimento, assinado presencialmente no cartório, e certificado POR AUTENTICIDADE
    • RG ou passaporte de quem assina o requerimento, certificado (pode ser qualquer dos nubentes, filhos ou netos)
    • Se quem assina o requerimento for o neto/neta, certidão de nascimento inteiro teor certificada
  • @gandalf alguns documentos precisam de apostilamento em PD

    Certidão de casamento inteiro teor apostilada. (Não precisa ser reprográfica) e Certidão de inteiro teor do cônjuge estrangeiro apostilada (Não precisa ser reprográfica).

    a info. consta do segundo post da primeira página desta discussão

  • Obrigada @gandalf e @gsilvestre

    pretendo fazer por PD, porque li em outro tópico que o consulado exige averbações de casamento e óbito que PD não exige, certo?

  • @marifontolan certo.

    e respondendo a sua pergunta anterior, o apostilamento basta. o único doc que vai ter o reconhecimento de firma é o requerimento mesmo

  • gandalfgandalf Member

    @gsilvestre

    Tem razão. As certidões de casamento e de nascimento precisam ser apostiladas. Obrigado por apontar o problema.

    Essa é a segunda vez :que eu dou essa escorregada. :-)

    @marifontolan exato, PD não pede nem averbação nem o óbito, como o consulado de Santos. Só pra você saber, eles não fazem isso apenas por implicância. Os consulados têm que seguir uma legislação específica para consulados no BR, e que não afeta as conservatórias em PT. Faz parte do acordo de cooperação PT-BR.

  • Bom dia, amigos.

    Para a transcrição de casamento em PD: primeiro eu envio os documentos e depois recebo deles o boleto via email para o pagamento? É isso mesmo?

    Obrigado.

  • gandalfgandalf Member

    @Heitor Pinheiro Sim, é isso mesmo.

  • Muito obrigado, @gandalf

  • SandraPSandraP Member

    @Heitor Pinheiro quando você enviar seus documentos para PD e se tudo estiver certo, você vai receber um link para pagamento que poderá ser feito por cartão de crédito internacional ou MB (para quem tem conta em Portugal). Não vai receber boleto.

  • Gostaria de saber a diferença entre solicitar a transcrição pelo consulado e direto em Portugal? Tem algo relacionado a custos ou prazos? Se for feito no consulado, necessariamente a pessoa precisa comparecer pessoalmente em algum momento durante o processo? Ou tudo é feito via Correios, como em Portugal? Obrigada

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @karinamanfrinato , a maior diferença entre Ponta Delgada e os Consulados é que os Consulados devolvem os documentos enviados.

    Em Ponta Delgada, você faz o pagamento por cartão de crédito - incide iof de 6,38%

    Nos Consulados, o requerimento precisa ser apostilado e ainda cobram as taxas consulares.

  • SandraPSandraP Member

    @karinamanfrinato baseada na experiência que minha amiga vem tendo com a transcrição em PD, acho que pelo consulado é mais fácil, rápido e barato.

    Alem dos itens apontados pela @Leticialele, você ainda tem que fazer o envio dos documentos para Portugal, que no caso da minha amiga teve um custo de 280,00 além dos documentos que você envia e não retorna pra você pode usar num próximo processo.

    Outra diferença que em PD qualquer pessoa pode assinar o requerimento (a própria pessoa, filho ou neto), mesmo com os nubentes vivos. Já no consulado, se um dos nubentes estiver vivo, somente ele pode assinar.

    Pode ser feito tudo pelo correio, tanto no consulado quanto em PD.

  • Ola gente,

    Meu tio ira fazer o processo de filho (pois é filho de imigrante Portugues).

    O pai (natural de Portugal) ja esta morto e a mae é brasileira (ainda viva).

    Qual a melhor forma de fazer essa transcrição do casamento? Enviar para Portugal ou fazer no consulado?

    Poderiam também verificar que estes são todos os documentos necessários:


    Assento do Portugues (Civil Online)

    Certidao de Casamento em inteiro teor e apostilada

    Certidao de nascimento em inteiro teor da esposa do Portugues e apostilada

    Requerimento preenchido e apostilado

    Comprovante de pagamento


    Tem algo a mais?


    Obrigado desde ja!

  • gsilvestregsilvestre Member
    editado July 28

    @EduardoScutti o requerimento não precisa ser apostilado se fizer em PD, somente precisa reconhecer a assinatura por autenticidade

    sobre qual compensa mais, vai depender do consulado que atende a sua região. Santos e RJ compensam. BSB também.

  • Pessoal, uma ajuda, por favor.

    No novo modelo de formulário, nos campos:

    --> Residência à altura do casamento: essa informação não consta na certidão de casamento de meus pais. Essa informação tem que constar em algum documento enviado ou posso apenas preencher com o que meus pais me informarem?

    --> Hora e data do casamento: a hora do casamento também não consta na certidão de casamento. Mesma dúvida acima, essa informação tem que constar em algum documento enviado ou posso apenas preencher com o que meus pais me informarem?

    Obrigado!

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @MauricioDezem , quanto à residência à altura do casamento, coloque apenas a cidade.

    Hora, deixe em branco!

  • @Leticialele obrigado!

    @gandalf vi em um post anterior seu, o seguinte:

    "Para transcrição de casamento na conservatória de PD, nada precisa apostilar. Se for fazer no consulado, siga a orientação do site deles.

    • Certidão de casamento em inteiro teor, certificada. (certificada=firma reconhecida)
    • A certidão de nascimento do nubente brasileiro em inteiro teor, certificada
    • O requerimento, assinado presencialmente no cartório, e certificado POR AUTENTICIDADE
    • RG ou passaporte de quem assina o requerimento, certificado (pode ser qualquer dos nubentes, filhos ou netos)
    • Se quem assina o requerimento for o neto/neta, certidão de nascimento inteiro teor certificada"

    Sabe me informar se ao invés de RG ou Passaporte (ambos estão vencidos no caso da minha mãe, a requerente) é aceita CNH certificada em PD?

  • @MauricioDezem Se você ler mais abaixo no post que @gandalf fez, vai ver que o @gsilvestre o corrige e menciona que sim, precisa apostilar as certidões enviadas para Ponta Delgada. Dá uma olhada https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/254058#Comment_254058


  • gandalfgandalf Member
    editado August 10

    @MauricioDezem

    É com a ressalva que a @SandraP apontou. As duas certidões são em inteiro teor e apostiladas.

    PD aceita CNH para a transcrição.

    Mas ela deve refazer o RG assim que puder, porque esse é um documento que só é emitido em solo brasileiro. Embora não tenha validade explícita, para muitas coisas não se aceita o RG com mais de 10 anos. O passaporte é o documento de viagem, válido fora do BR. Não faz sentido buscar documentos portugueses e abandonar os outros.

  • fladoretofladoreto Member
    editado August 10

    ola tudo bom? Acabo de enviar os documentos para transcrição para ponte delgada, e como moro em Portugal acabei optando por vale postal. NAo sabia que teve alterações. Será que haverá problemas ? Ou irão aceitar? Pois enviei o original junto com os documentos. Caso negativo,’consigo reaver o vale postal? Obrigada

  • @fladoreto

    Não aceitarão o VP. Vamos ver como reagem, se lhe devolvem todo o processo, ou somente o VP. Pagamento somente no cartão pela Ref Bancária.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator


  • Boa tarde! Eu queria tirar uma dúvida. Eu solicitei no cartório, a 2ª via da certidão de nascimento, da minha bisavó, em inteiro teor digitada, mas eles me informaram que tem algumas palavras que não estão conseguindo identificar e me indicaram fazer a reprográfica. Tem algum problema eu enviar para PD a reprográfica ou insisto na digitada mesmo?

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.