Devo requerer a transcrição de casamento ou será preciso retificar antes?

Boa tarde!

Iniciei há pouco a busca de documentos para obter a cidadania, mas me deparei com algumas divergências e não sei como proceder. Se alguém puder me orientar agradeço bastante.

Sou neta de portuguesa, que se casou no Brasil com um brasileiro.

Encontrei o assento da minha avó, com as seguintes informações:

Nome: RoZa.

Nascimento: 08/04/1907.

Mãe: Maria Delfina

Pai: ManUel Pinto.

Avós paternos: José Pinto e Anna Emília

Avós maternos: Antonio Correia e Maria Emília


Porém, na certidão de casamento dos meus avós, consta o que se segue:

Nome: RoSa Emília Pinto

Nascimento: 06/05/1907.

Mãe: Maria Emilia Pinto

Pai: ManOel Pinto


Com base nessas informações, seria possível dar entrada na transcrição do casamento e posteriormente na cidadania ou seria melhor retificar a certidão de casamento da minha avó e de nascimento da minha mãe?

Agradeço demais se alguém puder me ajudar.

Comentários

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Dani2021 , a substituição do s pelo z e do o pelo u não precisam de retificação.

    No entanto, a data de nascimento e o nome da mãe da nubente, sim.

    Veja no Cartório onde foi feito o casamento o que eles exigem para fazer a retificação administrativa. Alguns cartórios exigem o documento português, original, certificado e apostilado. Outros dispensam a apostila portuguesa.

  • guimossguimoss Member
    editado January 12

    @Dani2021 @Leticialele

    E outros ainda exigem que a certidão estrangeira (apostilada ou não) seja levada a registro num cartório de titulos e documentos.

    Vários cartórios tem regras diferentes, com diferentes manifestações pelo MP. Vc tem que perguntar qual é a regra do cartório que arquiva a certidão a ser retificada.

    A apostila deveria ter harmonizado e simplificado o uso de certidões estrangeiras para atos jurídicos aqui no Brasil.

    Mas na prática ainda é muito burocrático.

    Abraços

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @guimoss , você tem razão. O cartório do Centro, no Rio, exige o documento apostilado em Portugal e registrado no Cartório de Títulos e Documentos!! É incompreensível.

  • @Leticialele e @guimoss

    Muito obrigada pelas dicas. Vou verificar junto ao Cartório. É o da 7° circunscrição do RJ.

    Realmente parece desnecessário um novo registro além da apostila. Burocracia de sobra mesmo.

    Mas, paciência...

    Valeu mesmo, pessoal!

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.