Certidão de nascimento

Boa noite!

Estou procurando a certidão de nascimento de:

  • Manoel Figueira, nascido entre entre os anos de 1893 a 1905 - Pelo registro de embarque, natural de São Jorge.
  • Adelaide de Freitas, nascida entre entre os anos de 1893 a 1905 - Filha de Maria de Freitas e Antônio de Freitas


Comentários

  • CarlosASPCarlosASP Member
    editado April 25

    @csfranzon

    Tem um passaporte emitido em 1920 para Adelaide Freitas, com 27 anos:

    https://digitarq.advrl.arquivos.pt/details?id=1091365

    Aqui a imagem; TIF 263; passaporte número 1045

    https://digitarq.advrl.arquivos.pt/viewer?id=1089503

    O passaporte logo abaixo do dela é de Jose Manoel de Freitas (marido? irmão?), também de Chaves.

    Para Manoel Figueira, pode ser homônimo, mas na base de dados do CEPESE tem um passaporte com nascimento em Oliveira do Bairro; um concelho no distrito de Aveiro. Dei uma olhada, mas não vi nenhuma freguesia com orago (padroeiro) São Jorge nesse concelho.

    ID Nome Naturalidade Concelho Pai Mãe Profissão Idade Destino Estado Cívil

    184540 Manoel Figueira Oliveira do Bairro Oliveira do Bairro Sem Indicação Sem Indicação Moleiro 21Rio de Janeiro Solteiro

    Qual a relação entre Manoel e Adelaide? Já tem uma árvore no Family Search com essas pessoas? Deixe o link aqui. Quanto mais dados deixar, mais fácil será alguém te ajudar.

    Para nascidos antes de 1911, eles terão assento de batismo (e não de nascimento). Se quiser buscar o dessa Adelaide, aqui está o link para o concelho de Chaves e suas freguesias:

    https://tombo.pt/m/chv

    Dentro do concelho de Chaves, existe a freguesia de mesmo nome. Se for essa, os livros não estão online. Teria que pedir uma pesquisa ao Arquivo Distrital de Vila Real.

  • csfranzoncsfranzon Member

    Oii Carlos, boa tarde.

    Muito obrigada pelo retorno.

    Manoel e Adelaide, foram casados e são meus bisavós.

    Nas certidões da maior parte dos filhos deles é mencionado que ambos nasceram em Além Paraíba/MG - Brasil, porém, esta foi uma cidade que recebeu vários imigrantes e em contato com o cartório de lá, não há registro de nascimento ou batismo deles naquele munícipio.

    No Family Search localizei apenas a certidão de nascimento de um dos filhos em que constou que Manoel era natural de Portugal, mas sem mencionar a região.


  • CarlosASPCarlosASP Member
    editado May 2

    @csfranzon

    Mas essa Adelaide do passaporte, a idade bate? Adelaide desse passaporte teria nascido por volta de 1893. Pode ser a pessoa que você procura, ou uma parente dela. Se for ela, já sabe que ela era portuguesa mesmo, pois emitiram um passaporte em PT. E já sabe onde buscar o batismo dela em PT.

    Sabe quando Manoel e Adelaide se casaram? Que idade tinham? Quando nasceu o primeiro filho? Alguma informação de quando teriam nascido? Que fonte?

    Se você tiver esse casamento de Manoel e Adelaide, pode solicitar no cartório onde casaram o desarquivamento da habilitação do casamento. Isso vai produzir os documentos que eles apresentaram para casar; nisso pode vir os dados de nascimento e local.

    Em algum lugar aparece o nome dos pais de Adelaide? Vai ser importante para confirmar que é a pessoa certa.

    É essa a árvore da família?

    https://www.familysearch.org/tree/person/details/2MPP-1N7

    Se for, há informação disponível no FS a ser acrescentada (além da que você tiver obtido por outros meios; não deixe de acrescentar tudo). Por exemplo, o nome dos pais de Manoel Figueira, Joao Figueira e Eliza Figueira, que aparecem como avós paternos no nascimento de 2 filhos do casamento com Thereza Baldicera. Isso ajuda o sistema a buscar mais conexões que podem te levar a uma pista. É um quebra cabeças, cada peça que você encaixa te põe mais perto de solucionar o problema.

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3Q9M-CSFS-GSRW-5?personaUrl=%2Fark%3A%2F61903%2F1%3A1%3A6XZS-6VKF

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3Q9M-CSVS-PSQ1?cc=2765317

    Nestes nascimentos do segundo casamento aparecem os pais de Thereza também, Emilio Baldicera e Amalia. Serve para ver quando Manoel se casou de novo (nesse casamento poderia aparecer mais dados sobre Manoel).

    Há um registro de casamento em Bebedouro em 1945 de Manoel Figueira, filho de Joao Figueira e Eliza Figueira (o que encaixa com o nascimento posterior desses filhos acima). A cônjuge aparece como "Rosa Gomes dos Santos". Mas olhe quem são os pais da noiva: são exatamente os pais da Thereza Baldicera, sem nada de Gomes ou Santos nos nomes!

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3Q9M-CS64-R4KR?cc=2765317

    Muito estranho; pode ser um erro do escrivão, e tudo na certidão (inclusive os dados de Manoel) estar meio errado; pode ter se confundido na hora de lavrar o termo. Mas é mais um casamento para você pedir o desarquivamento da habilitação e ver que dados de Manoel aparecem,

    @Leticialele : você que gosta de mistérios, se puder dar uma olhada nesse rolo da certidão do segundo casamento... me lembrou do provável erro do paroco nos Carneiros em PT.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @CarlosASP , descobri que a Freguesia de Chaves foi desmembrada em outras três - Santa Maria Maior (https://tombo.pt/f/chv50), Madalena e Santa Cruz - Trindade. Essas duas últimas não têm arquivos online.

    Não encontrei o assento da Adelaide de 1891 a 1894, mas posso ter falhado nas buscas!!

    Esse registro que você encontrou em Bebedouro é, de fato, muito estranho.

    Talvez o próprio Manuel tenha se confundido ao dizer o nome dos sogros!!

    Vou continuar procurando!!

  • CarlosASPCarlosASP Member

    @Leticialele

    Mas o Manoel Figueira em algum momento (e esse registro acima "estranho" encaixaria bem) casou com Thereza Baldicera. Logo começaram a ter filhos legítimos:

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3Q9M-CSVS-PSQ1?cc=2765317

    Nesse registro de casamento diz que Manoel nasceu "neste distrito", ou seja Botafogo, distrito de Bebedouro. Além da habilitação de casamento, o cartório de Botafogo seria outro local para procurar o nascimento de Manoel (se for a pessoa certa):

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Botafogo_(Bebedouro)

    Mas a coisa fica mais enrolada, pois realmente existe um óbito para Rosa Gomes dos Santos Figueira, aparentemente filha do mesmo casal pais de Thereza:

    https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:3Q9M-CSWV-MS37-6?personaUrl=%2Fark%3A%2F61903%2F1%3A1%3A68VS-LT5D

    Ou é um caso de homônimos (dois Manoel Figueira?), casando com irmãs? Ou tem homônimos pelo lado dos pais de Rosa e Thereza. E também talvez Rosa fosse viúva quando casou com Manoel Figueira e por isso já tinha outro sobrenome completamente diferente dos pais.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator
    editado May 2

    @CarlosASP , socorro!! Essa Rosa era filha do Emílio e da Amália!! E faleceu em 1991, viúva!

    Deu nó no meu cérebro gagá!!

  • karen grizkaren griz Member

    Bom dia, pessoal.

    Estou a procura da documentação de Emilia Gameiro.

    Encontrei o cartão de imigração dela no family seach.

    A partir dele solicitei a busca pela conservatória de registro civil de Ourém e pelo Arquivo Distrital de Santarém e nada foi encontrado!

    Também procurei mais documentos no Arquivo Nacional de Imigrantes, pelas listas de desembarque no Brasil e também não consegui encontrar nada.

    Conseguiriam me ajudar?

    Aonde mais posso buscar a certidão de nascimento dela?


  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @karen griz , está escrito que ela é da Freguesia de Caxarias, Concelho de Ourém, Distrito de Santarém.

    Pode pedir a certidão pelo civil online - https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/10973/como-solicitar-certidoes-pelo-civilonline-guia/p1

  • karen grizkaren griz Member

    @Leticialele até tentei já, mas como ela nasceu em 1911, passou de 100 anos e por lá não buscam.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @karen griz , você tem que "driblar" o sistema!! Coloque o ano de nascimento 1925. Em "Informações adicionais", coloque a data correta.

  • elgenelgen Member

    Boas tardes! Eu fiz o pedido da certidão de nascimento de minha bisavó, Francisca Mattos nos arquivos distritais de Vila Real. Se eles não encontrarem, devolvem algum dinheiro? Porque paguei pelo envio do documento para o Brasil também

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @elgen , o Arquivo Distrital só cobra depois que acha a certidão!! Eles fazem um orçamento, você aprova, paga e eles enviam a certidão.

    Por que você pagou antecipadamente?

  • elgenelgen Member

    Nossa! Eles me mandaram o orçamento horas depois que eu pedi. Não tinha imaginado que já tinham encontrado o documento. Paguei o orçamento que eles me enviaram, achando que ainda iam procurar. Que ótima notícia essa que voce me deu!

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @elgen, você pagou o envio com rastreamento? Se pagou, faça um pedido de informação referente ao seu pedido (pelo número) e peça o código de rastreamento.

    O documento leva uns 20 dias para chegar.

  • csfranzoncsfranzon Member

    @CarlosASP @Leticialele

    Acredito que não seja esta Adelaide, pois o passaporte é de 1920 e o primeiro filho (Merceis Figueira) nasceu em 1918.

    Consegui descobrir que o Manoel e a Adelaide casaram em Jardinópolis, solicitei a busca e a certidão, assim que receber conto para vocês.

    Este casamento de Manoel e Rosa também me deu um nó, pois pelas histórias de família, ele se casou várias vezes rsrsrs mas por ser os meus pais de Thereza, me causa dúvida se seria o mesmo Manoel.

    Obrigada pelas dicas e buscas, vou fazer a inclusão dos pais de ambos no sistema.

  • Boa tarde @Leticialele , driblei o sistema rs.. mas mesmo assim não encontraram! :(

    Será que tem a possiblidade dos pais dela terem vindo para o Brasil sem registra-lá, já que de acordo com a data de nascimento no cartão de imigrante de 16/10/1911 e a data de desembarque aqui no Brasil em 20/02/1912, ela teria apenas 4 meses de idade.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator
    editado May 12

    @karen griz , muito difícil um português viajar com um bebê sem ter sido, pelo menos, batizado!!

    Já achou o passaporte dos pais?

    Faça um pedido de informação ao Arquivo Distrital de Santarém, para ver se eles ajudam. https://digitarq.adstr.arquivos.pt/

  • @Leticialele já procurei os passaportes e não encontrei. Achei de um nome semelhante ao do pai, ao invés de Joaquim Pereira Gameiro, encontrei Joaquim Ferreira Gameiro, mas no distrito de Leiria, porém, não consta nenhuma observação de quem foi com ele. No distrito de Santarém nada foi encontrado. Também realizei uma busca simples em todos os distritos e não encontrei nada também! :(

    Não sei mais onde procurar!

  • @karen griz

    No livro de hospedagem de 29/02/1912, se estiver correto, consta Emília com 14 meses a data de nascimento não seria 16/10/1911 como está no cartão


  • elgenelgen Member

    Ollass!! Quanto tempo costuma demorar pra chegar a certidão de Portugal depois de confirmarem o envio? Estou em Minas Gerais.

  • @Leticialele e foristas boa tarde !

    Poderiam me ajudar com duas dúvidas para uma colega do trabalho ! A primeira dúvida é q consta na certidão de nascimento dela que a mãe portuguesa já falecida era viuva de um português antes de viver com o pai brasileiro ! Precisa avisar Portugal sobre essa viuvez! Outra dúvida é que ela está com as certidões para o processo emitidas em janeiro de 2022 ou seja é melhor pedir uma emissão mais recente.!

    ela só vai enviar a certidão de nascimento dela pois nasceu no final de 1978 ou seja ela pega a mudança do código civil de Portugal ! os pais não foram casados por isso não terá que transcrever o casamento !

    um ab a todos !

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator
    editado May 13

    @Norton_Castro1973 , basta averbar o óbito do português em um Consulado.

    As certidões emitidas em janeiro de 2022 valem até dezembro de 2021. Não precisa de novas.

  • @karen griz

    casamento dos pais https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:F2Z6-KHJ indica freguesia de Almoster / Alvaiázere / Leiria

    talvez mais uma opção de busca

  • Bom dia @Kleber Silva Aguiar .

    Obrigada, já vou procurar! :)

  • @Leticialele e foristas bom dia !

    na dúvida postada anteriormente o óbito pode ser averbado pela requerente pois a mãe dela que é a portuguesa já é falecida e o óbito a ser averbado não é do pai dela mesmo assim creio que tem que avisar Portugal pelo que entendi !

    um ab a todos !!!

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Norton_Castro1973 , a neta/filha tem legitimidade para fazer as averbações de óbito.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.