Preenchimento 1-D

editado November 13 em Processos de Atribuição

Olá pessoal. Podem me ajudar nesta dúvida?

No quadro 2 do formulário 1-D indicar o local e o nascimento do avô português. 

Encontrei a certidão de batismo dele nos arquivos do porto. Se eu pedir para a conservatório colocar no civilonline, basta informar o número do assento lá, correto?

Já vi um comentário em uma discussão de que talvez de problema porque no batismo apresenta apenas o primeiro nome. Porém ele casou em Portugal e já tenho a certidão de casamento no civilonline. Se eu mandar apenas o numero do assento já serve, ou preciso requisitar algum outro tipo de certidão para enviar (inteiro teor...)?

E outra dúvida... preciso enviar o assento de nascimento impresso? Se precisar, pode ser uma versão simples, impressa do site do civilonline mesmo? Ou precisa ser aposilada, reconhecida e etc...

«1

Comentários

  • editado November 13


  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @gabrieltojeiro , se o assento de batismo é anterior a 1911, terá que mandar uma cópia certificada e assinada. - https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/17071/roteiro-para-solicitar-certidoes-nos-arquivos-distritais/p1

    Se o assento de batismo for informatizado, poderá pedir no civil online. Basta mandar cópia simples.

    Quanto à certidão de casamento, pode mandar apenas o número e a Conservatória. Liste em "Outros documentos"

  • @Leticialele , o batismo deles é anterior a 1911, já enviei e-mail para o Arquivo do Porto pedindo para que coloquem a certidão on-line. Estou aguardando o retorno deles. se caso der certo, a cópia simples que você se refere, seria o próprio arquivo PDF disponível no civilonline?

  • @gabrieltojeiro se o registro está no Arquivo Distrital do Porto, terá que solicitar conforme orientações do link que a letícia postou... os arquivos não informatizam as certidões.

  • @gabrieltojeiro

    A @Leticialele disse "copia certificada e assinada", mas ela quis dizer para mandar "o original com carimbo em relevo e assinado a tinta pelo Arquivo do Porto".

    Isso está claro na instrução que ela lhe mandou junto. E como disse o @gsilvestre , você não tem como pedir isso pelo CivilOnline. Tem que pedir diretamente no Arquivo, e eles lhe mandam as instruções para o pagamento, cerca de €22, e peça com rastreio da carta (AR). Vai cair no final do ano, e correio fica muito complicado.

  • lucas21lucas21 Member
    editado November 13

    @gabrieltojeiro qual o ano da certidão? A única forma da certidão ser informatizada pelo civil online é se ela não estiver no Arquivo distrital, quanto mais distante de 1911, maior a chance dela estar no Arquivo distrital. Faz conforme os colegas mencionaram acima, inicia seu pedido pelo Arquivo Distrital, caso eles te informem que não podem fazer sua certidão certificada, pois o livro ainda se encontra na conservatória, aí sim você aciona o civil online, que repassará seu pedido para conservatória, nesse caso sim a certidão será informatizada pelo Civil Online.

    Aconteceu isso comigo, pedi no Arquivo de Viseu uma certidão de 1909, fui informado que eles só possuíam a cópia do livro, pois a conservatória não tinha enviado ainda para arquivo o livro original.

    entrei em contato com a conservatória que me informou que podia emitir a certidão para mim, como demoram muito para responderem meu email, solicitei pelo civil Online, que intermediou o processo e em poucos dias já tinha minha certidão informatizada.

    No final da certidão vem escrito:

    Cota: Informatização do assento num tal/1909 do local tal em 2021-08-11.

    OBS:. Não pule etapas, entre em contato antes com o arquivo, pois se lá já constar o livro, o civil online não poderá fazer nada e somente a certidão certificada terá valor..

  • @lucas21 , o registro de batismo de ambos é de 1890, de Penafiel. O casamento deles foi em outubro de 1911, também em Penafiel. O casamento deles, a conservatória de Penafiel conseguiu colocar no civilonline. O batismo, eles disseram que não conseguem, pois os livros anteriores a 1911 estão no arquivo distrital do Porto. Exatamente como o @gandalf disse.

    Vou fazer a solicitação da cópia impressa para o arquivo do Porto.

    Eu apenas não entendi o porque eu preciso enviar a certidão de nascimento do português. No site do IRN, na parte de documentação para atribuição de netos, está escrito:

    “As certidões do registo de nascimento de nacionais portugueses podem ser oficiosamente obtidas pelos serviços se forem indicados os elementos que os permitam identificar, designadamente o local de nascimento, a respetiva data e, se for do seu conhecimento, a Conservatória do Registo Civil portuguesa onde os mesmos se encontram arquivados e o respetivo número e ano;”

    Na verdade, ante de ler os posts da @Leticialele , eu iria apenas informar que o português nasceu em Penafiel, Porto, em 29/03/1890. Porque, pelo que eu entendi deste texto, somente essas informações já seriam suficientes.

  • lucas21lucas21 Member
    editado November 13

    @gabrieltojeiro As certidões de nascimento de cidadãos portugueses para fins de instrução de processos de nacionalidade são obtidas gratuitamente desde que não estejam nos Arquivos Distritais.

    As certidões com mais de 100 anos estão registadas nos Arquivos Distritais, devendo nesse caso o interessado solicitá-la diretamente ao Arquivo Distrital correspondente à naturalidade do nacional português.

    Por isso que o português for nascido depois de 1911 basta uma cópia simples da certidão de nascimento dele, caso contrário precisa solicitar a certidão do Arquivo distrital certificada, da maneira como os colegas aqui do fórum falam.

  • @gabrieltojeiro em adição ao que o colega acima falou, se a certidão estivesse em alguma Conservatória, vc só precisaria informar os dados e no momento de análise dos documentos da nacionalidade, o conservador conseguiria acessar o assento de nascimento pelo sistema do IRN. Como no seu caso os assentos estão no arquivo distrital, a conservatória não têm acesso a esse sistema, por isso precisa da via física

  • Boa noite à todos!

    Sobre o preenchimento do formulário 1D, é interessante que seja digitado, ou pode ser preenchido à mão legível e sem rasuras.

    Muito obrigado!

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Robsonvieira , pode ser preenchido à mão ou digitado, é indiferente.

  • Obrigado!!!

  • @Leticialele Bom dia, li alguns relatos de que alguns processos de atribuição para netos estão levando até 3 anos para serem concluídos. E acredito que seja verdade pois a demanda deve estar muito grande em Lisboa.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Robsonvieira , sim, alguns estão demorando isso.

    Mas, segundo a CRCentrais, o prazo é de 24 a 30 meses!

  • @Leticialele a irmã da minha mãe conseguiu a cidadania agora, depois de 2 anos. Existe algum caminho que possamos percorrer que seja mais rápido, já que são irmãs e teoricamente têm a mesma descendência?

    Obrigado novamente!!!

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Robsonvieira , cada processo é único.

    Se sua mãe vai pedir a nacionalidade como neta, terá que aguardar de 24 a 30 meses. Não tem como invocar o processo da irmã para agiliza-lo.

  • Boa noite a todos!

    Nas instruções de preenchimento do impresso modelo 1D, quadro 1, diz que o documento de identificação deve ser emitido por um dos paises da União Europeia.

    Minha mãe ainda não têm passaporte, posso preencher com o numero da identidade brasileira à qual fizemos uma nova, pois a antiga ja tinha mais de 10 anos?

    Obrigado!

  • Obrigado!!!

  • Boa noite! Minha mãe têm mais de 70 anos, no processo precisamos ecaminhar sua prova de vida emitido pelo consulado, porém moramos muito longe do consulado, em outra cidade.

    Qual a validade para esta prova de vida?

    Obrigado!

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Robsonvieira , estão aceitando prova de vida feita em cartório.

  • @Leticialele

    De fato "segundo a CRCentrais, o prazo é de 24 a 30 meses!"

    Mas escrevem isso quando mandam a senha, 4 meses depois da chegada dos documentos. Hehe

    Somando um e outro, ficariam 28 a 34 meses desde a chegada, que é o tempo que conta na planilha. E lá a previsão tem sido 31 meses.

  • Sobre a prova de vida, será que eles aceitam a prova de vida do banco que ela recebe por ser aposentada registrado em cartorio? É que la na cidade dela os cartorios ainda não estão fazendo prova de vida.

    Obrigado.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Robsonvieira , se o INSS aceita, o Consulado do Rio também!!

  • Obrigado!!

  • Pensei em fazer a prova de vida dela no Inss e encaminhar junto com a documentação conforme orientação que consta no site do consulado.

  • Bom dia!

    Sobre as instruções para preenchimento do formulário 1D, no quadro 2, "pretende manter a composição originária de seu nome?", podemos assinalar "não" e colocarmos o nome e apelido de casada, para que o processo já venha com o nome de casada?

    Obrigado!!!

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.