Conservatória mais rápida

Boa noite. Já vi que possui uma discussão com o mesmo nome, mas sem resposta concreta. Atualmente quantos dias em média o processo retorna para o Brasil concluído? E qual a conservatória mais rápida para conclusão da transcrição?

Comentários

  • @Vitor

    No momento, Ponta Delgada está sendo a melhor opção
    A conclusão do processo leva em média de 30/40 dias
    Vi uma postagem antiga
    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/42493/#Comment_42493
    Vc quer fazer a transcrição do casamento do seu avô ou a atribuição da sua mãe já foi feita e vc quer transcrever o casamento dela?

  • Maria, sim vou enviar a transcrição do casamento dos meus pais. Via DHL mesmo. de acordo?
  • @Vitor Abreu Mollo

    Sim,pode ser DHL ou EMS (sedex)dos correios
  • Ok. Documentos enviados para transcrição de casamento dos meus pais . Assim que chegar a transcrição deles envio meus documentos para atribuição. Alguma conservatória mais rápida? Será que até fevereiro/19 está pronto?
  • As certidões de casamento e nascimento para a transcrição precisam ser por cópias reprográficas?
  • @Sergio, inteiro teor apostiladas.
  • @Maria Nelida, este prazo 30/40 dias também para o pedido de cidadania?
  • @Vitor processo de atribuição de nacionalidade de filhos de portugueses demoram de 3 a 5 meses
  • Bom dia. Agora sim. Tudo organizado. Certidoes, transcrição de casamento dos pais etc etc. Alguma atualização ou novidade referente a rapidez de alguma conservatoria? Sera que consigo pra final de janeiro?? ou é dificil?? viagem marcada para 02/03/2019. Será que vou precisar tirar o passaporte aqui no br???
  • @Vitor Abreu Mollo mesmo ACP, o local mais rápido hoje, está levando uns 3 a 4 meses o processo. Muito pouco provável treinar antes disso. Depois ainda tem o tempo de fazer os documentos no consulado. Melhor providenciar o passaporte brasileiro.
  • Olá, bom dia a todos! Agradeço primeiramente a possibilidade de poder tirar minhas dúvidas neste forum muito precioso.
    Este tempo todo estive estudando várias postagens.. e consegui graças as orientações deste forum, a certidão do assento de meu Avô JAYME TENREIRO no site http://www.civilonline.mj.pt/CivilOnline/Certidao/avisoCertificadoOnline.jsp
    Minha mãe está viva, filha de Português. Pelo que vi no forum preciso fazer a transcrição de casamento de meu avô português primeiro e depois fazer a atribuição de cidadania para minha mãe. Está correto?

    Agora minha dúvida para os próximos passos, está na documentação que preciso para a
    TRANSCRIÇÃO DO CASAMENTO de meu avô:

    1-Certidão de nascimento de inteiro teor do cônjuge brasileiro( LEONTINA DE CARVALHO) (apostilada).
    Preciso realmente desta certidão de nascimento de minha Avó, ou somente averbar a mudança de nome de casamento? Pergunto porque vi algumas pessoas dizendo que não precisa.
    Ela nasceu em Bebedouro-SP. O Cartório lá não faz apostilamento. neste caso será que tem como pedir a certidão de inteiro teor, com cópia reprográfica lá e apostilar em outro cartório?

    2)-Certidão de casamento dos meus avós: JAYME TENREIRO e LEONTINA DE CARVALHO (com averbação do nome de casada: LEONTINA DE CARVALHO TENREIRO, de inteiro teor (por cópia reprográfica) , apostilada em cartório de notas
    Minha dúvida neste quesito é se precisa também da cópia digitada, ou apenas a cópia reprográfica é suficiente? (o cartório de Marília-SP não sabe dar esta informação)

    3) Certidão de óbito de Jayme Tenreiro
    Necessita ser feito neste momento, ou pode fazer depois? e precisa ser por cópia reprográfica e apostilada também?

    PARA A ATRIBUIÇÃO DA CIDADANIA de minha mãe:

    1) Certidão de nascimento de minha mãe: JURACY DE CARVALHO RUIZ, de inteiro teor (por cópia reprográfica), apostilada em cartório de notas
    2) Cópia do RG atualizado, autenticado e reconhecido firma
    3) Comprovante de Endereço autenticado
    4) formulário 1C com firma reconhecida por autenticidade
    5) Pagamento do vale postal
    6) Envio para a conservatória
    Posso enviar tudo de uma vez, ou é bom fazer separado.. a transcrição de casamento e a Atribuição?

    Muito agradecido a vocês todos
    Airton







  • @Airton.se foi seu avô foi o declarante do nascimento da sua mãe , vc não precisa transcrever o casamento dele de fizer o processo por ACP do Porto
    .
    para Atribuição da sua mãe:

    1-OK
    2-precisa ser apostilado tb.
    3-Não precisa
    4-ok
    5-Pode pagar por cartão de crédito internacional(aqui no fórum tem o tópico com as instruções)
    6-OK
    e 7- Cópia do assento do avô português
  • Vlad, por gentileza... seria este endereço, da ACP do Porto?
    Rua Visconde de Setúbal, 328
    4200-498 - Porto
    E-mails Geral: arqc.porto@dgrn.mj.pt
    Processos de nacionalidade: arqc.porto-nacionalidade@dgrn.mj.pt

    Você acha necessário enviar um email antes, com os documentos para eles vericarem, antes de postar pelo correio?
  • @Airton

    Endereço para envio do VALE POSTAL:
    (Finalidade: Manutenção de Residente)

    IRN, IP
    Rua Visconde de Setubal, nº 328
    4200-498 – Porto


    Endereços para envio dos DOCUMENTOS:

    Arquivo Central do Porto
    Rua Visconde de Setubal, nº 328
    4200-498 – Porto

    As conservatórias não fazem pré-analise de documentos
  • @VladPen , eu fiquei em duvida.. desculpe-me..mas sua informação contradiz o que foi falado no forum pela @Flavia Pires...

    @Flavia Pires, quando o português for declarante na certidão de nascimento do requerente, algumas Conservatórias podem não exigir a transcrição de casamento. Vila Nova de Gaia e Tondela não exigem, já Ovar, as CRCs do Porto e o ACP exigem (a 4ª CRC do Porto exige até transcrição dos óbitos).
  • @Airton RUIZ

    Poderia,por gentileza,postar o link dessa informação para vermos em que data foi postado?

    Algumas conservatórias não exigiam a transcrição e passaram a exigir,como Tondela

    No momento,somente o ACP do Porto não exige a transcrição do casamento quando o pai português foi o declarante do nascimento do(a) filho(a)na menoridade
  • Maria Nélida,

    FEV/17 foi o Caio:
    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/73458/#Comment_73458

    Não lembro do ACPorto exigir transcrição de casamento quando o declarante for o português.
  • @Guilherme Moreira

    Obrigada.Também nunca ouvi falar que o ACP exigia transcrição quando o pai português é o declarante
  • Essa declaração do @Caiodib foi em Abril de 2017.Os procedimentos de ACP mudaram.
  • Só para clarificar o que foi escrito à época, @Guilherme Moreira, @Vlad Pen e @Maria Nélida:
    Quando mencionei as CRCs do Porto me tinha esquecido do ACP e generalizei, e até mesmo naquela época aquilo ficou errado. Hoje já está completamente fora de sítio.

    De toda forma, peço desculpas por qualquer inconveniente causado.
  • @caiodib.. não precisa se desculpar... os procedimentos mudam de tempos em tempo nas conservatórias.
  • Boa tarde pessoal. Hoje fui ao consulado para assinar o requerimento de transcrição de casamento dos meus pais e me foi orientado que devo enviar os documentos para Baião, já que é onde meus avós foram registrados. Há alguma orientação nesse sentido? Ou posso enviar para Ponta Delgada, que parece ser a mais rápida?
  • @Eduardo envie para Ponta Delgada ou 4ªCrc do Porto.
  • Bom Dia a todos!
    Em primeiro lugar, felicito cada um dos membros deste fórum pela solidariedade demonstrada por todos e pela utilidade que este portal representa para centenas de imigrantes.
    Eu estive lendo durante todo o mês, então eu tentarei perguntar o mínimo possível.
    Minha avó nascida em 1941, está fazendo a cidadania de minha mãe, então estou tentando ajudá-la o máximo possível!Ela quer ir para para Portugal e eu quero ter certeza de que ela tem toda a documentação necessária.
    A minha avó não nasceu em Portugal e obteve a sua cidadania (graças a seus pais que eram portugueses, eles morreram há muitos anos). Meu avô não é português e eles se casaram e tiveram minha mãe. Agora minha mãe está se candidatando à sua cidadania. Então eu acho que seria étipicamente atribuição de cidadania para filhos de portugueses. As seguintes perguntas são encaminhadas para obter a cidadania portuguesa de minha mãe.
    Além disso, vi que o ACP Porto é o mais rápido, por isso os documentos são relevantes para o Porto. E vou convencê-la a não ir ao Porto, e enviar todos os documentos pelo correio.

    1) Certidão de nascimento de minha mãe de inteiro teor (por cópia reprográfica), apostilada em cartório de notas
    2) Cópia do RG de minha mãe atualizado, apostilado, autenticado e reconhecido firma.

    3) Certidão de nascimento de minha avó (É necessário? Ela já estabeleceu sua certidão de nascimento em Portugal quando processou sua cidadania).
    4) Certidão de nascimento de meu avô? É necessário? Ele abandonou minha avó há 20 anos e não apareceu novamente.
    5) Certidão de casamento dos meus avós porque a pessoa de nacionalidade portuguesa é uma mulher. Eu posso fazer no ACP Porto? ou devo ir a Ponta Delgada ?para fazer tudo?. Eu li no fórum que O ACP não transcreve casamentos.

    6) formulário 1C com firma reconhecida por autenticação
    7) Pagamento do vale postal

    Endereço para envio do VALE POSTAL:
    (Finalidade: Manutenção de Residente)
    IRN, IP
    Rua Visconde de Setubal, nº 328
    4200-498 – Porto

    Endereços para envio dos DOCUMENTOS:
    Arquivo Central do Porto
    Rua Visconde de Setubal, nº 328
    4200-498 – Porto

    Finalmente, começamos o processo da embaixada há 1 ano e meio, com a transcrição do casamento, mas não há notícias. Então é por isso que vamos começar de novo. Devo telefonar para a embaixada para cancelá-lo?

    Sei que algumas coisas foram respondidas e são claras como a água,mas prefiro perguntar porque não quero errar.

    Muito obrigado, um enorme e feliz ano novo a todos!
  • @Ramiro antes de tudo terá que transcrever o casamento da avó

    1-ok
    2-0k
    3-precisa de uma cópia simples
    4-não precisa
    5-tem juntar certidão de nascimento do avô, da avó e a certidão de casamento para poder fazer a transcrição de casamento
    6- assinatura reconhecida por autenticidade
    7-pode pagar por cartão de credito internacional tb( A transcrição de casamento somente por vale postal)

    OBS: confirme junto ao consulado se a transcrição de casamento dos avós ja foi feita.
  • Obrigado @vlad pen! Quão bem eu consultei. Achei que, se eu apresentasse uma cópia autenticada do documento de identidade de minha avó, não precisaria de sua certidão de nascimento. Vou recolher os papéis restantes então!
    Da embaixada, eles nos disseram que talvez estivesse pronto em março. Eu vou me comunicar com Lisboa.
    Última pergunta, então eu envio os papéis para a transcrição do casamento e a atribuição da cidadania por cartão postal para a mesma Conservatória no porto, eles não são duas instituições diferentes, certo?
    Muito obrigado e um feliz ano novo!
  • @Ramiro a transcrição de casamento ou vc faz pelo consulado ou por Ponta Delgada.A atribuição da nacionalidade vc envia para ACP do Porto.
  • Minha mãe tirou a nacionalidade portuguesa por Tondela. Estou pensando em mandar os documentos da transcrição do casamento para lá. É muito demorado? Ou é melhor mandar para Ponta Delgada?
  • Pessoal, alguém sabe dizer se presencialmente fica pronta a transcrição na mesma hora, li em algum lugar que fizeram no porto e 3 dias depois já estava liberado no civil online, mas não achei mais essa informação.
  • @Tomacheusk nenhuma conservatória faz esse processo no mesmo dia.
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.