Atribuição de Nacionalidade para Netos - Decreto 37/81 de 2020(novo) - Processos e Acompanhamento

1296297299301302308

Comentários

  • Boa noite @Ricosne

    Obrigado pela informação. Pelo visto, não tem jeito, só nos resta esperar....

    Abc

  • @Julião Augusto enviei para o email seguinte: rcentrais.diversos@irn.mj.pt  mas com a resposta acima, tem outro email onde foi obtida a senha. Acabo de encaminhar o email para o endereço rcentrais.admin@irn.mj.pt.


    Vamos ver se da certo rs.

  • Pessoal, já fui em 2 cartórios para reconhecer firma do formulário 1D, e ambos me pediram para anular os campos em branco, ou fazendo riscos ou escrevendo *.

    Isso é correto?

  • Obrigado @gabrielbertolazzi

    Agora é torcer pra tudo dar certo.

    Grande abraço.

  • Bom dia, pessoal! O solicitante idoso tem prioridade na hora da criação da senha? Ou só depois que o processo é iniciado?

  • Graciolli Você é o Rj? fiz o meu semana passada no Rio comprido e a mulher foi super de boa e não riscou nada, apenas colocou o selo de autenticidade

  • Prezados, preciso de ajuda com o seguinte:

    O nome da minha avó (brasileira) está diferente apenas na certidão de casamento com meu avô português - Eufrosina Maria das Dores (nome em todos os documentos) x Eufrosina Maria de Jesus (está na certidão de casamento). Vocês acham que teria alguma problema? Em todos os outros documentos, o nome que consta é o correto (inclusive na certidão de minha mãe, e na minha certidão). Tenho que fazer alguma observação?

    Estou com uma dúvida quanto ao preenchimento do 1-D.

    a) No quadro 2 - A certidão do registo de nascimento que irei apresentar é certidão emitida pela Universidade de Coimbra, que é a reprodução fiel do assento de baptismo. Devo preencher mesmo assim o item 2 do quadro 2 (onde tem as informações de Freguesia, Concelho e etc) ou posso deixar em branco já que estou apresentando essa certidão?

    b) Devo indicar algum tipo de circunstância no item 5 do quadro 2?

    c) Como sou o interessado e assinarei o documento, não preciso preencher o quadro 3, correto?

  • @lucasnc19

    Você deu uma estudada nas instruções de form-1D?

    https://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/17322/guia-para-preencher-o-formulario-1d-a-partir-de-11-de-novembro-de-2020/p1

    a) não importa. você pode obter esses dados na certidão ou deixar em branco.

    b) 5 Considera relevantes as seguintes circunstâncias: DEIXAR EM BRANCO

    c) Quadro 3: Preencher apenas quando o impresso não seja assinado pelo interessado

  • Recebi o link abaixo, mas não pude ler a matéria por não ser assinante. Então, se alguém aqui tiver acesso, poderia tentar fazer um Ctrl C pra a gente ler. Mas o título sugere que, talvez, seja esse o motivo da Conservatória em Lisboa estar procrastinando a emissão final do registro de nascimento dos novos portugueses, plebeus em sua maioria, claro, em favor da celeridade na concessão aos novos cidadãos punhos de renda. Louis XIV está de volta. Não sei se a Maria Antonieta também veio...

    https://blogs.oglobo.globo.com/portugal-giro/post/brasileiros-embarcam-em-busca-dos-milionarios-vistos-dourados-de-portugal-que-acabam-este-ano.html

    Talvez tenhamos que esperar mais um ano até a Conservatória processar esses pedidos de ouro e voltarem a andar com a fila do zé povim que não desfruta nem de prestígio social e nem de poder político-jurídico.

    Vive l'ancient regime!

  • Boa noite,

    Dei entrada no processo de neto para minha avó, tanto o avô quanto a avó dela são portugueses, porém só possuo o assento de nascimento do avô, não possuo o assento da avó e nem o casamento deles, na verdade eu não sei se eles chegaram a se casar, pois o avô foi casado com uma outra mulher anteriormente(em 1897) porém ela veio a falecer e a avó não possuia o sobrenome do avô o que me deixa mais na duvida se eles realmente casaram, minha dúvida é: só com o assento do avô terei êxito no processo ou preciso encontrar o assento da avó e esse possível casamento que não sei se realmente existe, me foi dito que como o avô foi quem registrou a filha(mãe da minha avó em 1918) não precisaria localizar esse possível casamento e o assento da avó portuguesa.

    Muito obrigado pela ajuda, tenha uma ótima noite para todos.

  • @WillyKapixaba


    A Matéria sobre os vistos gold, que são vistos de investidor. Está dizendo que vão acabar em cidades grandes como Lisboa, Porto e Algarve.


    Não acredito que essa seja a causa do atraso nas conservatórias, acho que se deve mais a mudança da lei que deixou de exigir a comprovação de laços efetivos com a comunidade portuguesa, o que acarretou uma avalanche de pedidos.

  • @WillyKapixaba

    Não sou assinante, mas li a matéria. Também não vi nada de mais.

    Parece uma matéria paga, onde divulgam os nomes de empresas e advogados que através de investimentos (no caso compra de imóveis de €500k ou mais), aplicam para cartão azul que sai em 6 meses, e daí caso se tornem residentes, passariam a ter direito a nacionalidade art-6.1 depois de seis anos (no artigo fala 5 anos, mas está errado).

    A lei vai mudar a partir de 01/jan/2022, e portanto tem essa janela de oportunidade de mais 3 meses.

    O programa gerou uma crise imobiliária e pressão nos preços de imóveis para os moradores. Não só de brasileiros, mas principalmente de ingleses, com maior poder de compra, que habitualmente passam férias ali. A partir de 2022 somente imóveis comerciais serão considerados investimento. Nada muda muito. Vão transformar apartamentos em escritórios, e alugar moradias. Mas advogados e imobiliárias (citados nominalmente), aproveitam pra faturar com a pressão: Vai acabar! Compre já! É só até sábado!

    Deixe as pessoas gastarem o dinheiro deles, e os advogados ganharem o dinheiro deles. Que isso te importa?

    Eles estariam usando a lei que beneficia a eles, tanto quanto você está usando a lei que te beneficia. Mesmo se houvesse algum impacto nos processos, só daqui a 6 anos. Mas o volume é tão pequeno, que é uma gota no oceano.

  • Se interessar a alguém, o apostilamento em Brasília está R$ 43,00.

  • @hugonpassos Obrigado! Estou nessa fase.

  • Gostaria de uma ajuda com uma dúvida com a nova lei para netos

    Meu avô português certidão está em mongadouro ele casou aqui no Brasil ( tenho todas as informações sobre casamento ) não foi feita a transcrição do casamento em Portugal (minha avó é falecida e ele também, como a filha deles minha mãe também) preciso fazer a transcrição?

    Ou posso dar entrada somente com a documentação que aparece aqui, desculpe a dúvida mas não entendi essa parte

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Denisebasso , quem foi o declarante do nascimento da filha e quando o fez?

  • Bom dia, pessoal! Para quem interessar, o apostilamento em São Luís/MA custa 104 reais.

  • @fcarneiro essa diferença de preços para apostilamento é um absurdo, considerando que é um serviço de âmbito nacional... o preço varia de R$39,48 (Rondônia) a R$124,59 (Minas Gerais)

  • Boa noite gente, o Registro de Viseu já está mandando a certidão de nascimento do avô português da minha mãe, já paguei tudo certo. Há alguma forma de rastrear a encomenda? Não consigo contato com eles

    Ou é esperar até receber aqui no Brasil.

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @pedrocabral3 , você optou por correio com rastreio?

    Se optou, eles devem ter mandado o código.

    Olhe em "Meus pedidos"

  • Não vi essa parte do rastreio na hora de marcar, creio que é o regular. Não aparece nada nos meus pedidos. Então espero até aparecer na minha casa certo? Qual é o tempo mais ou menos?

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @pedrocabral3 , depende dos nossos Correios.

    Estou aguardando duas certidões que pedi ao AD de Viana do Castelo desde 1 de julho! Claro que devem ter se perdido, lá pelos lados de Curitiba!!

  • Que vergonha.

  • DenisebassoDenisebasso Member
    editado September 26

    @Leticialele O declarante foi o meu avô português (O pai da minha mãe)

    Ela nasceu 1953

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Denisebasso , já tivemos relatos de que, quando o português foi o declarante do nascimento do filho, a transcrição do casamento foi desnecessária.

  • @Denisebasso

    A avó era brasileira? A sua mãe foi registrada pelo avô português antes de 1 ano de idade?

    Caso seja SIM para as duas respostas, é como disse a @Leticialele

  • pedrocabral3pedrocabral3 Member
    editado September 26

    No meu caso o avô português que declarou o filho brasileiro pai da minha mãe , registrou com 4 anos de idade. Esposa brasileira

    Precisarei fazer a transcrição?

  • DenisebassoDenisebasso Member
    editado September 26

    @Leticialele @gandalf muito obrigado

    ele registrou antes de 1 ano. Mais uma dúvida a minha bisavó Laurentina e bisavô Manuel está averbado o casamento que foi em 1920

    Você acha mais fácil ir pelo o meu avô José (já que não precisa averbar o casamento (filho deles) ou por elês que já tem averbado o casamento?

    Neste outro link o assento de batismo nº 26 de 1900, do bisavô Manuel Joaquim, repare que tem o casamento averbado (clica no m0123.tif):

    http://digitarq.adbgc.arquivos.pt/viewer?id=1301697

    Obrigado pela dedicação e desculpe incomodar com essas dúvidas

  • LeticialeleLeticialele Member, Moderator

    @Denisebasso, o casamento que está averbado em Portugal é dos bisavós?

    Quem vai pedir a nacionalidade?

    Se for você, como neta, não pode ser pelo bisavô! Tem que ser pelo avô!

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.