Glossário

AdminAdmin Member, Banner, Administrator

Contribuição de @scarvalho210:

Assento: Certidão portuguesa seja de nascimento ou casamento.

Assento de batismo: São os registos anteriores a 1911 feito pelas paróquias.

Arquivo Distrital: São os locais onde estão arquivados os assentos de batismo, geralmente são administrados por Universidades.

Atribuição: São os processos adquiridos por linha de sangue (caso de filhos e netos). Nesses processos é possível passar para as próximas gerações.

Aquisição: São os processos adquiridos por vontade do Requerente (caso de casamento, residencia). Nesses processos é possível passar o direito APENAS para filhos menores (observando se o filho já era nascido antes da nacionalidade ou depois da nacionalidade).

Apostila de Haia: É a certificação internacional que permite que os documentos emitidos no Brasil sejam aceitos em Portugal e vice e versa. Documentos emitidos em Portugal não precisam de apostila para processos de nacionalidade (assentos e formulários).

ACP: Arquivo Central do Porto, uma das maiores Conservatórias.

Autenticidade: É a assinatura que precisa ser no formulário. É a assinatura feita presencialmente no cartório de notas ou no Consulado português.

Averbação/Anotação: informação de atos civis ocorridos no Brasil.

Conservatórias: São como os cartórios brasileiros, são os locais onde são feitos os registos civis,predial e comercial.

CRCentral: É a sigla para Conservatória Central (a maior Conservatória em Portugal que reúne os pedidos enviados pelos Consulados e os processos de aquisição).

Certidão em cópia reprografica: É a cópia exata das informações constante no livro do cartório. Só o cartório pode fazer esse documento.

Formulário 1C: Formulário usado em processo de filhos de pai/mãe português.

Formulário 1D: Formulario usado em processo de netos de português.

Inteiro teor digitada: Certidão digitada com as informações constante no livro do cartório. Essa certidão é usada só em processos de Transcrição de casamento ou para conferir certidões reprograficas.

Prova de vida: É uma declaração feita por escritura pública em cartório ou no Consulado para provar que o requerente está vivo. É solicitado para requerentes acima de 70 anos. Obs: Não é recomendado enviar antes de solicitarem.

Transcrição: Informação de atos civis do português ocorrido no exterior em seu assento de nascimento.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.