Atribuição pelo ACP Porto (informações e Processos)

1109710981100110211031421

Comentários

  • Pessoal, alguém saberia me tirar a dúvida em relação à informação que eu li?

    Mamis mudou o nome quando casou. Vi que, nesse caso, eu poderia mandar a certidão de nascimento da mamis, a de casamento e a de nascimento do papai e já averbar o casamento num único processo junto com a cidadania. Isso realmente é possível? Tenho que pagar taxas extras para fazer o processo de cidadania dela e já averbar o casamento tudo junto?

  • @Mero seria verdade se você fizer isso numa conservatória ou no consulado com várias competências. Pelas informações aqui do site, primeiro você teria que fazer a averbação do casamento da sua mãe através do consulado é a forma mais rápida (São Paulo em Santos e no Rio de Janeiro, dependendo aonde esteja). Pelo que vi tem demorado um mês. Depois vai mandar para o ACP o seu com o registro de casamento já feito.

    Eu não entendi bem quem teve o registro deferido. Foi seu pai ou seu avô?

    Se for seu pai e ele te registrou antes de um ano de idade não precisa transcrever o casamento para fins da sua nacionalidade.

    Se for seu avô materno e você vai tirar o da sua mãe, além de todos os documentos você tem que mandar uma cópia autenticada da certidão de casamento para fixar o nome de casado da sua mãe.

  • @Destefano


    Bom dia, finalmente chegou o dia de minha esposa receber a cidadania.

    Em 24/08/2021 - ENVIEI OS DOCUMENTOS PARA CONSERVATÓRIA DE PORTO PELA DHL EM

    Em 30/08/21 – foi entregue em Porto

    EM 03/09/2021 – Recebido e-mail com a chave de acesso para acessar o processo.

    Em 14/01/2022 – processo terminado, cidadania concedida

    Antes do prazo previsto, se alguém puder atualizar a planilha agradeço.

  • editado January 2022

    @Mero

    Não faça junto. Primeiro faça a transcrição. Depende de onde vc mora, pode ser no consulado do Rio (RJ e ES), Santos (SP e MS), e Brasília (DF), e leva 30 dias.

    Se morar em outro lugar, pergunte. Pra onde manda faz muita diferença. Em Santos é 1 mês; Em São Paulo serão 8+ meses.

    Depois faça a nacionalidade na Conservatória, separado.

    Não é o fato de sua mamis ter mudado de nome que te obriga a fazer a transcrição. É se ela (a portuguesa) não tiver sido a declarante do nascimento do filho antes de 1 ano de idade. Geralmente é o pai, enquanto a mãe está de resguardo, cuidando do filho. Se for esse o caso, terá que transcrever, de preferência nos consulados mencionados.

    Só se faz transcrição de casamento de portugueses. Se um ou ambos são portugueses, e se casaram no BR (fora de PT).

  • Bom dia, finalmente chegou o dia de minha esposa receber a cidadania.

    Em 24/08/2021 - ENVIEI OS DOCUMENTOS PARA CONSERVATÓRIA DE PORTO PELA DHL EM

    Em 30/08/21 – foi entregue em Porto

    EM 03/09/2021 – Recebido e-mail com a chave de acesso para acessar o processo.

    Em 14/01/2022 – processo em despacho, cidadania concedida, aguardar a bolinha 7 ficar verde

    Antes do prazo previsto, se alguém puder atualizar a planilha agradeço.

  • @AlexandreDom

    Parabéns, mestre!

    Só uma dúvida, foi dado o despacho ou foi enviado o assento já criado? Está na bolinha 7 marrom ou na bolinha 7 verde?

  • @Damasceno_de_Castro

    É do meu avô pai da minha mãe (que mudou de nome).

    Então faço a cidadania da mamãe primeiro e depois averbo o casamento indo ao consulado? Essa era a dúvida.... porque tinha visto que, se mandasse a certidão de nascimento do meu pai também para realizar o processo de cidadania da minha mãe, eles já averbavam também.

  • editado January 2022

    Olá @Pessoal,

    Meu processo chegou hoje pela manhã na ACP, então coloquei na ultima linha da planilha e assim que receber a chave e o numero do processo volto e complemento a planilha. Meu processo é de pai atribuído como neto para filho.

    Enviei de documento,

    • Formulário 1C preenchido e assinado por autenticidade no cartório,
    • Impresso do e-mail que recebi da confirmação do pagamento da taxa,
    • Minha certidão de nascimento emitida no cartório por cópia reprografica, devidamente apostilada,
    • Impresso acento de nascimento portuguesa do meu pai emitida pelo civil online,
    • Cópia autenticada do meu passaporte com filiação, devidamente apostilada.

    Meu pai portugues é o declarante na minha certidão de nascimento, logo enviei meu processo sem a transcrição de casamento dele. Acredito que esteja certa o que eu enviei, peço aos amigos que me confirme se deixei passar algo? @gandalf , @Leticialele

    Acompanho diariamente o fórum porem mais focado na época no tópico de netos, agora vou acompanhar juntamente com vocês o andar dos processos vizinhos na planilha.

    Valeu Galera, e vamos ter mais um cadinho de paciência e esperar chegar a minha vez daqui a 6 ou 7 meses!!

  • @gandalf

    Entendi!!!!! Vou fazer isso!!!!!!VLWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW

  • @Mero

    EXATO. Como seu avô deve ter sido o declarante na certidão de sua mãe antes de 1 ano, ele não precisa transcrever o casamento.

    Pode dar entrada no processo de sua mãe, leva 6 meses. Depois faz a transcrição do casamento dela. Depois a sua nacionalidade.

  • @Mero isso aí. Quando for mandar a nacionalidade da sua mãe, mande junto a certidão de casamento simples (não precisa ser a inteiro teor e nem apostilar) autenticada para que possa demonstrar a causa da divergência entre o nome na identidade (que deve constar o nome de casada) e o nome na certidão de nascimento.

  • @Guilherme Jorge , está tudo correto. Mande, também, um print do e-mail que encaminhou o Formulário e que também serve como recibo.

  • @Mero quando disse autenticada quis dizer com a firma reconhecida do tabelião.

  • @Guilherme Jorge

    Está perfeito. Sendo seu pai o português e declarante, a transcrição é opcional e não precisa, e como você não mudou de nome no casamento, também não precisa da sua certidão de casamento aqui.

    Só podia ter deixado o local onde fez o pagamento, pra ajudar a outros: https://crcpagamentos.irn.mj.pt/pagvisamc.aspx?productid=NAC1C

  • editado January 2022

    Boa tarde: podem colocar na planilha

    Meu pai, Carlos Henrique de Araujo:

    Pai: Processo 59XX/22

    Meu tio, Paulo Roberto de Araujo

    Tio: Processo 59XX/22

    Foi enviado hoje por e-mail.

    [editado pela moderação]

  • @Destefano

    Bolinha 7 marrom, não sei exatamente quando o processo andou, pois olhei uns 10 dias atrás e tava parado na bolinha 1

  • editado January 2022

    @AlexandreDom o seu processo ainda não terminou. Falta a bola 7 verde. Mas o seu relato já ajuda. Eu já havia colocado na planilha como despacho e sendo a data da sua postagem. A bola 7 é a lavratura do assento. É o nascimento da pessoa, com efeitos retroativos.

  • @gandalf ou @Leticialele - aproveitando as férias no Brasil, juntei minha documentação, que inviarei diretamente de onde moro na Itália assim que sair o registo do processo 1D do meu pai.

    Retirando hoje minha certidão de nascimento, notei essa pequena marca em cima da folha, provavelmente apoiada em cima de um carimbo ainda molhado por algum funcionário do cartório. Não dificulta quase em nada a leitura mas enfim, a gente prepara tudo com tanto carinho e cuidado que fica paranóico com qualquer coisinha. Espero não incomodar com algo aparentemente pequeno mas apreciaria muito um parecer de vocês veteranos. Grato desde já!


  • @thiagobranco , a certidão é por cópia reprográfica do livro?

    Essa pequena mancha de tinta de carimbo não está atrapalhando a leitura. Relaxe! Vai dar tudo certo!

  • Olá, vou enviar meu pedido por esses dias após convolação da minha mãe sair.


    Entretanto estou numa dúvida, umas amigas que enviaram para Porto tiveram seus pedidos encaminhados para Lisboa ( filhas de português maiores de idade)


    No formulário 1C não consta o endereço que enviamos, alguém mais teve problema com envio para Porto

    Estes endereços indicados costumam ser mais rápido?

  • @Destefano @gandalf estava olhando a planilha na linha 08 o número do processo está estranho... Pq a numeração está alta para 2022... Observem que os últimos processos de dezembro já foram numerados como processos de 2022 (numeração baixa) 5xxx/22, e este está como 142xxx/22 .

    Acredito que o ano está errado ou colocou um número a mais... Não sei se isso interfere em alguma coisa, mas chamou minha atenção.

  • @Leticialele ok, obrigado pela resposta. Fico mais tranquilo. Aproveito e confirmo com vc a lista de docs que inviarei:

    • Certidão de nascimento por cópia reprográfica do livro, apostilada.
    • Cópia do RG (emitido em 2013), autenticada e apostilada.
    • Formulário 1C com firma reconheida por autenticidade.
    • [pendente] cópia simples do assento do pai português, que declarou meu nascimento antes de 1 ano de idade.


  • @Nandalobao

    É porque eles foram entregues pessoalmente no balcão.

    Nesse caso, pagos em dinheiro, numera na hora, e já sai de lá com o número e a senha.

    Se o pagamento for no cartão tem que validar na contabilidade, e a senha sai em 10-30 dias.

    Os outros enviados pelo correio estão levando 130 dias.

  • @gandalf @Leticialele e outros experts do forum:

    O pai da minha sogra , na certidão de casamento compôs o seu nome com o apelido , primeiro do pai e o segundo do padrinho.

    É de vosso conhecimento tal composição e isso pode afetar o processo de filho?

    Antecipadamente agradeço.

  • Olá.


    Vi na lista de atribuição de filho que a cópia do documento tb precisa ser apostilhada?


    Não é somente cópia autenticada?

  • @Julobom

    Sim, a fotocópia do RG também precisa ser apostilhada, não somente autenticada.

  • @flaviva

    Que ano ele nasceu? Que ano ele se casou? Onde foi o casamento? Ele é português? Ele está vivo?

    Pela lei atual ele não poderia fazer isso. Mas os registos portugueses são imutáveis. Se aceitaram a nova composição no casamento, assim ficará daí em diante. Pode ter sido um erro do escrivão, mas se ele não corrigiu quando poderia, agora ficará assim.

    Uma mudança nisso seria complicadíssima, e somente por via judicial, e com ele em vida.

  • @thiagobranco

    Como foi dito, a certidão do requerente tem que ser por cópia reprográfica do livro (manuscrita), e apostilada.

    Essa parece ser uma de inteiro teor (digitada). Se for não serve, a menos que a reprográfica esteja no verso da página.

    Mas esse "borrado" do carimbo não seria problema.

  • @Julobom

    "O inimigo se esconde nos detalhes", não é? :-)

    Sem mandou o RG sem apostilar, vai ter exigência e vão lhe pedir outra.

    Mas no seu caso, como é convolação, você deveria mandar é uma cópia do seu Cartão do Cidadão. Nesse caso, como é um documento português não precisa apostilar. Pode mandar o RG certificado e apostilado se não tem um CC, mas é menos usual.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.