Desquite

Preciso de opiniões.

Vou transcrever o casamento da minha avó, ocorrido em 1958. Ela se desquitou nos anos 70 e voltou a usar o nome de solteira. O nome nos registros de nascimento dos filhos é o de casada, mas no RG consta o original.

Ainda não sei se o desquite foi averbado no registro de casamento, mas, se tiver sido, seria aceitável prosseguir para o processo de atribuição dos filhos após a transcrição? Ou eu deverei solicitar o divórcio mesmo assim?

Comentários

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @tatals , basta transcrever o casamento. Depois, peça a atribuição dos filhos. Não precisa homologar o desquite em Portugal

Esta discussão está fechada.