Morte durante o processo

Bom dia a todos.
A esposa de um amigo meu deu entrada em seu processo de atribuição no Vice-Consulado de Portugal em Belém, no ano passado, por algum motivo que eles não sabem dizer, o processo ficou parado lá e só foi recebido pelo sistema em Lisboa em 30/04/18.
Porém, infelizmente no dia ela foi assassinada, a dúvida dele é o processo de atribuição dela será cancelado visto que ela veio a óbito antes de finalizar o processo?
Alguém tem alguma experiência que possa nos tirar essa dúvida?

Comentários

  • @Gilberto o processo dela até pode seguir em frente, mas se a conservatória tiver informação do ocorrido, o processo será cancelado e mesmo que não seja, o marido só poderia pedir a nacionalidade se a esposa estivesse viva.
  • @Vlad, ele não quer pedir a cidadania para ele e sim para o filho menor.
    Caso o processo dê certo, ele terá que solicitar a transcrição do casamento, certo?
    Mas no momento de pedir a atribuição do filho, como seria feito visto que ambos os pais precisam assinar? Teria que transcrever o óbito dela?
  • edited October 2018
    @Gilberto..é complicado..pq para atribuir o filho seria necessário a transcrição de casamento e na certidão de óbito vai constar que ela faleceu antes do processo ser concluido.. Recomendo esperar ver se o processo segue em frente e depois ver o que faz.
  • @Vlad, mandamos um e-mail para CRC LIsboa para o setor que cuida dos processos de Consulado e nos responderam que o processo dela já foi arquivado, então pedimos uma certidão pelo Civil Online e realmente já esta registrado. Na certidão consta a da data do assento 30/04/2018 e ela faleceu no dia 04/05/2018, porém só foi integrado no sistema da CRC em 11/10/18. Existe alguma probabilidade de cancelarem o registro dela se fizermos a transcrição do casamento e óbito?
  • edited November 2018
    @Gilberto se o registro foi feito antes do falecimento..sem problema..o q vale é a data do registro ou seja, quando ela faleceu ja era portuguesa.
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.