Busco certidão de nascimento do meu bisavô para poder entrar com pedido de nacionalidade.

Olá, tudo bem?


Busco a certidão do meu bisavô, Antonio Pallos, nascido em 08/07/1887, em almeida, Portugal. Filho de José Pallos e de Felicidade Reis Gomes Pallos. Esses dados estão num registro de estrangeiros que minha tia avó tem guardado. Na certidão de nascimento do meu avô e dos demais, tem dizendo que o nome da avô seria Maria Felicidade Pallos.

Busco esse documento para minha mãe dá entrada com a nacionalidade dela e depois, eu também.


Comentários

  • @bellapallos

    Para essa data, só haverá certidão de batismo. Certidão de nascimento só depois de 1911

    Qual o nome dos filhos e cônjuge de Antonio? Muitas vezes se acha a informação essencial (a freguesia onde a pessoa nasceu) através de registros de parentes distantes. A esposa de Antonio era de onde?

    Existe o concelho de Almeida, distrito da Guarda. Todo concelho é dividido em várias freguesias. Se ninguém achar a freguesia certa, teria que procurar o batismo em todas.

    https://tombo.pt/m/ald

    Há referências à pessoas com o nome Palos em Guarda, inclusive no concelho de Almeida, um desses pode ser parente do "seu" Antonio.

    http://digitarq.adgrd.arquivos.pt/details?id=1288464

    Já fez a árvore da família no Family Search? É grátis. Importante "rechear" a árvore com o maior número possível de dados. Nomes e todas datas de nascimento (ano já ajuda), casamento e óbito que souber do bisavô, avô, seus tios, cônjuges, irmãos dessas pessoas etc. Quanto mais, melhor. O sistema do FS usa esses dados para tentar achar documentos de algum deles já indexados e também outras árvores que algum parente distante já possa ter feito (tem gente que acaba achando dados do português através de um tio-avô, um primo distante etc). O sistema vai aprendendo a tentar achar essas conexões conforme mais dados são inseridos.

    Se já tiver árvore, deixe o link aqui - ajuda as pessoas a te ajudar.

  • Antonio Pallos casou-se com Dalzira Rodrigues Pallos, na certidão de uma tia-avó inclusive, minha bisa Felicidade está com Maria Felicidade Pallos. Sei que Dalzira era filha de Evaristo Iguesias Rodriguez e Alexandrina Dias Rodriguez, sendo ele espanhol de Pontevedra.


    Antonio e Dalzia tiveram José, Luiz, Fernando, Stella, Mario, Carlos, Manoel, Beatriz, Licia e Lucia, todos Pallos/Palos.


    Descobri também que meu biso tinha como irmãos: João Francisco Pallos, Maria da Gloria Pallos, Miquilina Pallos, Manuel Pallos - sendo Manuel, o único que não veio para o Brasil, e que ele tinha um filho chamado Francisco.

  • @bellapallos

    Tem uns Pallos que emigraram de Almeida, Guarda para o Brasil; muita gente em Guaxupé - MG. Há uma árvore no FS:

    https://www.familysearch.org/tree/person/details/G3YG-37S

    Lá diz que são da freguesia de Peva, concelho de Almeida também, Fica fácil achar o batismo desse Joao Francisco. Inclusive parece que alguém em 2003 transcreveu em PT um casamento no estado de São Paulo. Mas os nomes dos pais são um pouco diferentes - e numa olhada rápida no livro não achei batismos desses irmãos que você mencionou. Pode ser que sejam só parentes mais distantes... Olhar o TIF 164:

    https://digitarq.adgrd.arquivos.pt/viewer?id=1184704

    Além disso, tem duas certidões no FS que mencionam Antonio Pallos e Dalzira como pais de filhos registrados na Bahia:

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3QHV-F3ZF-49CK-T?cc=3694028

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3QHV-F3CN-B9M9-8?cc=3694028

    E tem uma menção a Maria da Gloria Pallos quando ela embarca num navio para Lisboa em 1929. Veja se os nomes dos passageiros que também vão para Lisboa te dão alguma pista; não tem ninguém com um elo óbvio (sobrenome etc): ela aparece ao lado de um casal de sobrenome Camões

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3QS7-99J7-454W?i=275&cc=1928179&personaUrl=%2Fark%3A%2F61903%2F1%3A1%3AWC1Q-45MM

    Como dito antes, achei menções a Pallos em outras freguesias de Almeida também (Miuzela, Parada, etc).

    https://geneall.net/pt/mapa/138/almeida/

    Se ninguém no fórum achar mais nada, pode ser mais rápido simplesmente entrar em cada freguesia de Almeida e buscar o batismo de Antonio Pallos olhando os livros de cada uma. Muitas são pequenas e deve ir meio rápido fazer isso.

  • @CarlosASP você poderia me ajudar no meu caso? Eu criei uma nova discussão sobre uma procura que estou fazendo. Agradeço sua atenção :)

  • Antonio Pallos casou-se com Dalzira Rodrigues Pallos, na certidão de uma tia-avo inclusive, minha bisa Felicidade está com Maria Felicidade Pallos. Sei que Dalzira era filha de Evaristo Iguesias Rodriguez e Alexandrina Dias Rodriguez, sendo ele espanhol de Pontevedra.


    Antonio e Dalzia tiveram José, Luiz, Fernando, Stella, Mario, Carlos, Manoel, Beatriz, Licia e Lucia, todos Pallos/Palos.


    Descobri também que meu biso tinha como irmãos: João Francisco Pallos, Maria da Gloria Pallos, Miquilina Pallos, Manuel Pallos - sendo Manuel, o unico que não veio para o Brasil, e que ele tinha um filho chamado Francisco.

  • @CarlosASP Obrigada pela ajuda que me deu. Você me deu um norte com estas freguesias e eu acabei que em abril deixei um pouco de lado minha busca mas agora retornei e finalmente achei o baptismo do biso na freguesia de Freineda. Agora falta achar a certidão de meu avô aqui no Brasil mesmo, mas já estou pesquisando.


    Vou precisar pedir para transcrever? Ou apenas pedir uma certificação do documento? Sei que quem registrou meu avô foi o biso, será preciso?

    Outra duvida, agora pra pedir esse documento é pelo CRAV. Peço uma reprodução? ou uma certidão?

    Se for reprodução, é parcial?



  • @bellapallos

    Esse é o CRAV novo.

    Talvez, o guia do antigo te ajude:

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/17071/roteiro-para-solicitar-certidoes-nos-arquivos-distritais/p1

    O assento é de qual Arquovo Distrital?

    Eu já vi sugestões aqui para usar o antigo.

    Marquei o @Leticialele para opinar no seu caso.

  • @bellapallos você agora tem dua tarefas, achar o nascimento do filho do português, e transcrever o casamento do português celebrado no brasil. para transcrever o casamento vai precisar do nascimento da sua bisavó, mulher do português

  • @bellapallos

    Do português de quem se vai puxar a nacionalidade é sempre necessário ter a certidão de nascimento ou batismo (dependendo de quando nasceu).

    O português Antonio casou com a brasileira Dalzira no Brasil, certo?

    Quando achar a certidão de seu avô (filho de Antonio e Alzira, correto?) precisa ver se o português Antonio foi o declarante do nascimento do filho antes de ele completar um ano de idade. A resposta vai ajudar a determinar se precisa ou não transcrever o casamento de Antonio e Dalzira,

    Eu não usei essa nova versão do CRAV; não sei os detalhes de como estão sendo feitos os pedidos. Ainda não vi relatos aqui no fórum se houve alguma mudança substancial no procedimento.

  • @CarlosASP O declarante foi o biso, uns dias depois do nascimento, não vou precisar do casamento. só depois do casamento da minha mãe.

    Mas o que preciso saber é se peço uma reprodução - se for é total ou parcial? ou uma certidão?


    Porque no crav tem certidão e reprodução, em reprodução tem total e parcial.

  • @bellapallos

    No tópico com o roteiro que está desatualizado consta que é pedido de certidão. Mesmo desatualizado dá pra fazer uma analogia.


  • @CarlosASP novidades no caso: declarante do nascimento de minha mãe foi o avô dela - o português! Antonio que declarou Marcia, filha de José.

    Teria por ventura, não precisar da certidão de José? Apenas do português, já que foi ele quem declarou Marcia?

  • @bellapallos

    É necessário a certidão de nascimento (batismo) das três gerações: da requerente (Marcia ?), do pai brasileiro (José ?) e do avô portugues (Antonio).

    A questão de ser declarante se aplica na relação Antonio com José - coisas da lei PT, para estabelecer a "perfilhação". Por isso é necessário a certidão de nascimento de José para ver se Antonio foi o declarante do nascimento de Jose antes de um ano. Se positivo, fica dispensada a transcrição de casamento de Antonio com Dalzira. Se negativo, aí tem que usar o método "principal" aceito para perfilhação - a transcrição do casamento dos pais de José.

    Já na relação Jose com sua filha Marcia, onde ambos são BR, a filiação é estabelecida por outro critério, os da lei BR - quem está listado como pai e mãe na certidão de nascimento, independente do declarante. Mas precisa ter sido registrado ainda na menoridade.

    Vi que acrescentou na árvore que Jose nasceu em Salvador, Bahia em 1933. Não deveria ser difícil achar no cartório essa certidão sabendo a data e cidade. Essa certidão que vai te dizer se precisa ou não transcrever o casamento de Antonio e Dalzira,

    https://www.familysearch.org/tree/person/details/G6B7-WQW

    Vou marcar a @Leticialele para confirmar a explicação.

  • Procuro ajuda para localizar um registro de batismo. Todos documentos que possuo, só tem a informação que é de Leiria(registro de estrangeiro, certidão de casamento, e nascimento do filho). Já tentei solicitar no site da crav, porém sem mais dados (freguesia) não segue a busca.Agradeço quem puder me ajudar.

    Nome: JOAQUIM LOPES

    Nasc. 13/03/1904 - Leiria

    Pais: Francisco Lopes e Maria Josepha

    Uma informação adicional é que no registro de estrandeiro consta que desembarcou em Santos em 10/11/1918. Só falta a certidão para dar entrada no pedido de nacionalidade de meu pai

  • @CarlosASP , tudo correto na sua resposta à @bellapallos

  • editado August 5

    @ThaisMar

    o Joaquim casou-se aqui no Brasil ou em Portugal?

    qual o nome da esposa dele?

    Pois segue um "Joaquim"... imagem 36 - registro 42

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3Q9M-C3MC-XLNB?personaUrl=%2Fark%3A%2F61903%2F1%3A1%3A6FFX-BKWB


    ou "este: tif. 37 - registro 52

    https://digitarq.adstr.arquivos.pt/viewer?id=1057213

  • @CarlosASP @Leticialele A transcrição da certidão está com a grafia errada. Está como José Palus. Eu vou precisar fazer alguma modificação? Como proceder?

  • @bellapallos , onde você fez? Se foi no Consulado, tem que voltar lá e reclamar.

    Ou pode mandar um email para rcentrais.retificacoes@irn.mj.pt e relatar o ocorrido, pedindo o conserto.

  • @Leticialele Pelo CRAV, Arquivo Distrital da Guarda. Mandei um email pra eles, pro pessoal de Guarda e recebi esse email como retorno:


    Assunto: P.79/ PC1011


    Exma. Senhora


    Informamos que a certidão foi corretamente emitida. Como pode constatar no documento em anexo.

    Á questão que nos coloca, terá de a fazer no local onde vai pedir a Nacionalidade.

    Com os melhores cumprimentos,

  • @bellapallos

    No batismo português realmente está escrito Palus. Em Portugal não se retifica nada, pois esse é o documento original. Os documentos anteriores (mais antigos) tem precedência sobre os mais novos (no caso, os brasileiros).

    Resta saber se isso vai ser considerado apenas "atualização" da grafia (ou seja se Palus = Pallos), ou se é considerado nome diferente. Melhor aguardar a opinião da leticia se é ou não necessário retificar os documentos brasileiros.

    Quando vc falou em "transcrição", a leticia provavelmente entendeu que vc estava falando de ter feito uma transcrição de casamento no consulado e eles terem errado.

    Não é o seu caso. o Arquivo Distrital emitiu a certidão - corretamente - de acordo com o que está escrito no livro de batismo.

  • ThaisMar   ThaisMar Member
    editado August 19

    @CarlosASP se casou em São Paulo, porém já pedimos a habilitação do casamento e só consta natural de Leiria. A esposa (Maria Teixeira) era portuguesa também da região de Chaves e já localizamos o registro dela, porém não conseguimos averbar o casamento, uma vez que não encontramos a certidão dele. Todos documentos só se refere a Leiria, sem nenhuma freguesia ou conselho.

    Os encontrados por você não são de Leiria, estou bem desanimada em não conseguir.

  • @CarlosASP

    @Leticialele

    Vcs como acessar a plataforma nova do CRAV?

    Poderiam informar o site novo?

    Abraços

  • @guimoss

    O site é https://crav.arquivos.pt/login

    Para pedir certidão certificada a ser mandada pelos Correios, tem que entrar em "Pedido de certidão"

  • @bellapallos , eu não retificaria nada! Imagine, trocar TODOS os documentos de toda a família!!

    Se questionarem, pode alegar atualização do apelido e as consequencias de ter que fazer as etificações de TUDO!!!

  • @Leticialele

    Obrigado pela explicação, amiga.

    O pessoal deve ter ficado surpreso com a mudança.

    Abraços

  • @guimoss , não vou fazer outro post porque há um grupo no Facebook que copia nossos posts, sem dar o devido crédito.

  • editado August 20

    @Leticialele

    Mesmo? Isso é ruim, pois desestimula a criação de novos tópicos.

    Me desculpe se dei a impressão de que estava pedindo para vc criar um post.

    Eu so fiquei supreso ao entrar no site original e nao ver o termo entrar.

    Sobre essa questão de cópia sem créditos, eu acho que a nossa comunidade e/ou os membros mais ativos, juntamente com o @Admin , poderíamos criar uma solução para isso.

    É um cenário desagradável, amiga.

    Abraços

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.