Não consigo encontrar a certidão de nascimento de meu avô português

135

Comentários

  • Olá @Luciana Villaça

    Em postagem antigas e também agora, você diz que já conseguiu o registro da bisa portuguesa... qual ano, freguesia e concelho de nascimento?


    Alguns documentos que provavelmente já tenha, mas deixo registrado

    Chegou a realizar alguma pesquisa a partir do nascimento da filha Felicidade? consta que casaram na 2ª Pretoria https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:7985-JY3Z

    No casamento da filha consta que Alice é portuguesa https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:QGV9-N3JF

    Obito do Manuel https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:799K-79T2

    Filhos Clea e Joaquim


  • Bom dia a todos do forum!

    Alguém poderia me ajudar a encontrar a certidão dos meus avos, pois não consigo achá-las de jeito nenhum!

    Meu avô:

    Daniel da Fonseca

    Nasc: 11/08/1923 (Portugal, Seia, Guarda)

    Pai: Antônio da Fonseca

    Mãe: Emília da Cruz


    Minha avó:

    Maria da Conceição Figueiredo

    Nasc: 08/08/1914 (Portugal, Seia, Guarda)

    Pai: José Figueiredo de Lages

    Mãe: Brísida da Conceição

  • Boa noite @Kleber Silva Aguiar ,

    Muito obrigada pela resposta.

    Minha bisa nasceu em 19/09/1890, na freguesia de Várzea Tavares, concelho de Mangualde, Viseu.

    Pela certidão de óbito dele e, agora, com a certidão de nascimento da minha tia Felicidade, posso estimar que meu bisavô Manoel nasceu em 1878.

    Não tinha a informação do casamento deles. Pelo que li, casaram em 1913, aproximadamente, na 2a Pretoria. Vou precisar dessa certidão também.

    A certidão do Joaquim que me mandou, na verdade, é da minha avó Joaquina. Tive muita dificuldade para encontrar essa também mas vcs me ajudaram e já entrei em contato com o cartório e lá, consta o nome correto. Acredito que tenham feito a correção.

  • editado August 2020

    @Luciana Villaça

    Casamento do "Manuel Corrêa e Maria Lima " https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:QGJR-8Q1S

    Solicite informações da Habilitação no AN http://arquivonacional.gov.br/br/?option=com_content&view=article&id=160

    Ficha: 18194 / Fundo / Coleção: 2ª Pretoria Cível do Rio de Janeiro, 2 (Freguesia de Sacramento) - Z8 (antigo código MZ)

    Assunto: Habilitação para casamento de Manuel Correia e Maria Limas

    Ano Inicial: 1913 / Número: 6302 / Maço: 75 / Gal: A


    Não ajudam mas deixo registrado mais esses documentos

    Obito da Maria da conceição https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:7QPZ-2XZM

    Casamento da sua avó Joaquina https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:QGV9-4GWJ

    Casamento da filha Felicidade https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:QGJB-8S65

  • Boa noite amigos, estou a Procura da certidão nascimento minha avó, Maria casemira. Nascida em Viseu, distrito de Viseu, freguesia Couto de Lima, filha de Maria do Carmo, pai não informado no passaporte, nascida em 04 de novembro de 1899. Talvez seja bem antiga para achar em algum lugar.

  • @Alexandrec

    Assento no. 23, a freguesia é Couto de Cima, concelho de Viseu, clica no tif 65:

    https://digitarq.advis.arquivos.pt/viewer?id=1201133

    Solicite cópia certificada:

    https://digitarq.advis.arquivos.pt/oservices

  • @Kleber Silva Aguiar

    Muito obrigada pela grande ajuda. Já enviei um mail para o Arquivo Nacional e vou aguardar uma resposta.

    Guardei todos os documentos que me enviou pois podem me dar dicas para novas pesquisas.

  • @Kleber Silva Aguiar

    Estava fazendo novas tentativas de pesquisa sobre o meu bisavô no site FamilySearch e encontrei uma informação nos registros de passaportes mas não estou sabendo como acessar a imagem. Quando clico para abrir, fala em usar o serviço de parceiros mas não abre nenhuma opção. Será que poderia me orientar como proceder nesses casos?

    Nome:Manuel Corrêa

    Tipo de evento:Passport Application

    Data do evento:1903

    Local do evento: Aveiro, Portugal

    Sexo:Male

    Idade:25

    Ano de nascimento (estimado):1878

    Local de nascimento:Chave, Arouca, , Portugal

    Local de destino:Rio De Janeiro

    Nome do pai:Joaquim Corrêa

    Nome da mãe:Rosa Maria

    Relação com o chefe da família:Passport Holder

    Nota:A imagem original do registo poderá conter mais pessoas e informações adicionais. Additional information and individuals may be found in the original image of the record.

    Número do registro:442


    Tem também essa informação:

    Coleção de registros:

    Portugal, Aviero, Registros de Passaporte, 1882-1965

    Informações do documento:

    Tipo de registroPassport

    Número da pasta digital 004854776

    Número da imagem 00152

    Número do registro 1


    Obrigada mais uma vez.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Luciana Villaça , folheie os livros de Chave, Arouca, Aveiro. Procure alguns anos antes, alguns depois de 1878.


  • @Leticialele ,

    Obrigada. Já vou começar agora mesmo. Qualquer coisa, falo com vocês de novo.

  • editado August 2020

    @Luciana Villaça

    Manuel do passaporte mencionado Registro n° 18 https://digitarq.adavr.arquivos.pt/viewer?id=1183561 ...m0273.tif gêmeo de Margarida

    Sugiro aguardar a informação do AN sobre a habilitação.

    Passaporte n° 442 https://digitarq.adavr.arquivos.pt/viewer?id=1314174 ...m0152.tif

  • Boa tarde, pessoal!

    Gostaria da ajuda de vcs! Preciso encontrar a certidão de nascimento do meu bisavô e/ou da minha bisavó. Eles são portugueses e ja encontramos alguns dados sobre eles.

    Francisco Alves de Freitas - Pai: Antônio de Freitas e mãe: Maria de Oliveira

    cidade do Porto - ano estimado de nascimento 1873. Óbito em 1922 no Rio de Janeiro (veio com o pai para o Rio de janeiro e casou aqui em 27/05/1897. A mãe faleceu em Portugal e não veio para o Brasil)

    Maria Pinheiro da Costa - Pai: Antônio Pinto da Mota gomes da Costa e Silva e mãe Sophia Pinheiro. Maria veio com a mãe Sophia para o Brasil em 1895 e entraram por São Paulo. A Sophia era natural de Gaia.

    Muito obrigada, pessoal

  • Olá @Natáliafs

    Solicite informações da Habilitação no AN http://arquivonacional.gov.br/br/?option=com_content&view=article&id=160 até alguém postar alguma novidade.

    Ficha: 31023 / Fundo/Coleção: 10ª Pretoria do Rio de Janeiro, (Freguesia de São Cristóvão) - 7C

    Assunto: Habilitação para casamento Francisco Alves de Freitas e Maria Pinheira da Costa

    Ano Inicial: 1897 / Número: 979 / Maço: 2889 / Gal: A

  • @Kleber Silva Aguiar ,

    Muitíssimo obrigada.

    Já solicitei a informação no Arquivo Nacional mas com sua ajuda, consegui juntar os documentos que precisava e que há tanto tempo procurava.

    Parabéns por sua dedicação ao grupo.

    Muito obrigada.

  • Obrigada @Kleber Silva Aguiar , parece que o arquivo nacional não está respondendo, sabe de alguma coisa? bjs

  • @Natáliafs

    o retorno é demorado e com reflexo da pandemia...

    Em algumas pesquisas encontrei essas informações mas, sugiro aguardar o retorno do AN!!


    Talvez a Maria

    registro nº 14 https://digitarq.adavr.arquivos.pt/viewer?id=1256434 ...m00018.tif freguesia de Travanca concelho de Santa Maria da Feira. Talvez a emigração https://digitarq.adavr.arquivos.pt/details?id=1652589

    http://www.remessas.cepese.pt/remessas/mod/itsdatabase/view.php?id=10

    ID 380630 / Sofia Pinheiro Da Silva / Gaia / Porto / Sem Indicação / Sem Indicação / Sem Indicação / 37 / S. Paulo / Casado

    outra emigração com a mãe Sophia e irmãos?

     

    Talvez o Francisco

    "De acordo com a base de dados "Entrada de Estrangeiros no Brasil - Porto do Rio de Janeiro", mantida pela Coordenação de Documentos Escritos, contendo registros de desembarque de Antonio de Freitas registrados sob a notacão BRRJANRIO.OL.0.RPV.PRJ.2405, integrante do fundo documental DIVISÃO DE POLÍCIA MARÍTIMA, AÉREA E DE FRONTEIRAS, DECLARO que dela consta o seguinte: "(Entrada) - (Data): 01/01/1885; (Navio em que veio): Biela ; (Procedência): Nada consta ;(N° de ordem): 08 ; (Parentesco): Nada consta ; (Nome): Antonio de Freitas; (Idade): 29; (Idade mes): 0; (Idade intervalo): ; (Sexo): Masculino; (Religião): Nada consta ; (Instrução): Nada consta ; (Classe): ; (Profissão): Nada consta ; (Nacionalidade): Portuguesa ; (Porto de embarque): Liverpool ; (Destino): Nada consta ; (Observação): ;"

    Acompanhantes: PRENOME: Francisco; SOBRENOME: Nada consta; N°ORDEM: ; PARENTESCO: Nada consta ; IDADE (ano): 12; IDADE (mês): 0; IDADE (intervalo):

    talvez a emigração do pai

    ID 397877 / António De Freitas / Baião / Porto / Lourenço de Freitas / Teresa de Jesus / Trabalhador / 29 / Santos / Solteiro

    http://www.remessas.cepese.pt/remessas/mod/itsdatabase/view.php?id=10

  • Como conseguir a certidão de nascimento do meu avô ?

    Manoel Maria Monteiro NATURAL de ( BRAGANÇA -PORTUGAL ) - nascido em 13 de novembro de 1902,

    - FILIAÇÃO Antonio Alberto Almeida e Eliza Piedade Freire

  • editado September 2020

    @ericmonteiro

    não duplique sua solicitação dificulta na organização do fórum

    No casamento consta com os nomes da filiação diferentes e que era natural de Mirandela https://tombo.pt/m/mdl são muitas freguesias para pesquisar, mas caso queira...

    Deve ser a emigração do Manuel

    ID 120743 / Manuel Maria Lopes Monteiro / Mirandela / Póvoa de Varzim / António Lopes Monteiro / Elisa da Piedade Freire / Empregado / Comercial / 21 / Rio de Janeiro / Casado http://www.remessas.cepese.pt/remessas/mod/itsdatabase/view.php?id=10

    Sabe se Manuel tinha irmãos?

    sabe detalhes da emigração? ...idade, veio só ou com parentes, etc


    Casamento https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:WY27-JJN2

    só para registro ou caso precise, o nascimento da esposa Beatriz https://www.familysearch.org/ark:/61903/1:1:798M-Q83Z

  • Provavelmente erraram o nome do pai dele no óbito, o mais correto seria aquele nome do pai em que esta a certidão de casamento Antonio Lopes monteiro . Desculpe ainda estou aprendendo a usar o Fórum.


    Ele veio para o Brasil sozinho , deve ter vindo com a idade de 23 a 28 anos , e não sei se tem irmãos. Obrigado

  • @ericmonteiro

    sugiro solicitar informação do ID 120743 ao Cepese

  • Oi, bom dia!

    Eu devo enviar os documentos da minha avó nos próximos dias para o ACP Porto, porém eu estou com medo por uma questão. Eu mandei um e-mail para o consulado daqui do Rio perguntando como eles fariam a prova de vida, tendo em vista a atual pandemia do coronavírus. Eles me responderam que bastaria ir a um cartório e fazer o reconhecimento de firma por autenticidade, o que já foi feito. Vocês sabem se isso está certo mesmo?

    Eu sei que o ACP porto é bem exigente com isso, mas, se realmente tiver essa exceção, devido à pandemia, eu não gostaria de expor a minha avô, que tem 73 anos. Ela teria que se deslocar de Santa Cruz, no Rio, até Botafogo, o que deve dar umas duas horas, e nós não temos carro.

  • gandalfgandalf Member
    editado November 2020

    @MarcosPimentel

    Infelizmente não tem alternativa razoável, mas entenda:

    Não tem uma lei que exige Prova de Vida. Mas a lei diz que a nacionalidade só é concedida em vida.

    Passou a ser uma regra geral que os conservadores passem a exigir Prova de Vida para atender a lei quando se trata de "idosos". O que define quem é idoso? 70, 75, 80 anos? Os conservadores convencionaram 70 anos. Mas algumas pessoas arriscam e conseguem fazer sem a Prova de Vida.

    Se quer evitar problemas, inclua já a PV antecipadamente. Essa é a recomendação geral.

    Se você não mandar, pode cair em exigência pedindo a PV no consulado. Você terá um prazo curto pra fazer e mandar, numa situação que possivelmente estará pior do que está agora na pandemia, e terá o custo extra de outra remessa (R$230 por DHL).

    73 anos está próximo do limite. Pode ser que passe até 75 anos. Eu acredito que a chance de passar é 50%.

    É seu direito arriscar. Eu faria tudo pra conseguir mandar a PV junto. Mas cada um tem que considerar suas opções, custos, e riscos.

    Entenda que se houver uma exigência, e o requerente estiver hospitalizado ou falecido, não terá como completar e o processo morre. Fazendo PV, reduz a chance de exigência, e aumenta muito sua chance de conclusão sem perguntas, mesmo que o requerente esteja hospitalizado.

  • @gandalf, obrigado pelos esclarecimentos!

    Você acha que, se eu mandar o e-mail do consulado, informando que para fazer prova de vida só era necessário fazer o reconhecimento de firma por autenticidade, que a chance de passar aumenta?

    A minha avó só foi no cartório, pq é a 10 minutos de casa e tinha como ir de uber. Eu tô quase mandando assim mesmo e esperando que, se cair em exigência, já tenha a vacina.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @MarcosPimentel , para fazer a prova de vida no Consulado não precisa de agendamento. Basta ir lá. no horário de funcionamento (atualmente de 9 às 14h, e fazer.

  • @Leticialele, obrigado! Eu vou ver com a minha avó e com a família, então, se vai ser possível ela fazer esse deslocamento.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @MarcosPimentel , o Consulado fica na São Clemente 424. No 446, quase ao lado, tem um estacionamento pago. Entre o Consulado e a entrada do estacionamento há apenas um Colégio!

    Dia 11 passado, fiquei lá de 10:30 às 13h e paguei 7 reais!

  • @Leticialele, se a gente for lá, será de trem e metro ou de uber, mas obrigado pela indicação

    Eu nem sei se eu conseguiria alguma coisa sem vocês dois, que tem me ajudado desde o início do processo. Obrigado mesmo

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @MarcosPimentel , boa sorte!

  • @MarcosPimentel

    Só um comentário final: "e esperando que, se cair em exigência, já tenha a vacina."

    Quando começarem a vacinar, vai levar 6 meses pra vacinar todo mundo, e depois mais outro tanto para tomar a segunda dose. Levam várias semanas pra desenvolver imunidade. Havendo imunização, ela só acontecerá a partir de 2022.

    A exigência de sua avó (se houver) acontecerá 3 meses após o envio, muito antes de terminarem a primeira rodada, possivelmente antes de começarem a vacinar, e a pandemia vai estar no pico da segunda onda, 3X pior do que foi até agora.

    Faça uma vaquinha e pague o Uber. Muitos se beneficiarão disso, e seria mais seguro. Nada de transporte público pra ela nesse momento.

    Se não puder pagar o Uber, então corra o risco, e mande sem ela.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.