Como conseguir informações do Português?

Boa noite pessoal!!
Já procurei algumas informações aqui, até em tópicos anteriores e sempre que abro algum, tenho informações que sei vão me ajudar bastante no andamento do processo. O problema é que me encontro em uma situação que não sei mais o que fazer...

Na verdade quero iniciar o processo de cidadania da minha mãe,(neta de Português), o que poderia ser mais preocupante, que é essa exigência sem sentido de laços efetivo, ela tem como comprovar de boa, porém a situação é a seguinte. A única informação que temos do meu bisavô é o nome dele: José Pinto,(português) e o nome da esposa dele: Francisca Pinto de Medeiros(Brasileira), e o nome dos pais do José Pinto: Manoel Pinto e Margarida Carneiro (ambos Portugueses). Estava com a ideia de tentar a certidão de casamento do meu avô, que com certeza teria informações mais específicas do pais dele, porém minha mãe disse que os pais dela, não se casaram, com papéis, cartório, ou igreja, eles eram amasiados apenas, então essa possibilidade foi pro ralo.

Com a ajuda de um tópico fixo aqui, achei o site Family Search, sendo que não consegui achar nada com precisão, pois os sobrenomes dos pais não bateram, achei um José Pinto que os pais eram: Manoel de SOUZA Pinto e Margarida ROSA, e na certidão do meu avô, não consta esse sobrenomes SOUZA e ROSA pros pais dele. Como eu também sei que meu avô nasceu em 1905, então esse José Pinto que achei poderia até ser esse mesmo, já que ele nasceu em 1881, teve meu avô aqui no Rio com 24 anos, então pode ser ele, mas não consigo acessar as imagens lá do site: Family Search, pois pede que eu seja membro de uma igreja, se alguém souber alguma ideia, pois preciso saber pelo menos a freguesia que ele nasceu e o ano, aí já dava pra correr atrás de tudo...

Nome: José Pinto
Tipo de evento: Baptism
Data do evento: 27 Feb 1881
Local do evento: Paróquia Aldoar, Porto, Porto, Portugal
Lugar do evento (original): São Martinho, Porto, Porto, Porto, Portugal
Sexo: Male
Nome do pai: Manoel de Sousa Pinto
Nome da mãe: Margarida Rosa

Obrigado pela ajuda pessoal!!

Comentários

  • @exina ola...será que pode não pode pedir no arquivo distrital de porto amplo ano? Ex: 01/01/1876 a 31/12/1882...também não sei se meu vô nasceu em 1887 ou 1888 vou pedir pra buscar entre os dois anos no dia q eu sei
  • @exinavox

    Os nomes são comuns. É preciso que você tenha outros dados para confirmar se é o assento que procura. Esse casal tem mais filhos, se o seu bisavô tinha esses irmãos ficará provado que o é documento correto.
    A certidão de casamento de inteiro teor é importante, pode esclarecer pelo menos o Distrito.
    http://tombo.pt/f/prt01 - livros da freguesia de Aldoar -
  • @layzasr
    Pior q nem sei se esse registro é dele de verdade....
  • exinavoxexinavox Member
    editado September 2017
    Pois é, @MarizaGuerra, esses nomes são bem comuns isso dificulta, eu fui ontem no cartório e vi um exemplo de uma certidão de inteiro teor que por sinal diz que por exemplo o pai do meu avô é Português, diz o nome até do meus trisavós, mas não menciona o local que meu bisavô nasceu...Ou seja, a certidão de inteiro teor pra mim não resolve, ela na verdade só confirmou que meu bisavô é Português....Esse registro, que achei no site Family Search, nem tem como eu saber se realmente é esse, pq a única coisa que bateu certo foi o nome do bisavô, o restante está meio que incompleto...
  • Apesar de ninguém estar acompanhando meu post, vou deixar aqui meu relato dando continuação a minha tentativa de busca, até porque como esses posts ficam arquivados, amanhã ou depois pode ajudar em clarear a ideia de alguém que esteja na mesma situação.

    Continuando a busca frenética através da certidão do meu avô, consegui acessar o livro no qual achei no ato do batismo do meu vô, a confirmação que ele era casado em cartório com minha vó, e a idade deles, diante dessas informações calculei que eles só podiam ter casado entre 1897 a 1905, então fiz uma busca de registro de matrimônio em todos os cartórios possíveis e ontem a noite por minha surpresa, depois de ver mais de 6 mil registros consegui localizar o registro de matrimônio do meu bisavô. A alegria e euforia foi instantânea e mesmo com uma dificuldade de entender o que estava escrito, confirmei todos os dados, inclusive assinaturas, porém não tem nada especificando, um distrito, concelho ou freguesia, apenas informando que ele é natural de Portugal, (isso já vinha mencionado no registro de batismo do meu avô). A decepção foi grande, mas vou continuar pensando em algo...Infelizmente sem uma data fica impossível achar a certidão ou registro do óbito dele, que pelo andar da carruagem nem deve ter as informações que eu quero tb..

    Hoje só tenho as informações:

    Nome do bisavô português e bisavô Brasileira.
    Nome dos trisavós, das duas partes...
    Ano em que bisavô e bisavó nasceram.
  • Finalmente consegui, apesar da participação pífia aqui no tópico, estou deixando apenas o relato de como fiz pra localizar, de repente pode vir a ser útil pra alguém...

    Como mencionei antes, estava com todas informações menos a mais importante, a freguesia que meu bisavô nasceu, logo não tinha nem distrito e concelho tb....

    Fui na cúria aqui do Rio de Janeiro e fiz uma pesquisa em todas as paróquias próximas do endereço do bisavô e como eu tinha o ano do casamento, consegui achar o registro da paróquia com a respectiva informação.

    Entrei na Torre do Tombo e localizei o batismo do meu Bisavô com todas informações batendo certo.

    O livro paroquial pode vir a ajudar muito....
  • Wesley PradoWesley Prado Member, Moderator, Banner
    @exinavox, sobre os seus comentários "Apesar de ninguém estar acompanhando meu post" e "apesar da participação pífia aqui no tópico", isso não significa que vc está sendo ignorado. Significa apenas que, se poucos escreveram, poucos tiveram condições de efetivamente ajudá-lo em sua busca. A Mariza Guerra, por exemplo, é uma das pessoas mais capacitadas aqui no fórum para ajudar na busca de registros. Se ela não conseguiu ajudá-lo por falta de informações que vc mesmo não tem, não se sinta ignorado por isso. Tentamos ajudar na medida do possível. Desejamos sorte na sua busca e se conseguir novas informações, continuaremos à disposição para tentar ajudá-lo. Abs
  • @exinavox

    Parabéns pela determinação. Quando não há dados suficientes e tampouco dados indexados não conseguimos avançar muito, porém sempre é dito que as pesquisas nos registros brasileiros são importantes.

    Veja o post de 2016: http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/5096/dados-que-devem-ser-informados-no-pedido-de-pesquisa-de-certidoes-portuguesas#latest
  • Obrigada pela referência, @Wesley. O @Kleber é super atencioso, tenho certeza de que ele se empenhou.
    Quando não encontramos nenhuma pista evitamos publicar o fato para não desestimular outros voluntários.

    Mas não há como folhear seis mil registros para cada pedido de pesquisa, só o familiar pode se dedicar a esse ponto.
  • @Wesley, @Mariza...Obrigado, eu entendo que sem essas informações é impossível, ao meu ver, a pessoa tendo o distrito e concelho ainda com muita paciência e foco até é possível encontrar a freguesia, mas sem nada, fica extremamente impossível, que bom que vcs acompanharam meu caso e o legal, que fica aqui pra outras pessoas, estou ajudando uma colega do fórum q está nesta mesma situação, ela seguindo meus passos indo na Cúria eu tenho certeza que ela vai conseguir..Espero participar mais vezes aqui, afinal minha saga apenas começou, agora a fase é a documentação e ontem fui no cartório e na primeira certidão, já recebi uma facada no peito, a certidão de inteiro teor por cópia do meu avô, só ela R$214, mas vale a pena o investimento...Abraços a todos!
  • Prezados @exinavox @Mariza @Wesley @Kleber sou novato aqui no fórum, estou buscando a certidão de nascimento do meu bisavô, mas também possuo poucas informações, através do registro de nascimento da minha avó, porém o manuscrito do livro deixa dúvida quanto à freguesia.

    As informações são as seguintes:
    - nome do bisavô português: Joaquim Corrêa, filho de Maria Thereza Corrêa (portuguesa)
    - o nascimento da minha avó foi em 1895.
    - a dúvida da freguesia: Freguesia de Carnide (Lisboa) ou Freguesia de Carvide (Leiria)

    Agradeço muito qualquer ajuda de vocês.

    Obrigado

    Jorge

  • @Jorge Mota

    Deixarei meu e-mail na sua caixa mensagens para que me envie o documento, quem sabe consigo decifrar?
  • @Jorge Mota

    http://pesquisa.adb.uminho.pt/details?id=1330847 -

    http://digitarq.advct.arquivos.pt/viewer?id=1107250 - 154/155 tif - 05/11/1850 - F. Calvelo - Ponte de Lima - Viana do Castelo.
  • Gostaria muito de agradecer a grande ajuda da @Mariza na busca do registro de nascimento do meu bisavô.

    @Mariza que Deus te abençoe em todos os campos da sua vida, o seu trabalho aqui no fórum ajudando pessoas a encontrarem documentos dos seus antepassados é extraordinária. Quanto tudo parecia tão difícil para mim, eis que Deus coloca você no meu caminho e de forma magnifica você consegue identificar a freguesia de nascimento do meu bisavô, localiza o registro dele e ainda me orienta como proceder junto ao cartório aqui no Brasil.

    Muitíssimo obrigado!!!
  • @Jorge Mota

    Foi um prazer te ajudar. Obrigada pelo generoso agradecimento.
  • @Mariza Guerra estou levantando os documentos para o processo do meu pai (neto de portugues). Tenho o numero do assento da avó dele que, preciso procurar o numero do assento do avô que tambem é portugues? ou só um é suficiente?

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @deboratavares , há algum tempo a @Mariza Guerra não posta aqui no Fórum.

    Os avós eram casados em Portugal? O casamento está transcrito na certidão da avó? Se sim, pode mandar só a dela. Se não, tem que encontrar o assento do avô e transcrever o casamento.

  • @Leticialele eles casaram em Portugal e depois vieram para Brasil. Quando voce diz: "O casamento está transcrito na certidão da avó? Se sim, pode mandar só a dela" quer dizer o casamento dos portugueses transcrito na certidão da filha deles?

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @deboratavares , não - perguntei se há averbação do casamento na certidão de nascimento (ou batismo) da avó!

    Se o casamento estiver averbado na certidão da avó, pode mandar apenas a certidão dela, mesmo que o avô tenha sido o declarante!

  • @Leticialele Ainda não chegou a certidão de nascimento da filha do português. Vou saber nos próximos dias. Todas as certidões precisam ser reprográficas de inteiro teor né?

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @deboratavares , apenas a certidão do requerente tem que ser, obrigatoriamente, por cópia reprográfica do livro.

    A do pai (ou mãe) pode ser inteiro teor

  • @Leticialele Obrigada pela ajuda!

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.