Bisneto de português

Boa noite! Sou bisneto de português (já falecido) mas nem meu pai nem a minha vó (filha do português) têm interesse na cidadania. Decidi pagar pelo processo do meu pai para eu poder ter direito e queria saber se o fato dele não querer o passaporte português acelera o processo pra mim de alguma forma. Não sei se ajuda em alguma coisa também, mas minha tia já obteve a cidadania como neta de português através desse mesmo bisavô. Obrigado!

Comentários

  • EderEder Member

    tira a do seu pai mais isso nao faz diferenca nenhuma no seu processo so podera dar entrada no seu quando sair o dele

  • @bernardms

    Boa noite,

    O fato de seu pai ou sua avo tirarem ou nao o passaporte é indiferente. Finalizado o processo de nacionalidade será emitido o assento de nascimento portugues, que é o documento que você precisará para dar andamento nos processos das geracoes seguintes. Se ele apos isso pedir ou não o passaporte isso não influenciara em nada.

    O fato de algum outro parente já ter nacionalidade também não interfere/ajuda em nada no seu processo.

    No seu lugar, como sua avó filha de português ainda é viva eu daria entrada no processo dela primeiramente, para em seguida dar entrada no processo de seu pai (também como filho) e assim sucessivamente.

    Seu pai requerendo diretamente como neto o processo é bem mais demorado (cerca de 2-3 anos), enquanto cada processo de filho dizem que dura cerca de 6 meses pela ACP, ou seja, mesmo sendo 2 processos até chegar em você isso ocorreria em menos da metade do tempo.

    Leia o material aqui do forum, tem muita informação sobre como fazer o processo como filho!

  • guimossguimoss Member

    @bernardms

    Complementando o que o @AlanNogueira falou, se a sua tia já conseguiu, ela pode ter os originais (batismo do português, se nasceu antes de 1911)

    ou

    cópias que vc poderia reutilizar no processo (um assento de casamento ou de nascimento, se nasceu depois de 1911).

    ===

    Qual a idade da sua avó?

    Se a sua avó tiver mais de 76 anos, ela entrará no caso de prioridade automática.

    E a depender da idade, vc pode precisar mandar uma prova de vida feita nk cartório e apostilada.

    ===

    Explica que a sua avó poderá passar a cidadania aos netos dela.

    Ela só teria que fazer 3 coisas: tirar a PV, de acordo com a idade, reconhecer por autenticidade no cartório o form 1c e do formulário de transcrição, se necessária e fazer um RG novo, se ela não tiver RG ou passaporte menos de 10 anos.

    ===

    Para marcar alguém, é só digitar "@"+letras do apelido até a pessoa que você deseja ficar em 1° na lista que irá aparecer. Clique nela e se a combinação "@"+apelido ficar colorida, estará certo.

    Desse jeito, o sistema avisa que há uma msg nova.

    Abraços

  • guimossguimoss Member

    @Eder

    @AlanNogueira

    @bernardms

    Desculpe-me, mas a sua mensagem esta incorreta.

    É bem mais rapido tirar como filho (a avó) do que fazer como neto (o pai).

    Os dois processos, em conjunto, seriam mais rápido que um único processo de neto.

  • guimossguimoss Member
    editado June 22

    @bernardms

    O tópico da ACP, para vc consultar:

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/2437/atribuicao-pelo-acp-porto-informacoes-e-processos#latest

    Se a sua avó for a Requerente e mudou de nome ao casar, vc terá que mandar a certidão de casamento em inteiro teor digitada e apostilada*.

    * Sobre o apostilamento desses docs extras, leia essa msg:

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/292789/#Comment_292789

    Abraços

  • @guimoss

    Muito obrigado, não fazia ideia que o processo de filhos era mais rápido! Agora a minha dúvida é se, com a cidadania da minha vó, eu poderia pular direto pra mim ou teria que fazer a do meu pai antes. E, caso possa pular direto pra mim depois dela, se existe o risco da minha cidadania ser negada. Penso em pular da minha vó pra mim porque imagino que o custo de três processos seja bem maior.

    Abraços!

  • @bernardms

    A questão principal é sempre o tempo. Processos de filhos são em 5-6 meses (feitos na ACP Porto).

    Netos, que só tramitam na CRCentrais, tem levado mais de 2, quase 3 anos.

    Você sempre pode pular uma geração se quiser, mais vai ter essa diferença enorme de tempo. Ao sua avô virar portuguesa, você vira neto de portuguesa e poderia fazer pulando seu pai. Mas sempre é recomendado fazer uma geração de cada vez, sem pular.

    Como seu pai provavelmente foi o declarante de seu nascimento, ele virando português, provavelmente não haveria necessidade de transcrever o casamento dele. Seria só o processo de cidadania mesmo.

    Além disso, processos de netos exigem mais documentos.

    Tem outras questões mais distantes: filhos provavelmente sempre terão direito (e garantem o da próxima geração ao conseguir a deles); netos (sem laços com PT) só passaram a ter direito em 2020; nada garante que essa liberalização continuará para sempre. Nem todo mundo em PT é a favor disso.

    Veja se outros filhos ou netos de sua avó tem interesse no processo; quem sabe pode dividir os custos com alguns deles. Se bem que tem muito familiar que diz que não tem interesse e quando vê a pessoa com o passaporte PT na mão, passa ter interesse e tira casquinha de graça no esforço e trabalho alheio.

  • @CarlosASP

    Entendi, realmente não tinha pensado na possibilidade da lei de 2020 ser revogada ou algo do tipo. Infelizmente a parte da família que tem interesse na cidadania já tem por conta do meu tio, que é português mas não é meu parente biológico.

    Você recomendaria contratar um advogado para conduzir o processo ou com as informações do fórum eu consigo sozinho? Pelo que vi nesse link, o processo para a minha vó (e depois para o meu pai) é relativamente simples e, pela idade, ela teria prioridade. É isso mesmo? Abraços!

  • CarlosASPCarlosASP Member
    editado June 23

    @bernardms

    Essa é uma economia que você pode fazer. Não precisa de advogado - na verdade, muitos advogados vão pedir que você faça a parte mais trabalhosa: achar os documentos.

    A grande maioria dos casos o pessoal aqui do fórum vai conseguir orientar e resolver sem problema nenhum. Se for algo muito complicado, eles dirão que é hora de falar com advogado, mas isso acontece raramente. Tem gente aqui que sabe mais que muito advogado que vende "assessoria". Quando aparecer uma dúvida, coloque no tópico especifíco, por exemplo, filhos pela ACP Porto; transcrição de casamento no lugar X ou Y.

    Processos de filhos são suficientemente rápidos que aparentemente a prioridade de idade não muda muito (ou até nada); também parece ser uma orientação em Lisboa e não necessariamente adotada no Porto (não estou 100% disso).

    No de netos sim pode fazer diferença. Mas mesmo assim é bem mais lento que o de filhos (mesmo sem prioridade). E netos tem levado cada vez mais tempo, depois da mudança da lei e aumento do volume. Vou dar o exemplo de um de minha família (netos) com mais de 80 anos: chegou em Lisboa em junho de 2021; levou um mês para ser numerado (hoje em dia já estão levando 3-4 meses só para numerar; antes de numerar, o processo "não existe"). Depois disso, nada aconteceu até essa semana (mais de um ano depois da chegada), quando o processo finalmente avançou uma casa para próxima fase (de 7 no total) - são as famosas "bolinhas" que você vai ver o pessoal sempre comentando no fórum.

  • guimossguimoss Member
    editado June 23

    @bernardms

    É melhor fazer vários processos de filho, do que um de neto.

    Em termos de taxa, o valor é menor mas, em termos de burocracia e tempo, compensa fazer vários de filho.

    Se a questão for financeira, o nubank parcela o valor da taxa (entre 1000 e 1100 Reais)*, com juros, claro.

    * Verfique isso direitinho com a instituição financeira, ok? Imagino ser assim: vc paga o valor cheio (175 euros) e depois, a empresa parcela em várias vezes com juros (2,99 a.m + IOF).

    Não sei se isso teria um efeito negativo em PT.

    Eu pretendo abrir um tópico sobre isso, mas estou acompanhando a questão do projeto de lei 122 (de aprovação improvável), que recria e endurece os vinculos efetivos com Portugal e não tive tempo para fazer esse tópico.

    Se vc tiver esse cartão e conseguir alguma informação atualizada a respeito, compartilhe com a comunidade.

    Obs: vc não fez a marcação de forma correta. Tem que fazer como te expliquei acima. É o único jeito.

    Abraços

  • EderEder Member

    @guimoss Desculpe voce tem razao se o filho do portugues estiver vivo com certeza fazendo direto sera mais rapido nao li corretamente,,,

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.