Busca de certidão, Coimbra 1909

Caros (as), boa tarde.

Solicito o apoio na busca da certidão de nascimento do meu avô, nascido em 1908/1909 em Coimbra.

Abaixo alguns dados:

Nome: Manoel Rodrigues da Costa
Pai: Antônio Rodrigues dos Santos
Mãe: Maria da Conceição Costa

Dados Registro de Estrangeiro (Family Search)
Carteira de ID: [EDITADO]
Registro: 113.836 - Exp. 14/08/1941

Falecimento: 01/07/1968 - São Paulo

Se alguém puder me auxiliar nessa busca, ajudará muito.
Fiz a solicitação ao Arquivo do Estado de São Paulo, mas, não sei se possuem alguma informação adicional ao que encontrei no Family Search.

Desde já, agradeço o apoio.

Abraço.
Miguel Guedes Leão da Costa

Comentários

  • Olá @mguedz

    Sabe se Manuel tinha irmãos?

    ID 390730 / Luis Rodrigues Da Costa / Rojão Grande / Santa Comba Dão / António Rodrigues Dos Santos / Maria da Conceição Costa / Sem Indicação / 28 / Rio de Janeiro / Sem Indicação https://tombo.pt/f/scd08

    Sabe detalhes da emigração?...idade, veio só, com os pais, etc...
  • Kleber, boa tarde.

    Obrigado pelo retorno.
    Você encontrou essas informações nos Registos de Vimieiro?

    Não tenho esses detalhes da emigração.
  • @mguedz

    As informações do Luis foi no CEPESE http://www.remessas.cepese.pt/remessas/mod/itsdatabase/view.php?n=1&v=1

    O ano que citou, 1908/1909, não está disponível no AD de Viseu.

    Solicite informações/pesquisa do registro à CRC de Santa Comba Dão e indique a freguesia de Vimieiro, é uma tentativa!!!

    CRC Santa Comba Dão
    End: Palácio da Justiça, Largo Dr. Alves Mateus, CP: 3440-333
    Tel: 232881470
    Fax: 232882670
    Email: registos.scdao@irn.mj.pt
  • Kleber,

    Entrei em contato pelo e-mail informado, mas eles não encontraram o referido assento. Segue abaixo o retorno deles:

    “Deverá indicar: dia, mês e ano correcto de nascimento, poderá não ser esta a freguesia, pois trata-se de um assento paroquial.”

    Há outra forma de encontrar essas informações?

    Obrigado!
  • @mguedz

    É possível que seja registro paroquial que ainda não foi digitalizado, solicite pesquisa no AD de Viseu... outra tentativa!!!

    https://digitarq.advis.arquivos.pt/oservices

    Onde conseguiu a informação "Coimbra"?
  • edited October 2018
    Olá @Kleber

    É a informação que consta no atestado de óbito.

    No registro de estrangeiro do Family Search, não constam muitas informações.

    Caso eu solicite uma certidão ao Arquivo do Estado de SP, serão apenas as informações que já constam no arquivo digital, correto?
  • Referência do Registro
    "Brasil, São Paulo, Cartões de Imigração, 1902-1980," database with images, FamilySearch (https://familysearch.org/ark:/61903/1:1:QVSJ-3P9V : 17 March 2018), Manoel Rodrigues da Costa, 1941; citing Immigration, São Paulo, São Paulo, Brazil, certificate 113836, registration 259896, Arquivo Público do Estado de São Paulo (São Paulo State Public Archives), Brazil.
  • Prezados (as),

    Alguém poderia me ajudar com essas informações?

    Desde já, agradeço!
  • Pessoal, tive um retorno da Universidade de Coimbra, informando que eu deveria entrar em contato com a Conservatória de Oliveira do Hospital.

    “Foi localizado no livro de assentos de batismos da freguesia de Nogueira do Cravo, concelho de Oliveira do Hospital o assento de batismo n.º 5/1909 de Manuel(...)
    Contudo, este assento encontra-se cancelado por se achar transcrito sob o nº721 do ano de 1928 na Conservatória do Registo Civil de Oliveira do Hospital, entidade a quem deverá dirigir o seu pedido de certidão”

    Porém, ao entrar em contato me informaram que eu deveria solicitar ao Arquivo da Universidade de Coimbra. Há possibilidade de solicitar via Portal do Cidadão?
  • @mguedz, se o AD informou que o asento foi transcrito em 1928 e que está na conservatória acho que vale a pena pedir pelo civilonline. Preencha um ano de nascimento mais recente para conseguir fazer a solicitação e nas observações informe o ano correto.
  • @Daniel, muito obrigado. Vou tentar dessa forma.
  • @Daniel,

    Recebi o seguinte retorno do Concelho de Oliveira do Hospital:

    “...informo V.ª Ex.ª de que, o assento de nascimento respeitante a Manuel, filho de António Rodrigues dos Santos e Maria da Conceição da Costa, já se encontra informatizado sob o n.º 26/2019 desta Conservatória do Registo Civil de Oliveira do Hospital. Assim sendo, poderá obter a certidão de nascimento junto do Consulado de Portugal da sua área de residência, ou bastará mesmo só fornecer a informação do número e ano do assento informatizado que eles verificam posteriormente os dados.”

    O procedimento é o mesmo que você citou acima?
  • @mguedz, se quiser solicitar a certidão pode solicitar pelo civilonline sim. Informe o número e ano do assento informatizado que lhe foi informado na hora de fazer a solicitação. Tem o problema do ano de nascimento que, se você colocar o ano certo na hora do preenchimento, irá indicar que não pode solicitar a certidão. Coloque um ano mais recente no formulário e, no campo de observações, indique o ano de nascimento correto.
    Passo a passo de como solicitar em http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/10973/como-solicitar-certidoes-pelo-civilonline-guia/p1
    Em teoria basta indicar esse número de assento para fazer os processos necessários (transcrição de casamento / atribuição), mas sempre é bom solicitar uma certidão para verificar a consistência dos dados.
  • @Daniel,

    Muito obrigado mais uma vez!
  • Boa tarde.

    Verifiquei o tópico sobre o preenchimento do formulário 1C e fiquei com uma dúvida.

    No tópico consta que se o português nasceu antes de 1911, será obrigatória a apresentação do Assento certificado pelo Arquivo Distrital.

    Meu avô nasceu em 1908 e o assento de nascimento encontra-se informatizado, posso informar apenas o número ou devo enviar uma cópia do Registo?

  • @mguedz, se o assento está informatizado pode apenas indicar o número ou enviar cópia simples do registro sim. Acredito que, apesar de estar informatizado, constará como no assento de batismo apenas os nome(s) próprio(s) portanto, terá que enviar uma certidão de casamento ou óbito, inteiro teor e aposilada, para comprovar a fixação do nome na maioridade.
  • @Daniel, obrigado pelo retorno.

    Tentei solicitar ontem pelo Civil Online, mas não consegui por conta do erro para pagamento no cartão.
    Enviei um e-mail ao Concelho para confirmação das informações. Se todas as informações estiverem no assento informatizado, ainda assim será necessário o envio da certidão de óbito?
  • @mguedz, se não tiver o nome completo com nomes e sobrenomes da pessoa, que eu acreditoque não esteja já que deve ser uma informatização como o registro original, terá que mandar outra certidão para comprovar a fixação do nome. Somente consultando o registro para ter certeza como consta.
  • Pessoal, boa tarde.

    Na próxima semana estarei com os seguintes documentos: Certidão de nascimento do meu pai e RG (apostilados), cópia simples da certidão de nascimento e certidão de óbito inteiro teor apostilada do português e formulário 1C preenchido.

    No próximo mês irei até Portugal, gostaria de saber se é possível dar entrada lá, e, em caso positivo, se há vantagem nisso!

    Agradeço desde já!
  • @mguedz vc pode dar entrada pessoalmente na conservatória. Recomendo ACP do Porto e chegar bem cedo.
  • Obrigado, @Vlad

    Preciso de alguma procuração do meu pai para isso? O custo é o mesmo que fazendo por aqui?
  • @mguedz se o processo é do seu pai, vai precisar de procuração. O custo é o mesmo.
  • @Vlad

    Obrigado!
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.