Busca de assento de batismo

Olá, estou tentando iniciar processo de neta para minha mãe, Achei o assento de batismo de um de seus avôs portugueses no AD, mas tem inconsistências que podem necessitar retificações. Há o outro avô que poderia ser mais fácil, se for sem erros, mas nesse caso os documentos só falam "Portugal". Venho buscando (há um tempo) o concelho e freguesia do outro avô da requerente, mas no momento sem mais pistas. O que sei:

Nome: João de Souza Carvalhido

Pai: Antonio de Souza Carvalhido

Mãe: Maria Duarte Carvalhido

Possível nascimento: 24 de junho de 1871 (a data é mencionada na certidão de casamento de um filho no Brasil)

Achei as certidões de casamento (1894, fala 23 anos) e óbito (1941, fala 71 anos) dele no Brasil.

Achei o óbito no Brasil de sua mãe (mas não do pai) - mas todos emigraram (há referências aos pais morando no Brasil em certidões).

Achei o óbito de um possível irmão (Manoel) no Brasil (na mesma cidade onde a mãe faleceu), e diz que morreu solteiro (e aparece como nascido no Brasil, pode ser erro), mas a idade aproximada faz sentido; não aparece a filiação no livro de óbitos. Não achei outros irmãos.

Esse sobrenome só parece ocorrer nos distritos do Porto e Viana do Castelo. Nas menções à emigrantes com o mesmo sobrenome aparecem algumas freguesias, e já busquei nos livros dessas mais "prováveis", mas não achei.

Sobre a chegada no Brasil, há um "homônimo" (?) em 1890 no Rio, mas como vindo com esposa (sem nome dela na lista de passageiros; não diz de onde vem em Portugal). A não ser que tenha casado cedo e ficado viúvo logo e casado de novo no Brasil, não seria a pessoa certa. A certidão de casamento no Brasil em 1894 do "nosso" João o descreve como solteiro.

Há uma chegada de família de imigrantes no Rio em 1883: Antonio de Souza, casado com Maria Duarte e 3 filhos menores, João, Manoel e Maria. Achei o registro de passaporte português da família em 1883, logo antes da partida do navio. Há uma variação de uns dois anos na idade no passaporte com o que tenho do "nosso" João. Mais importante, não aparece o último sobrenome. Se for a mesma família, será que acrescentaram um sobrenome no Brasil? Isso era comum?

Comentários

  • Gostaria de solicitar a opinião dos mais experientes nesses registros.

    Como não conseguia evoluir nas buscas pelo "nosso" João, resolvi buscar essa família Antonio de Souza + Maria Duarte (mencionei no último parágrafo acima).

    Com o registro do passaporte da família, achei o concelho e fui de freguesia em freguesia vendo os batismos entre 1871 e 1873. Achei o desse João de Souza em 1873 (ou seja 2 anos depois do que a informação inicial, mas incerta, de "nosso" João). Mas o DIA e o MÊS de nascimento são idênticos.

    Achei também os batismos de Manoel de Souza e Maria de Souza (irmãos desse João), de Antonio de Souza (o pai) e Maria Duarte (a mãe) e o casamento entre Antonio de Souza e Maria Duarte.

    Dado que os pais tem os mesmos nomes (sem o Carvalhido); o dia e mês de nascimento (mas não o ano) desse João de Souza batem com a informação prévia; e há também um irmão menor chamado Manoel de Souza, já são dados suficientes para ser mais do que uma coincidência? Nesse caso, a família toda teria "adotado" esse sobrenome Carvalhido entre a entrada no porto do Rio e eventos posteriores. Nas menções aos avós etc nos registros dessa família em Portugal, não aparece Carvalhido em nenhum lugar. Não consegui achar registro na Ilha das Flores para ninguém do navio que vieram em 1883; só tenho a lista do próprio navio.

    Separadamente, busquei mais sobre o "outro" João que chegou no Rio em 1890 (penúltimo parágrafo acima). No início tinha a lista feita pelo navio inglês em 1890 no Rio (no Arquivo Nacional): só João do S. Carvalhido + wife (esposa).

    Nos microfilmes do FamilySearch para entradas de navio, tinha só achado o livro "Movimento de Entrada dos Imigrantes no Porto". Ali só João do S. Carvalhido e na linha de baixo "Sua Mulher". Única outra informação que ambos eram portugueses.

    Depois achei no mesmo rolo de microfilme outro livro, esse sim da entrada na Hospedaria da Ilha das Flores. E ali estava como JOSÉ (e não João) dos Santos Carvalhido, com 29 anos casado, indo para Santos. E embaixo, Alexandrina, de 28 anos, também indo para Santos. Acredito que João para José foi erro de transcrição da hospedaria (pois está como João nos outros 2 registros), mas a idade, essa esposa e a ida para Santos já são muitas divergências do "nosso" João.

    Não consigo ter mais ideias de onde achar nosso "João de Souza Carvalhido" ainda em Portugal. e desconfiando que ele era João de Souza e só virou Carvalhido no Brasil.

    Se for esse o caso, teria que desistir desse português e correr atrás das retificações mais simples do outro avô português (o que estava tentando evitar).

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @CarlosASP , o João de Souza Carvalhido aparece em uma árvore no Family Search

    "https://www.familysearch.org/tree/person/details/G4M3-4DT"

  • CarlosASPCarlosASP Member
    editado December 2020

    @Leticialele

    Sim, obrigado! Mas encalha nele também - sem conseguir chegar em seu local de nascimento, além do "genérico" Portugal. Ninguém conseguiu até hoje; todos empacam ali.

    Já se havia tentado também o "João chegando em 1890", mas acho que agora ficou claro que é outra pessoa... E o S. era "dos Santos" e não "Souza".

    Por isso a desconfiança de que possa ter havido essa adição de sobrenome e ser o mesmo que esse "outro" João de Souza, chegando em 1883 com os pais e irmãos.

  • @CarlosASP

    Qual a freguesia de Penafiel?

    Qual a data do casamento?

  • @Guilherme Moreira

    A freguesia é Fonte Arcada.

    O casamento entre Antonio de Souza e Maria Duarte em 2 de setembro de 1872. Aqui o link:

    A imagem é a PT-ADPRT-PRQ-PPNF12-002-0011_m0017.tif

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator
    editado December 2020

    @CarlosASP , não creio que esses sejam os pais do João de Souza Carvalhido. Deve ser uma grande coincidência. Esse Carvalhido deve ter surgido de algum lugar!

    Quais são as inconsistências no nome do outro avô?

  • CarlosASPCarlosASP Member
    editado December 2020

    @Leticialele

    Respondi por mensagem - para não misturar com as buscas desse outro avô. Tem um link na mensagem com a postagem descrevendo toda a história das inconsistências. Obrigado!

    (p.s. Lá também "surgiu" um sobrenome, mas é muito mais secundário do que nesse "João" aqui)

  • CarlosASPCarlosASP Member
    editado December 2020

    Alguém teria a lista de imigrantes que entraram na Ilha das Flores, vindos no navio Araucania, que entrou no Rio de Janeiro em 07 de outubro de 1883? Saiu de Liverpool, parou em Lisboa, Pernambuco e Bahia antes do Rio. Ou algo da saída do navio de Lisboa? Saiu de Liverpool em 12 de setembro de 1883.

    Tenho a lista de passageiros feita pelo próprio navio (achei no Arquivo Nacional), mas não consigo achar esse navio nos microfilmes do FamilySearch. Achei outras datas e navios desse mesmo mês, mas simplesmente não consta ninguém desse navio - nem no livro "Movimento de Entrada dos Imigrantes no Porto" nem na listagem de entradas na Ilha das Flores.

    Estou procurando para ver se ali tem alguma informação a mais que confirme - ou descarte de vez - que a tal família Antonio de Souza + Maria Duarte + 3 filhos é a que eu procuro, do "nosso" João de Souza Carvalhido.

    Obrigado!

  • Só para quem gosta de um desafio de pesquisa genealógica! Estou postando o que achamos depois de muitas horas vasculhando assentos, mas sempre falta algo para fechar com certeza.

    Há um outro ramo de imigrantes no Brasil com os sobrenomes "Souza Carvalhido". Indo atrás desse ramo, conseguimos ver que em um certo momento - ainda em Portugal, antes da imigração - se foi acrescentado o "Carvalhido" nesse ramo. Também parece não ser por sobrenome de família - é uma localidade na freguesia de Lagares, concelho de Penafiel, distrito do Porto. De um momento para outro, começa a aparecer como sobrenome composto.

    Uma luz acendeu ao ver Lagares pois já havia visto esse nome na pesquisa nos possíveis "Souza" que olhamos antes (mencionados acima).

    O Antonio de Souza (nascido em 12/4/1849 em Fonte Arcada, paróquia vizinha à Lagares, concelho de Penafiel) que havíamos pesquisado originalmente: o pai dele se chama Manoel de Souza e nasceu em Lagares (Filiação: Custodio de Souza e Maria de Oliveira - de Lagares).

    Nesse ramo que só olhamos agora, há um outro Antonio de Souza nascido em 23/8/1848 em Lagares. Filho de Perpétua de Souza (de Lagares) e "pai desconhecido". Esse Antonio é que na sua certidão de casamento passa a aparecer como "Souza Carvalhido"

    Quem são os pais de Perpetua de Souza? Custodio de Souza e Maria de Oliveira (também de Lagares). Há menções à essa Maria de Oliveira como sendo do "lugar de Carvalhido" ou "defunta de Carvalhido".

    Esses dois Antonios poderiam ser primos; sendo Manoel e Perpetua irmãos. Para ter certeza, precisaria achar os nascimentos de Manoel e Perpetua de Souza, não achei.

    Os dois Antonios saem de Lagares... os filhos do primeiro ramo que pesquisei nascem ainda só como "Souza" em Fonte Arcada - Penafiel. Um deles pode ser o "nosso" João".

    Os filhos do segundo Antonio nascem já como "Souza Carvalhido" em Sobreira, concelho de Paredes - mas morrem no Brasil também.

    Será que o "nosso" Antonio e seu filho João realmente nasceram como Souza, vieram no navio e depois - como seus possíveis primos - também passaram a adotar "Souza Carvalhido" mais tarde no Brasil?

  • Procuro ajuda para localizar um registro de batismo. Todos documentos que possuo, só tem a informação que é de Leiria(registro de estrangeiro, certidão de casamento, e nascimento do filho). Já tentei solicitar no site da crav, porém sem mais dados (freguesia) não segue a busca.Agradeço quem puder me ajudar.

    Nome: JOAQUIM LOPES

    Nasc. 13/03/1904 - Leiria

    Pais: Francisco Lopes e Maria Josepha

    Só falta a certidão para dar entrada no pedido de nacionalidade de meu pai

  • mabegomabego Member

    @ThaisMar

    já te respondi no post duplicado que vc fez

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.