Bagunça generalizada nos nomes, o que fazer?

MagnoMMMagnoMM Member

Oi gente! Estou ajudando uma amiga a conseguir a nacionalidade dela, mas as certidões estão uma verdadeira salada de nomes. Será que alguém pode me ajudar com o que ela deve fazer nesse caso? Seguem as várias dúvidas:

Ela vai tirar a nacionalidade da mãe dela, e depois a dela. Ambos os pais da mãe dela são portugueses, e eram casados, mas somente no Brasil. Porém, na certidão de nascimento da mãe dela não consta a nacionalidade dos pais. Ela precisa mesmo averbar o casório dos pais em Portugal? (Essa eh a dúvida fácil kkkkk)

Na certidão de nascimento do pai português, o nome dele está José Sousa. Mas ele passou a vida inteira assinando como José de Souza. Inclusive, Tanto a identidade de estrangeiro, como a carteira de trabalho brasileira dele o nome é José de Sousa. Mas em troca de e-mails com a conservadora de Funchal, ela confirmou que no registro original, de 1937, consta sem o “de”, então o nome dele nunca teve o “de”, apesar do pai dele chamar Manoel de Sousa. Problema é que na certidão de nascimento da mãe da minha amiga, o nome dele está José de Souza, e ela foi registrada como Ana de Souza, com o “de”, e com Z, pra piorar rs

A mãe portuguesa, na certidão original, o nome dela é Elisabete Januário. Na certidão de casamento, virou Elisabete Souza (sem “de”). Na certidão de nascimento da mãe da minha amiga, está Elizabeth de Souza, ou seja, com “de”, e o Elisabete escrito totalmente diferente.

Perceberam a salada de nomes? A cada documento novo, mudaram grafias de nomes Kkkkkk

Alguém pode, por favor, ajudar a gente a descobrir o que fazer? Ou sabem se de repente essa salada de nomes não importa pra Portugal, pq a fonética não mudou? E o “de”, importa?

Agradecemos desde já!

Comentários

Esta discussão está fechada.