Atribuição de Nacionalidade para Netos - Decreto 37/81 de 2020(novo) - Processos e Acompanhamento

1297298300302303308

Comentários

  • DenisebassoDenisebasso Member
    editado September 26

    @Leticialele verdade eu não posso (viajei com essa dos meus bisavôs ), vou fazer tudo certinho pelo meu avô.

    Muito obrigado até aqui se surgir alguma duvida peço ajuda

    Se possível você poderia me passar a lista de documentos certinhos pois amanhã já irei atrás para solicitar

    Outra dúvida a certidão de bastimo 1922 está em mongadouro do meu avô pode ser pedida certidão civil online aquela que vale 6 meses?

    Sei onde está tudo só que não pedi ainda para não perder o prazo e sempre tenho dúvida o que tem que pedir e o que tem que apostilar

  • Prezados amigos, vejam se podem me ajudar com esse dilema:

    Chegou o assento português que nos faltava e essa semana (até 30/09) conseguirei remeter via DHL para a CRC de Lisboa. Li relatos por aqui do DHL levando de 5 a 8 dias para concluir a entrega.

    Mas também li que não basta chegar... Tem uma fila até que aconteça "algo" até fechar essa contagem de prazo.

    Pergunta: Considerando a validade das 2 certidões abaixo, consigo enviá-las no processo? Ou pelo menos uma delas? ;)

    • Certidão de nascimento da interessada - Vence em 15/10/2021*
    • Certidão de nascimento da progenitora (filha do português) - Vence em 26/10/2021*

    *considerando validade de 1 ano

  • @gandalf Uma pergunta de curiosidade sobre a sua percepção, pois imagino não haver como saber com certeza.

    Olhando a planilha de netos, o prazo usual até a aprovação era por volta de 1.000 dias, podendo, provavelmente em função do volume (ou exigências), flutuar entre 800 e 1.200.

    A partir de processos de julho de 2019, entretanto, este prazo cai para a casa dos 700 dias e, para os de novembro do mesmo ano, para a dos 600 dias.

    Seria esta queda uma coisa momentânea, em função de volume, ou de um mutirão da CRC, ou um reflexo da mudança da lei que simplificou a análise dos processos ao eliminar escolaridade e laços?

    Eu suspeitaria da última opção, mas os processos a partir de julho de 2018 ficaram com prazos elevados já com vários meses da nova lei em vigor.

    Temos poucos processos planilhados para avaliar se os de 2020 seguirão (ou até diminuirão mais um pouco) estes prazos, provavelmente em função de baixo volume devido à pandemia.

    E a partir de 2021 é o contrário, o volume de dados é bastante alto, mas também indica que a quantidade de processos que deram entrada na CRC é bastante superior ao padrão anterior. Será que os prazos aumentarão?

    Enfim, não leia isto como ansiedade, é apenas que gosto de números e fiquei um tempo tentando tirar inferências da planilha.

    Minha suspeita é que os processos de 2020 podem até demorar um pouco menos que os de novembro de 2019 pela pandemia ter fechado consulados e serviços de atendimento ao público, mas os de 2021 acabarão vendo um novo aumento dos prazos.

    Mas pode ser que se aplique a regra de investimentos: Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. Prazos passados não garantem prazos futuros. :-)

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @J_Feiteira , se você mandar esta semana, ainda dá para aproveitar as certidões.

  • @J_Feiteira Quanto tempo demorou para vim de portugal o assento?

  • Obrigado @Leticialele

    @pedrocabral3 , levaram 18 dias após o pedido em Aveiro. Vila Real levou aproximadamente o mesmo tempo.

  • Bom dia, pessoal. Recebi hoje a senha de acesso (documentação recebida em 25/06). Já atualizei a planilha.

  • @J_Feiteira Seu pedido foi o normal? Ou com exceção/algum tipo de rastreio?

  • Bom dia amigos, todos bem?

    Mais uma questão: Minha amiga morou no Japão e vai pedir os antecedentes criminais. Pergunta: Essa certidão tem validade de quanto tempo? Ela tem que pedir também a certidão em papel do arquivo distrital do Coimbra (qual a validade dessa certidão?) e está na dúvida se vai perder a validade de alguma dessas certidões antes de enviar todo o processo de neta dela. Alguém pode me ajudar nessas questões? Grata !

  • Boa tarde, pessoal. Eu preciso da preciosa ajuda de vcs para encontrar o ano de chegada do meu bisavô ao Brasil. José Gonçalves Lopes nasceu em Valongo do Porto, em 07.03.1889.

    Desde de já agradeço!

  • Olá, bom dia a todos!

    Primeiro gostaria de agradecer por terem aprovado minha participação no fórum.

    Estou iniciando o processo e gostaria de tirar algumas dúvidas. Desculpem se o assunto já foi respondido anteriormente.

    Meus avós paternos são portugueses e se casaram em Portugal. Preciso enviar o assento de nascimento dos dois e o assento de casamento deles?

    Além da certidão de nascimento do meu pai, preciso enviar a certidão de casamento dos meus pais? Eles se divorciaram.

    Além da minha certidão, meu RG também precisa ser apostilado?


    Muito obrigada!!

  • Sobre o apostilamento além de variar o valor aqui no RJ paguei 59,90$ percebi que varia tbm, pq em um cartório eles colocaram um "carimbo com alto relevo" e em outro não, fui pesquisar e realmente isso pode acontecer, varia de cartório para cartório

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Gabesamaral , se casaram em Portugal, mande apenas a certidão do avô, se nasceu antes de 1911, certificada pelo Arquivo Distrital. Se nasceu após, cópia simples do civil online.

    Do seu pai, apenas a certidão de nascimento inteiro teor, apostilada.

    Sua, como requerente, tem que ser por cópia reprográfica do livro, apostilada.

  • @pedrocabral3 normal. sem rastreio

  • Boa noite pessoal!!

    Tenho uma dúvida quanto a transcrição do casamento dos meus bisavós portugueses que se casaram no Brasil.

    Meu tio já deu entrada no processo de nacionalidade dele e já fez a transcrição do casamento dos portugueses, eu tenho esse documento digitalizado, posso simplesmente imprimir esse documento ou preciso pedir outro para a conservatória onde foi feito?

    Muito obrigada pelo conhecimento que vocês dividem por aqui!!

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @majuccosta , mande uma cópia simples

  • Olá pessoal, se puderem me auxiliar. Sou neto de português e meu pai é brasileiro. Entre os documentos necessarios para adquirir a nacionalidade portuguesa consta a certidão de nascimento de meu avô português, porém não tenho a mínima noção onde ele nasceu. Solicitei a certidão de nascimento inteiro teor de meu pai, mas só consegui deduzir que ele nasceu em 1890, pois consta que ele tinha 51 anos quando registrou meu pai.

    Obrigado.

  • @agarciavaladares obrigado por compartilhar, a minha documentação foi recebida 28/06, a ansiosidade tá batendo forte...

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Fabioamn , quais os dados do seu avô? Coloque tudo o que souber!

    pais, filhos, irmãos, cônjuge, etc; qualquer pista é importante!

  • @Fabioamn

    Se seu pai estiver vivo, seria melhor fazer a nacionalidade dele como filho do português, e em seguida a sua, também como filho.

    A nacionalidade como neto é muito mais demorada (3 anos), e tem restrições que como filho não tem (e leva 6 meses pelo ACP).

    Crie um tópico novo com os dados que conseguir apurar, assim:

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/5096/dados-que-devem-ser-informados-no-pedido-de-pesquisa/p1

  • @agarciavaladares vc enviou algum e-mail pedindo? Meu processo chegou 19/07 e nada. Pelo visto está levando 3 meses mesmo :(

  • @MAJO, tudo bem? Temos o mesmo sobrenome e a mesma origem na madeira (Ribeira brava) Já dei entrada no meu pedido pelo meu avó. Se precisar de alguma ajuda na documentação me fala.

  • @alexvizoso cheguei a mandar e-mail sim. Um com 45 dias. Outro com quase 90 dias. O e-mail que recebi não foi em resposta aos que enviei.

  • Boa noite pessoal, estou iniciando o pedido de cidadania de minha sogra, neta de Português. Só encontramos a certidão de batismo do avô Português. Um prime me forneceu uma cópia reprográfica do livro e uma capa intitulada "certidão", datada de 18/10/2018, minha dúvida é se vou precisar pedir outra pelo correio para instruir o pedido ou a cópia simples que ele me forneceu também vale. Abraços.

  • @Leticialele Muito obrigada!!

  • andrelasandrelas Member
    editado September 28

    @Fabioamn , pesquiso minha genealogia já há muitos anos e tenho alguma experiência nisso (como outros aqui no forum devem ter). Primeiro, o que a @Leticialele disse é o ponto de partida: enviar todas as informações que você possuir do seu avô (e dos filhos, irmãos e pais), tais como:

    • Nomes completos (do seu avô, da esposa, dos filhos, dos pais e dos avós dele, o que você tiver - raramente temos tudo e às vezes temos muito pouco)
    • Datas de nascimento (as mais certas que tiver, deixando claro quando forem aproximadas ou mesmo faixas de anos)
    • Locais (o mais precisos possivel)
    • Datas de casamento e locais (tambem o mais precisos possivel)

    Para encontrar o batismo do seu avô (o registro civil em Portugal se iniciou em 1911, o que deve existir para ele é o batismo) é preciso saber, com a maior precisão possível:

    • A FREGUESIA em que ele nasceu em Portugal. Portugal é dividido em Distritos (mal comparando, nossos Estados), Concelhos (de novo mal comparando, nossas cidades), e Freguesias (que seriam aqui os "bairros", "regiões administrativas" ou, neste caso específico, "circunscrições"). Da mesma forma que, aqui, para localizar um documento é preciso saber em que "circunscrição" ele está, em Portugal precisamos saber a Freguesia ou, na impossibilidade, olhar todos os livros de um determinado Concelho (a depender do Concelho podem ser muitos e grandes ou poucos e pequenos).
    • A DATA DE BATISMO ou, na ausência desta (quase nunca sabemos de antemão), a DATA DE NASCIMENTO, a partir da qual procuraremos na freguesia em questão
    • Os NOMES DOS PAIS e, se possível, dos AVÓS, já que os nomes em Portugal se repetem muito e homônimos são algo muito comum

    Se tivermos APENAS estas informações, já temos como localizar. O problema é que raramente se tem e, neste caso, começa-se a procurar "no entorno" da pessoa. Por exemplo, levei quase cinco anos para descobrir de que parte de Portugal um bisavô meu havia vindo (aqui, todos os documentos diziam que ele viera de "Portugal"). Finalmente, após muito sangue, suor e lágrimas, descobri um irmão dele que ninguém hoje sabia que havia existido (pesquisando documentos). Pesquisei este irmão no Arquivo Nacional (pesquisa presencial) e havia um dossiê dele. No dossiê, dizia de onde ele viera em Portugal. Procurei nos livros daquela freguesia e voilà!, lá estavam esse irmão, meu bisavô, seus pais, etc, etc. :-)

    Além disso, leia os documentos que possuir com lupa para os detalhes. Nomes dos padrinhos e testemunhas, por exemplo, às vezes podem indicar alguma coisa se você já os tiver na sua genealogia (já descobri de onde vinham pessoas porque eu tinha uma pessoa na árvore com nome pouco comum e esta pessoa foi testemunha no casamento de outra, o que me fez deduzir, acertadamente, que era da mesma freguesia). Alguns documentos aqui no Brasil também eram mais precisos na localização (minha bisavó italiana tinha seis irmãos. Em quase todos os casamentos (inclusive no dela) estava escrito que eram da "Itália", mas NUM deles o escrivão, bendito escrivão, escreveu "de Marigliano, Itália", e me deu a chave para descobrir os documentos.

    Mande o que você tiver e tentaremos ajudar por aqui.

  • Só uma dúvida que surgiu fui pedir a certidão de nascimento da minha mãe de inteiro teor e perguntaram se precisa do

    Reconhecimento de firma do escrevente por semelhança ?

    E se é digitalizada modo tradicional?

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Denisebasso , sua mãe é a requerente? Se for, tem que ser certidão por cópia reprográfica do livro, apostilada.

    Se você é a requerente e sua mãe a filha do português, a certidão dela tem que ser inteiro teor, digitada, apostilada;

    Quando apostilam, reconhecem a firma do escrevente.

  • @Leticialele muito obrigado

  • Oi @Leticialele com base no seu conhecimento, há alguma diferença entrar com o pedido de atribuição para netos via correio/dhl ou pessoalmente em Portugal?

    Os prazos são os mesmos?

    Obrigado

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.