Preciso urgente achar a Certidão de Nascimento ou de Casamento dos meus Bisavós

Preciso urgente achar as certidões e os dados que tenho são:

Bisavô: Manoel Teixeira - Falecido :09/09/1943 em Cravinhos Sp Cor Branco . Profissão : Colono ?

Natural de Portugal - Faleceu com 78 anos de idade - Viúvo

Data provavél de Nascimento :1865

Filho de : Pai não consta e de :Joanna Da Costa( Falecida)

Observação: Não declara a região que nasceu em Portugal

Provavelmente era Católico

Observação: Foi comentado na Família que eles emigraram para Argentina , de lá vieram para o Brasil. ( Não sabemos se essa informação é real ).

Esposo de Quitéria dos Prazeres


Bisavó: Quitéria dos Prazeres

Falecida : 31 de Dezembro de 1934 com 54 anos

Cor: Branca trabalho: Doméstica.

Natural de Portugal , era casada com Manoel Teixeira em Mensofrio, o que consta na certidão de óbito. ( acredito ser Mesão Frio)Portugal .

Provavél Data de Nascimento: 1880

Filha de Antonia Alegre e Maria Alegre

Observação: Provavelmente se casaram em Mensofrio , provavelmente Católica.

Comentários

  • gsilvestregsilvestre Member
    editado October 9

    @Patricia37 provavelmente é a emigração da família (1910): https://digitarq.advrl.arquivos.pt/details?id=1057996 - Manoel Teixeira (43 anos), da freguesia de Vila Marim, Concelho de Mesão Frio, Distrito de Vila Real, acompanhado da esposa Quitéria dos Prazeres (30 anos), e dos filhos Maria (9 anos), Rita (4 anos) e João (20 meses), para o Chile.

    Você pode pedir o assento de baptismo deles ao Arquivo Distrital de Vila Real, indicando os dados que você tem e o link desse passaporte. Devem localizá-los. https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/17071/roteiro-para-solicitar-certidoes-nos-arquivos-distritais/p1

  • gsilvestre eu estou muito feliz em ver que me respondeu com as informações e o caminho para seguir meu andamento, mas os filhos esse João citado acima não consta na certidão de óbito, pode ter falecido ou algum nome trocado, agora irei fazer exatamente o que me indicou e irei postando o que consegui, muito obrigado de verdade! , não deixo de postar aqui o que consegui ...

  • @Patricia37

    Manuel - assento 16 - ano 1866 - freguesia de Vila Marim (clica no tif 26):

    PT-ADVRL-PRQ-PMSF07-001-003_m0026.tif - Livro de registo de baptismos - Arquivo Distrital de Vila Real - DigitArq (arquivos.pt)

    Quitéria - assento 39 - ano 1879 - freguesia de Santa Cristina:

    PT-ADVRL-PRQ-PMSF04-001-013

    Ambas freguesias do concelho de Mesão Frio, distrito de Vila Real.

  • gsilvestre eu estou muito feliz em ver que me respondeu com as informações e o caminho para seguir meu andamento, mas os filhos esse João citado acima não consta na certidão de óbito, pode ter falecido ou algum nome trocado, agora irei fazer exatamente o que me indicou e irei postando o que conseguir

  • gsilvestregsilvestre Member
    editado October 12

    @Patricia37 o @Guilherme Moreira já achou os assentos de batismo! pelos dados que você postou, eu acho que a emigração é deles sim... Tirando os nomes dos filhos que você disse não constar da certidão de óbito, o que pode ter ocorrido por N motivos, o resto tudo bate... em 1910 ele tinha 43 anos, ou seja, nasceu por volta de 1867 (você havia dito 1865); ela com 30 anos, ou seja, nasceu por volta de 1880 (você disse 1880); consta "Mensofrio" e eles eram de Mesão Frio... você disse que eles emigraram para outro país antes do BR, provavelmente Argentina, e no passaporte consta que eles foram ao Chile...seriam "muitas coincidências" rs

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/263046/#Comment_263046

  • @gsilvestre , sim sabe quando você não acredita que deu certo? de fato está está coerente ... é que eu pesquisei em tantos lugares, não sabe o quanto isso é importante e sou grata por vcs estarem me ajudando, @Guilherme Moreira você fez um gol digamos assim, é tão dificil ler a escrita da época , confesso que fiquei muito tempo abrindo pra entender e tudo bate realmente , o nome da mãe do Manoel ... eu não sei como agradecer de verdade , estou muito emocionada e já pedi pelo "passaporte" diz que em trinta dias tenho uma resposta ou menos, irei aguardar e posto aqui o andamento , qual quer coisa posso voltar a falar com vcs? obrigada !

  • Quem está a escrever e o pai da Patrícia. No caso de prova para se conseguir a Cidadania Portuguesa o documento emitido de Acentamento de Manoel Teixeira é suficiente, mais anexaçao de certidoes de Óbito do casal? Esses documentos me daria essa possibilidade?

  • guimossguimoss Member
    editado October 24

    @Patricia37

    Ola, Pai da Patrícia

    Como o passaporte da familia foi achado, com os bisavós casados, vc tem as seguintes opções no processo de neto:

    1) Encontrar esse assento de casamento no site da torre do tombo. Ele deve estar entre 1896 e 1901 (intervalo de 1 ano antes do nascimento da filha mais velha - 1900/1901 e idade mínima para o casamento da noiva - 16 anos), na freguesia de um dos nubentes;

    2) Fazer uma busca no Arquivo Distrital de Vila Real, no intervalo acima, nas duas freguesias. O serviço só é cobrado de o assento for achado;

    Se você achar esse casamento e como ele aconteceu na área de um mesmo AD, vc pode pedir, informalmente, por email, a averbação do casamento no assento dos nubentes, o que eles fazem gratuitamente. E vc só pediria o assento do Bisavô com o casamento averbado.

    Se vc nao achar essa certidão, vc pode enviar uma cópia certificada do passaporte com o selo branco do Arquivo Distrital, para provar o casamento feito em Portugal.

    Outra alternativa é verificar se nos filhos brasileiros dos bisavós, aparece "casados em Portugal". Isso poderia suprir o assento do casamento.

    No formulario 1D, vc mencionaria esse passaporte no item "outros documentos".

    As certidões de óbito brasileiras portugueses somente provariam que eles eram casados, mas não "onde", o que afetaria o processo, pois se o Conservador pensar que eram casados no Brasil, ele iria pedir a transcrição do casamento.

    Continua...

  • @Patricia37

    O processo que será feito é de neto, correto?

    A Maria, Rita ou João (filhos que estão no passaporte) ou algum outro filho dos bisavós nascido em PT são parentes em linha reta do requerente do processo?

    Se forem, o processo deve ser feito por um desses filhos e não pelos bisavós, exceto se algum desses filhos ainda for vivo.

  • O processo que será feito é de neto, pois os demais já faleceram(filhos).

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.