Documentos necessários para Transcrição de Casamento

Vou dar entrada no pedido de atribuição para a minha sogra, que é filha de português, os documentos dela já estão todos certos. Depois vamos pedir a atribuição para meu esposo. Como ele foi registrado pelo pai dele, acredito ser necessária a transcrição do casamento. Certo? Alguém sabe me dizer quais os documentos preciso para pedir a transcrição de casamento? Ou onde tem aqui no forúm? Eu não consegui encontrar. Obrigada
«1

Comentários

  • @tatiana, sim, por ser portuguesa a mãe do esposo precisa fazer a transcrição.
    O pai da sua sogra fez a transcrição de casamento ou casou em Portugal? O português foi o declarante da filha na certidão de nascimento?
  • Olá @adelaide. o pai da minha sogra se casou aqui com uma brasileira. A transcrição do seu casamento e óbito já foram feitas, um dos irmãos da minha sogra já tem a cidadania. O português não foi o declarante da filha.
  • @tatiana recebi esse email de tondela, perguntando sobre a transcrição de meu pai (português) com minha mãe (brasileira).




    Ex.º Senhor:
    Agradecemos o contacto de V.ª Ex.ª.
    O processo de transcrição de casamento deverá ser instruído com certidão de casamento, legalizada ou apostilhada e certidão de nascimento do noivo estrangeiro, legalizada ou apostilhada.
    O requerimento para a transcrição de casamento deverá identificar os noivos e indicar a forma, local e data da celebração do casamento. Também deverá indicar a nacionalidade dos noivos, o primeiro domicílio conjugal e se foi ou não organizado processo de casamento em consulado português. A assinatura do requerente deverá ser reconhecida presencialmente.
    O emolumento é de €120.
    O vale postal deve ser emitido em favor do IRN,IP e remetido para:

    Conservatória do Registo Civil de Tondela
    Rua Dr. João Almiro Melo Menezes e Castro, 57
    3460-584 Tondela
  • Obrigada @renan.

    Outra dúvida que tenho é. Preciso espera o fim da conclusão do processo de atribuição da minha sogra, para só então solicitar a transcrição do seu casamento?
  • @tatiana, sim, só após a atribuição, caso contrário não tem como transcrever. Faça em Ponta Delgada ou 4ªCRC de Porto
  • Obrigada Adelaide. Pensei em fazer por Ponta Delgada. Assim que fizer posto aqui para a gente ver o tempo que irá gastar.
  • @tatiana, meu filho fez em Ponta Delgada agora em março passado. Ele mandou antes do Carnaval e final de março ficou pronta.
  • bom dia!!

    Sendo o cidadão português(por aquisição ou atribuição)a dar entrada na transcrição do próprio casamento com cidadã brasileira há necessidade da certidão brasileira do cidadão português ou pode ser só com a portuguesa?
  • Boa noite,
    Alguém poderia por favor me enviar o Modelo de Requerimento para Transcrição de Casamento que serve em Tondela?
    Olhei no tópico "Dicas e Informações Gerais", tem um link lá, mas ele não abre, dá erro.
  • @Ana , só mudar a cidade do requerente( se vc não morar no Rio de Janeiro).
    https://drive.google.com/file/d/0B5DZFyh-5xTUZ0ttT05zX1E0TmM/view
  • edited June 2017
    Muito obrigada @VladPen
  • Ola.

    Tenho um duvida.
    Preciso transcrever o casamento do meu bisavô portugues que se casou com uma brasileira em 1928.
    ja tenho a certidao de nascimento dele, e de casamento aqui no brasil.
    preciso enviar tambem a certidao de nascimento dela? brasileira

    ou nao tem necessidade ?

    obrigada
  • edited September 2017
    @Dayana.a certidão da bisavó tb precisa.
  • edited September 2017
    Boa noite
    Depois de uma longa procura, pagamentos em vão para assessorias. Eu encontrei sozinha no livro do arquivo o batismo do meu bisavó. Enfim, como venho acompanhando faz tempo o fórum.
    Li em algum tópico , sobre enviar os dois processos.
    Enviar o de transcrição do casamento do Português e o de atribuição do neto.
    Isso procede?
    Ou primeiro envio de transcrição e qdo der OK, posso enviar o outro?

    Se puderem me ajudar, agradeço !!
  • @Lucieny,primeiro a Transcrição de casamento do português.A Atribuição do neto tem q seguir a nova lei estabelecida.

    http://consuladoportugalsp.org.br/atribuicao-de-nacionalidade-para-netos-de-portugueses/
  • edited September 2017
    @Vlad . Obrigada pelo retorno. Estou seguindo a nova lei com a ligação efetiva principalmente.E vc conseguiu dar entrada na sua?Acho q li hj algo seu. Que estava indo a Tondela?
  • @Lucieny meu processo é Aquisição pela lei antiga para netos.Dei entrada em Maio.
  • @Vlad boa tarde, ou alguém sabe me responder o que faco? Por favor!!!
    La no livro não consta o nome do pai dele, somente mãe e a data nas certidões aqui são dia 24 de dezembro( casamento e óbito) e la esta 27 de Dezembro.
    Tenho que arrumar antes de transcrever? Precisa fazer isso? Ou na conservatória aceita assim mesmo?
    Obrigada...
    Desculpem se tiver isso em alguma outra resposta, mas não achei!!!
  • @Lucieny, vc disse que não consta o nome do pai dele.. seria o pai do português..podia detalhar mais ?
  • @vlad, sim o nome do pai do português, como ele nasceu 1888, no livro que achei o batismo, esta so o nome da mãe e sem o sobrenome. Li que eles não usavam no batismo o sobrenome do pai , somente quando casavam. Mas esta sem os dois( o sobrenome e o nome do pai) quando o português ( meu bisavó) foi se casar aqui no Brasil, ele declarou no cartório , pai falecido. O q pode ter ocorrido ate mesmo antes do nascimento dele.Por isso da certidão nao constar.
    Tenho registro dele aqui quando foi casar sem o sobrenome também, mas com o nome do pai e da mãe. E a data dos documentos esta divergente em 3 dias do dia 24 para dia 27 de Dezembro.
    Agora nao sei o que faço, se mando transcrever assim mesmo. Ou devo corrigir antes?
    Vc sabe me dizer se preciso da certidão em mãos ou so o email do arquivo que diz o livro e a pagina pra fazer a transcrição?
    Agradeço mais uma vez sua atençao!!
  • edited October 2017
    @Lucieny, as Conservatórias exigem cópia certificada para portugueses nascidos anterior a 1911 no processo de atribuição de nacionalidade.Acredito que para transcrição de casamento o e-mail deve servir, mas não tenho certeza. O seu bisavô nasceu em que ano?
  • @lucieny
    Então, estou na mesma situação que você
    Encontrei a certidão de batismo do meu bisavô nascido em 20 de janeiro de 1901.
    Onde só existe o nome da mãe .
    Porém em seu casamento aqui no Brasil ele declarou o nascimento em 11 de fevereiro de 1901.
    E agora estou entrando com um processo de retificação da data de nascimento no cartório.
    De todo modo o pai nunca foi declarado em nenhum documento. Como se o mesmo fosse desconhecido.
    Ainda estou na busca da certidão de nascimento da minha bisavô, brasileira que se casou com ele. Para fazer a transcrição do casamento em alguma conservatória de Portugal.
    Se você tiver todos os documentos : certidão de casamento, e nascimento de seu bisavô e sua bisavó será possível enfim fazer a transcrição.
    Acho que o fato do pai não estar na certidão de nascimento e também não ter sido declarado no casamento não será impecilho para a transcrição .
  • @vlad, ele nasceu em 1888, aqui quando chegou declarou ter nascido em 1892 e no casamento e óbito tbm.
    @dayanaps, tenho as certidões de casamento, óbito dele e nascimento dela. So as datas q estão confusas. E me preocupou o pai, pelo sobrenome nao constar e nem ele na certidão. Sera q devo retificar todas aqui no Brasil?
    Mas acredito que na época deveria ser bem bagunçado. E não levavam a serio datas.
    No registro de estrangeiro, qdo chegou aqui em 1911 . Esta como nascido dia 24 de dez 1892. La no batismo dia 27 de dezembro 1888. Tenho aqui uma carteira de vacinação. com data de 24 de dezembro 1887. Ou seja o numero 24 e 27 sao parecidos. e 1888 e 1892 ditos de forma rápida também confundem.E também seria a data de exercito. Chegaria aqui com 18 se nascesse em 1892. e se fosse na data certa com 24 anos.
    Nao sei levanto todas hipoteses. No exercito Portugues tambem esta como 1887.
  • @lucieny

    Todas as pessoas que falei em Portugal me instruíram a retificar o casamento de modo que esteja igual ao nascimento.
    Visto que o nascimento é o primeiro documento de valor de uma pessoa.
    Foi assim que me explicaram.

  • Boa tarde pessoal, para transcrever meu casamento preciso da certidao de casamento de inteiro teor por copia reprografica, certidao de nascimento da minha esposa
    De inteiro teor por copia reprografica ?, e para atribuir minha filha menor de idade preciso da certidao de nascimento dela de inteiro teor por copia reprografica ?
  • @Leonardo..para transcrição de casamento = certidão de inteiro teor apostilada
    Para atribuição de nacionalidade =certidão por cópia reprográfica apostilada.
  • Bom dia. Irei enviar junto para Tondela a minha transcrição de casamento e o processo de atribuição da minha filha menor de idade.
    A minha dúvida é em relação ao RG do meu marido. O documento tem mais de 10 anos. Posso ter problema por causa disso?
  • @Daniela Brandão...Tondela aceita CNH.
  • Muito obrigada, Vlad!
  • Estou querendo entrar com o processo pessoalmente lá em Portugal e para isso gostaria de tirar algumas duvidas:
    1 Meu avô casou e morreu aqui no Brasil, sei que preciso registrar o casamento e o óbito certo?
    2 Minha avó Brasileira preciso registrar o óbito dela também?
    3 Para fazer o registro de casamento deles preciso da certidão de nascimento dela Brasileira?
    4 Minha mãe Brasileira já falecida preciso fazer o registro do nascimento e óbito dela?
    5 Pretendo ir a Portugal em novembro para dar entrada no processo e sei que posso fazer os registros de casamento e óbito no vice-consulado aqui de minha cidade, gostaria de saber se fizer os registros via consulado quanto tempo em media eles confirmam os registros ou é melhor fazer tudo de uma vez lá em Portugal?
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.