Antecedentes Criminais EUA/Intercâmbio

Boa tarde!

Eu dei entrada no processo de aquisição da nacionalidade por ser neto de português, mas estou com um problema: Eu morei por 1 ano nos EUA (intercâmbio de 1 ano com visto J-1).

Fui atrás da certidão de antecedentes criminais dos EUA (a do FBI) e em seguida traduzi ela aqui no Brasil.

Hoje liguei para o consulado para saber se precisava apostilar a tradução e a atendente do consulado me disse que preciso que seja feito o apostilamento e tradução nos Estados Unidos! Isso procede? Alguém já conseguiu fazendo o apostilamento aqui da tradução?

Eu realmente preciso desses antecedentes já que foi um intercâmbio? Isso configura "morar" nos Estados Unidos?

Espero que vocês possam me ajudar, já que esse processo de enviar o documento novamente para os EUA sem ter alguém por lá deve ser um tanto difícl!

Obrigado,
Tiago Travassos de Lima

Comentários

  • @Tiago T. de Lima,
    as certidões em outra língua devem ser traduzidas por tradutor juramentado e apostiladas.
    Mas, você pode fazer a tradução e apostilamento aqui no Brasil, sem problema algum.

  • edited November 2016
    Mas então Márcia, eu entrei em contato com o consulado e eles querem o documento dos EUA com a apostila dos EUA, o que faz sentido, mas é um tanto chato de conseguir:

    1 - Você paga o envio e as taxas do FBI e então recebe o antecedentes dos EUA

    2 - Depois, manda para lá de novo (dessa vez para o Office of Authentications) pagando o envio e as taxas e aí então você vai receber o documento com a apostila.

    3 - Finalmente, você pode pedir a tradução juramentada de alguém daqui.

    4 - Ah, e não se esqueça de reconhecer a firma do tradutor (pergunte para o tradutor(a) onde ele(a) tem firma).

    Para quem for passar pelos mesmos problemas que eu, os sites:

    FBI Background Check: https://www.fbi.gov/services/cjis/identity-history-summary-checks

    Apostille - USA: https://travel.state.gov/content/travel/en/legal-considerations/judicial/authentication-of-documents/apostille-requirements.html

    Tradução Juramentada no RJ: http://www.atprio.com.br

    ____________________________________________________

    @Marcia Marcia, eu também entendi ao ler o site do consulado do RJ que seria necessário apenas a legalização daqui em cima da tradução, mas eu acho que não funciona assim(ou pelo menos eles conseguiram me enganar pelo telefone!), você conhece histórias de pessoas que conseguiram apenas com a apostila em cima da tradução, ou seja sem apostila no documento original de fora?

    Obrigado!

    T.T.L

  • Tiago, não fazemos os processos pelo consulado exatamente por causa dessa burocracia. Sugerimos que envie seus documentos pelos Correios direto para uma conservatória.
  • @Tiago T. de Lima,
    o documento original dos EUA, deve ser apostilado nos EUA.
    Porém, o documento traduzido, deve ter a firma reconhecida de quem assinou a tradução e ser apostilado onde foi traduzido (no caso, Brasil).
    Ambas as certidões devem ser apostiladas (a original e a traduzida).
  • @Wesley Como é esse processo direto com Portugal? Poderia mandar um link do passo a passo deles? Eu talvez não consiga aproveitar esse caminho da conservatória já que acabei pagando o boleto de agendamento por pensar que já estava com todos os documentos. Mas talvez seja mais fácil para meus irmãos.

    @Marcia Acredito que seja isso mesmo, lá vou eu gastar mais 200 reais para mandar e receber a apostila dos EUA.

    Obrigado!
  • @Tiago
    Se eu fosse você, desistiria do processo do consulado. Vai levar um tempão.
    Aqui mesmo no forum, olhe os topicos de aquisicão/naturalizacao. Tem todo o passo a passo. Se não servir para você, vai ser vir para seus irmãos. E façam logo. Se a nova lei for regulamentada, fica mais chatinho, tendo que comprovar ligação efetiva com Portugal.
  • @Tiago T. de Lima,
    veja bem, de qualquer maneira, precisará das certidões da forma que comentei.
    Nem estava pensando que você iria fazer nada pelo consulado, que obviamente é uma furada!

  • edited November 2016
    @Tiago Vc ja encaminhou seus documentos? Isso entrou em exigência? Pq eu estou em um caso parecido, mas ja encaminhei meus documentos e informei q não morei. Imaginei q não houvesse problema, ate porque so soube disso quando fui preencher o formulário e ja estava encaminhando a portugal.

    Pessoal, Caso entre em exigencia, terei de pedir apostilamento do documento na Irlanda que é o meu caso? No brasil ja entendi q sim, mas e a Irlanda, alguém sabe de algum caso?

  • Ahh, so um detalhe. Não encaminhei pelo Consulado e sim para conservatória Tondela.
  • @Graciele Izidoro, vá ao consulado da Irlanda. Meu filho está na Inglaterra e a cópia do RG que Tondela exige apostilada lá ele fez a legalização no consulado.
  • @M Adelaide, obrigada. Assim q eu receber o documento faço isso então. Caso entre em exigência. Vamos torcer que nao.
  • Olá @Graciele Izidoro,

    Você tem alguma posição do seu processo? Caiu em exigência ou conseguiu tudo tranquilamente? Minha irmã morou nos Estados Unidos, mas também não pretende informar.
  • edited April 2017
    Caro Tiago,

    Eu tive um problema parecido com o seu. Eu fiz um intercâmbio para estudar em um pequenino país da Europa, chamado Liechtenstein. Eu tive que obter o certificado de lá, e apostilhar. Eles me deram duas opções: ou eles me enviavam direto, ou alguém iria lá munido de uma procuração minha e iria conseguir o documento. Eu pedi a um amigo que fizesse isso por mim, pois essa era a opção mais barata. Ele só me enviou uma cópia escaneada, e, ao meu pedido, guardou o documento.

    Quando eu liguei para a conservatória para pergunta sobre isso, eles me disseram que precisariam do original apostilhado. Então, começou o meu maior martírio nesse processo. Eu pedi ao meu amigo que apostilhasse o documento e me enviasse depois. Ele conseguiu apostilha rapidamente, mas como sempre os correios falharam miseravelmente, e demoraram quase 2 meses para me entregar o documento.

    No seu caso em específico, eu não conhecia seu visto. Eu conheço um pouco do processo imigratório dos EUA, e eu acho que no seu caso o documento é necessário. Entretanto, se eu fosse você, eu ligaria para a embaixada ou consulado americanos, explicaria sua situação, e perguntaria se realmente você precisa do documento no seu caso. Se não, peça uma declaração oficial, e envie isto à Portugal. É a maneira de ficar resguardado.

    Graciele & Michelle,

    Até onde eu sei, os registros criminais são uma exigência antiga da lei. Com certeza, tal imposição já existia no começo de Fevereiro de 2015, e creio que bem antes disso já era exigido.

    Honestamente, eu acho uma péssima ideia vocês omitirem isso. Estão brincando com a sorte. Se der problema, acredito que será bem grave pra vocês, pois neste caso deixa de ser uma simples ausência de documentação pra ser um mentira em um documento assinado por vocês. Eu creio que vocês possam ter uma encrenca bem grande por isso. Melhor fazer o procedimento correto. Mas essa é apenas minha opinião.




  • @Bruno Saboia,
    muito bom seu relato. Imagino a experiência que teve em Liechtenstein.

    @Graciele Izidoro, @MichelleCorrea,
    o @Bruno tem razão. Não se deve omitir nada neste processo.
    Até porque, o processo de aquisição pode ser negado. E, omitindo que moraram em outro pais, o SEF pode considerar que se esteja omitindo algo mais grave. Além disso, realmente, caracteriza-se uma mentira em um documento assinado e registrado.
  • Obrigada pela resposta e opinião de vocês. Eu realmente não vou omitir isso, até porque, moro nos Estados Unidos e não tenho como esconder.
  • Pessoal, mas o que caracteriza residir em um pais? Se voce ficar uma semana la esta residindo la ? E seis meses ? E um ano ? Quando passa a ser residencia ? O criterio eh subjetivo ?
  • Pessoal, eu estou com algumas dúvidas para requerer o background check dos Estados Unidos aqui pelo Brasil. Como faço para fazer os fingerprints? Obrigado!
  • Ainda precisa de registo criminal dos outros paises que residiu?

    Decreto-Lei n.º 71/2017: "levante consiste na previsão da dispensa de apresentação do certificado do registo criminal do país da naturalidade ou do país da nacionalidade quando o interessado não tenha neles residido em idade relevante para esse registo (ou seja, após os 16 anos). São abrangidos por esta dispensa, por exemplo, todos os interessados que, tendo nascido em Portugal, sempre aqui tenham residido, nunca tendo residido ou sequer viajado para o seu país de nacionalidade. Também aqui se elimina uma exigência burocrática carecida de razoabilidade, contribuindo-se para a agilização do respetivo procedimento administrativo."

    https://dre.pt/home/-/dre/107541407/details/maximized
  • @Mei você tem alguma referência que Portugal considera residência depois de 180 dias no pais durante 1 ano? obrigado!
  • edited August 2018
    Pessoal, o FBI disponibilizou à poucos meses o atestado criminal on line.

    Este processo é muito mais rápido, e após enviarmos as digitais, e receberem em sua sede ( FBI - West Verginia), dentro de 48 horas é disponibilizado o atestado on line.

    Estou em contato direto com a conservatória de Lisboa, que havia me solicitado este atestado, pois morei 1 ano na Califonia em 2013. Entretanto, após o documento disponível on line pelo FBI, fiz o processo padrão, traduzi e apostilhei. Após enviar para Portugal, com cerca de 1 mês, recebi uma carta da Conservatória, dizendo que eles querem realmente a via original.

    Entrei em contato imediatamente com o FBI ( via email e telefone ), para questionar se realmente havia diferença, uma vez que a Conservatória estaria dizendo que sim, haveria diferença. O FBI achou estranho, pois disseram que não há absoluta nenhuma diferença entre ambos os documentos originais e on line, e que ambas as assinaturas nos documentos são eletrônicas. Enviei uma nova mensagem à Conservatória de Lisboa com o anexo da mensagem por email do FBI, tentando provar quanto à veracidade do documento. A Conservatória simplesmente me respondeu : " Se mantém a última informação prestada", ou seja, precisarei enviar o documento original.

    Solicitei ao FBI a via original, que me comunicou que dentro de 4 semanas estaria recebendo o documento em minha residencia, exatamente igual ao que havia imprimido on line, o que me deixou bastante preocupado. Estou aguardando à 1 semana. Já enviei todos os demais documentos, e só falta este para finalizar meu processo de naturalização por parte do meu avô.

    Como vi algumas pessoas por aqui comentando que o apostilhamento deveria ser feito nos EUA, minha dúvida é, se realmente a informação do FBI for correta, de que não há diferença no atestado on line e versão enviada original, o entrave deste documento deve ser por conta que fiz o apostilamento no Brasil, quando deveria ter sido feito nos EUA?

    Obrigado,
  • Estou com um grande problema, recebi o meu antecedentes criminais dos Estados Unidos em casa, porém agora preciso enviar de volta para lá pois precisa fazer a apostila pelo Office of Authentications.

    Alguém sabe como faço o pagamento da apostila do documento no Office of Authentications.? E se eu pago o frete só de ida ou de ida e volta ? Como pagaria e calcularia a volta caso necessário ?

    Obrigado
  • @marccushenrik eu esclarci um pouco mais do processo no decorrer dos ultimos dias. Pelo visto o documento alem de ser apostilado na origem, tambem devera sofrer a traduçao ao portugues e depois ser apostilada novamente.

    Existem diversas empresas nos eua por ex, de apostilamento. Voce só devera entrar em contato via telefone ou email com eles, e enviar o documento. Cada apostilamento custa cerca de $195 e estou fazendo o processo todo com eles, sem me enviarem de volta para o Brasil, e sim apos apostilado, traduzido, e apostilado finalmente, enviarão direto para Lisboa. O processo todo após a chegada do documento fisicamente nas maos deste "despachante", custará em torno de $500, considenrando dois apostilamentos, 1 traduçao para o portugues e o envio direto para Lisboa.

    A empresa da a opçao de prioridade, que diz que o apostilamento demora de 1 a 3 business days para ficar pronto. O processo inteiro descrito acima, em torno de 10 dias.

    Segue link da empresa para ajudar:

    https://www.onesourceprocess.com/
  • Boa Noite

    A minha duvida é que morei 2 anos na Italia, meu marido trabalhou como adido naval na Embaixada brasileira. Ja procurei na internet onde tirar os antecedentes criminais na Italia mas nao achei. Quando eu conseguir esse documento deve ser apostilado na Italia depois traduzido aqui e apostilado a tradução. Seria isso?
  • @Denise Mello

    Sim.Qualquer documento de língua não portuguesa deve ser apostilado no pais de origem,traduzido para a língua portuguesa e apostilado no Brasil
  • edited January 11
    Gostaria de saber se a experiência que tiveram com a [APAGADO]
    Foi adequada e confiável.
    Eduardo
  • edited January 11
    Gostaria de informar aos interessados que requisitei os serviços da [APAGADO], conforme link acima, e tive uma experiência muito ágil e eficiente da parte deles. Claro que o custo não é barato, mas são muito ágeis.
    Eduardo
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.