Atribuição pelo ACP Porto (informações e Processos)

13193203223243251031

Comentários

  • @gvgrussai basta ir num cartório de notas e pedir que te reconheçam a assinatura do formulário 1C por autencidade. Não é mais necessário ir ao consulado fazer isso. Uma dica: logo de cara, reforce o pedido de não rasurarem as partes em branco do formulário. Assim, isso te evitará problemas ao fazer o reconhecimento da assinatura.

    O apostilamento de Haia já faz o reconhecimento (sinal público) da assinatura do notário. Na certidão de inteiro teor de seu pai foi reconhecida a assinatura de quem fez o documento (geralmente indicada pelo sinal de mão com o dedo indicador apontando para a assinatura)?

  • @test1jma: a numeração do processo seria a fase em que seu documento se encontra com eles para ser lhe atribuído um número de processo. Uma vez que isso é feito ele parte para a fase de análise. Nessa fase os documentos são digitalizados, checados e se tudo estiver certo perante os olhos deles o processo vai para a fase de despacho. Nesse ponto é que se define se o processo será definitivamente aprovado para a atribuição ou não. O conservador, então, dá a sua assinatura e com isso o processo avança para a fase de registro, onde são gerados o número e o assento de registro. Por fim, o processo é concluído.

    Essa é uma forma resumida das fases do processo. Abaixo, você pode ver, em detalhes o passo a passo disso tudo:

    1 - Recepção do requerimento e seus anexos pela Conservatória (seja por Correios, seja enviados por consulados)
    2 - Contabilidade da Conservatória verifica se os emolumentos foram pagos
    3 - Atribuição de um número de processo ao requerimento
    4 - Digitalização documental
    5 - Distribuição
    6 - Análise dos documentos pelo escriturário oficial da Conservatória (com eventual troca de correspondência com o requerente para fornecimento de informações adicionais)
    7 - Parecer do SEF, DGAJ e PJ - Diligências (nesta fase, será dado o veredito "aceito" ou "não aceito")
    8 – Despacho
    9 - Registo do assento (nascimento) na Conservatória
    10- Processo finalizado
  • @Suzana lima da silva pode enviar para o ACP sem problemas.
  • Gente, o vale postal da minha mae foi faltando.

    Os correios fizeram com a cotação errada. E a única vez q nao prestei atenção na cotação, foi a vez do erro.

    Enfim, vi um topico de uma menina no fb q teve os documentos devolvidos por acp por estar faltando valor.

    E fiquei com a pulga na orelha do meu estar errado tbm.
    Mandei um e-mail para ACP, por via das dúvidas, e, para minha surpresa, me responderam hoje q estava faltando €8,33 e q eu tinha 10 dias para o vale chegar. Agora, é só enviar o comprovante por email agora ne?
    Vamos fazer o vale complementar hj msm e fazer de uns 15 euros para nao ter risco. Rs
  • editado June 2018
    Bom dia a todos,
    Gente, estou desesperada com a informação q acabei de receber através da linha de registros. Recebi a primeira carta de exigência e cumpri as duas: retificação da carteira de identidade e transcrição do casamento dos meus bisavós. Ocorre que acabo de ser informada que o ACP enviou nova carta, em 14/6, pedindo novos comprovantes do estabelecimento da maternidade!!! Como assim!!?? Ja transcrevi o casamento dos meus bisavós e minha avó ja tem 89 anos... nao temos nenhum documento escolar, nada dela alem da certidão de nascimento, casamento dos pais, etc... estou arrasadaaaa!!! Como pode depois de tanto trabalho pra transcrição do casamento, com suprimento de certidão do meu bisavô, tanto dinheiro, tanto trabalho, ser exigido ainda mais comprovantes, sendo q nunca li nenhum relato de ter ocorrido nada parecido com mais ninguém!! Nao sei nem o q pensar....imaginei ate q pudessem pedir prova de vida, claro, pois ela tem 89 anos, mas outro estabelecimento de maternidade além da transcrição de casamento dos pais!!!!!! Meu deus... to arrasada...
  • @Pedro Antonio Pereira Jr.
    Então no meu caso só falta assinar o formulário, reconhecer a autenticidade da assinatura, pagar o vale postal e enviar?
  • @gvgrussai isso, pois você já possui o RG autenticado e apostilado, a certidão de teor inteiro por cópia reprográfica apostilada e o assento português do seu avô. De resto, só falta assinar o formulário 1C e pagar o vale. Não se esqueça de conferir se, no selo, consta a palavra autencidade. Também não se esqueça de incluir alguns euros a mais no valor do vale. Geralmente eu coloco 5 euros a mais.
  • @Pedro Antonio, obrigada.
  • pmv1pmv1 Member
    Bom dia!

    Vou iniciar o processo de atribuição da minha avó (filha de pai português e mãe brasileira). Já tenho em mãos:
    1- certidão de batismo do pai português, enviada pelo Arquivo Distrital de Braga;
    2- certidão inteiro teor por cópia reprográfica apostilada da certidão de nascimento da requerente (o pai português foi o declarante);
    3- cópia autenticada e apostilada do RG da requerente;
    4- certidão inteiro teor por cópia reprográfica apostilada da certidão de casamento da requerente (ja que houve alteração do nome da requerente com o casamento);
    5- questionário 1C preenchido em cores, reconhecido por autenticidade.

    Mandei e-mail para
    mario.m.ferreira@irn.mj.pt , para conferir os docs., mas não me responderam até hoje.

    Alguém pode me esclarecer se está tudo certo? E se a requerente precisa ir aos correios pessoalmente (para enviar o vale postal?)

    Obrigada desde já


  • @jhsfleming sendo sua mãe a portuguesa é obrigatória a transcrição de casamento mesmo em ACP.
  • Bom dia!

    Alguém saberia informar o tempo médio que leva para a chegada no Brasil de documento enviado pelo ACP?

  • @pmv1 A conservatória não responde e-mail.A documentação está correta.A requerente nào precisa ir aos correios, mas é bom fornecer o CPF e o R.G.para o requerente
  • @sandraraujo ...
    O prazo pode variar...
    Dois processos de familiares finalizados pelo ACP esse ano...
    Em um deles o documento demorou 65 dias para chegar...
    O outro 48 dias...
  • @Nilton Hessel, obrigada!
    Estou com a documentação pronta para enviar o pedido de atribuição do meu filho. Porém marquei no formulário que estaria enviando cópia da certidão do pai... agora estou na dependência da chegada do documento para enviar o pedido... Caso eu apenas tivesse preenchido o número do assento, já teria enviado...

    mais uma vez agradecida!
  • MarciaMarcia Member, Moderator
    @rafaelgouveia,

    Pode sim, pedir para os dois. O caso que a mãe e o pai foram declarantes não tem diferença.
  • @sandraraujo...
    Por 10 euros você pode solicitar uma via o Assento de Nascimento Português pelo civilonline.pt...
    Fica disponível para impressão em 1 ou 2 dias após a confirmação do pagamento...
    Tem um tópico aqui no Fórum que orienta como solicitar essa Certidão passo a passo...
  • @Nilton Hessel, obrigada pela dica! Vou procurar!
  • @Suzana lima da silva, você pode enviar para ACP, mas tenho lido aqui que Tondela dá prioridade para atribuição de menor. Sai em pouco tempo. Além disso, eles aceitam pagamento por cartão de crédito, evitando assim o transtorno do vale postal.
  • @Pedro Antonio Pereira Jr. Muito Obrigado!
  • @hudi

    faço vales em curitiba na agência central dos correios na João Negrão e nunca tive problemas
  • gente, alguma sugestão pro meu caso? ou realmente já posso desistir de tudo? estou realmente sem saber o q fazer.... falei pra minha avó agora, até pra tentar forçar a memoria dela sobre o local onde ela foi batizada, pra tentar uma certidao de batismo, mas foi em Sao Bernardo do Campo e ela não sabe o nome da igreja.. tb pedi pra ela tentar lembrar o nome ou endereço da escola onde ela estudou, mas, tadinha, acho q já forcei demais... nao sei o q fazer... fiz tudo tão certinho e jamais imaginei q nao fosse ser suficiente...
  • Obrigada, @Solange4!
  • pmv1pmv1 Member
    @vlad

    Obrigada!
  • Rebeca, você não tem fotos antigas, com sua avó criança?
  • Bom dia a todos!
    Por favor.. Estou para encaminhar os documentos da minha mae e da minha tia para o processo de atribuiçao no ACP.

    1- Gostaria de saber se aceitariam esses dois processos juntos?

    2- Antes dissso ja fizemos os processos de cidadania e transcriçao da minha Vó em 2017. Com isso recebemos de Portugal o assento de nascimento dela. Gostaria de saber se é para encaminhar junto aos demais documentos esse assentamento original ou se pode ser a xerox? Pq se for para encaminhar a original, só poderei colocar para minha Tia ou para minha mae, e a outra deverei preencher o quadro 2 do formulario 1C (unico quadro que nao sei preencher rs). Se for a xerox do assentamento daria para colocar para as duas.

    3- Como faço?! Coloco os documento da tia em um envelope comum de papel, o da minha mae em outro envelope, os identifico, e ao chegar no correio coloco os dois naquele "envelope" grande de plastico?? Ou antes de colocar no de plastico do correio, compro um envelope comum maior para colocar os dois envelopes com os processos?

    Muito obrigado a todos desse maravilhoso forum!!
  • @rebecca naslausky
    Já tentou o site family search?
    https://www.familysearch.org/wiki/pt/Brasil_-_Registros_Paroquiais_da_Igreja_Católica_(Registros_Hist%C3%B3ricos_do_FamilySearch)
  • editado June 2018
    @Solange4, na verdade o processo eh de atribuição da minha avó. ela tem um album super antigo, com fotos da mãe, mas não vi nenhuma delas duas juntas... a maioria das fotos são aquelas de só rosto... tem algumas dela criança, mas sozinha.... dela na fase adulta com a mãe temos algumas, mas será q servem?
  • @Marcia obrigada, não tinha notado que era o mesmo endereço!

    Tentei acessar esse site: http://dgarq.gov.pt/rede-portuguesa-de-arquivos/rede-dgarq/arquivos-regionais/ para pegar a certidão original, mas ele está indisponível. Onde mais posso encontrar esse documento?
    Obrigada, mais uma vez!
  • @Solange4, obrigada pela sugestao do familysearch... vou começar a procurar agora mesmo!!
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.