Transcrição de Casamento ( CRC Tondela )

Boa tarde pessoal ,

Estou preenchendo o requerimento da transcrição de casamento por Tondela , no campo " 1 º nubente " , estou colocando exatamente o nome que está na certidão de nascimento do portugues , como ele nasceu antes de 1900 , não usava o sobre nome do pai , e assim foi feito na 2 º nubente .

Coloquei " João Maria " mesmo modo que está na certidão de nascimento dele , depois ele passou a usar " João Maria de Miranda Paciencia " e coloquei o nome dele completo lá embaixo " nome dos nubentes adoptado após o casamento " , tem algum problema ? ou lá no 1 º nubente , tenho que colocar o nome completo , independente de como está no assento dele ?

Outra duvida , na certidão de casamento de inteiro teor ,não tem a hora e nem minutos que foi feito a celebração , e nem o nome da noiva que passou a usar após casada , porém na certidão de óbito dela , fala-se que incluiu o " miranda " , coloquei no requerimento como se ela adquiriu o sobrenome miranda , tem algum problema também ?

«13456789

Comentários

  • @Sergio Miranda,

    no 1o nubente, vc deve colocar o nome inteiro dele (como no registo de assento de nascimento). Na certidão de batismo não aparece o nome completo, mas não significa que ele não o usasse.

    Qto ao nome da noiva, ok.
  • @Marcia e quanto a " hora e minutos " tem problema deixar em branco ou irei te que usar o bom senso e colocar uma hora aproximada ?
  • @Sergio Miranda,

    se não tem na certidão, deixe em branco.
  • Tondela aina está aceitando??
  • Está sim @Carla , estão finalizando em um prazo de 3 dias uteis mais ou menos , obrigado @Marcia !
  • Aproveitando o post, estou com uma dúvida no preenchimento do formulário.

    Minha mãe, que será portuguesa através de atribuição, irá transcrever seu casamento no mesmo momento (mandarei os dois processos juntos).

    No começo do formulário, ela que deve preencher como requerente, correto?

    Na parte "venho requerer a V. Exa. na qualidade de: (grau de parentesco ou procurador(a) ................. a transcrição do casamento de:

    O que a minha mãe deve preencher neste espaço?
  • @leandro , se a sua mãe for filha do portugues , neste espaço em " Grau de Parentesco " deve-se colocar " Filha "
  • @Leandro,

    Conforme a Marcia comentou em outro tópico, no espaço para o grau de parentesco pode colocar "a própria".

    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/comment/46996/#Comment_46996
  • Pessoal, estou com algumas dúvidas:

    1) Tondela aceita o modelo de requerimento de transcrição de casamento do Consulado do Rio de Janeiro?

    2) Quem assina o requerimento pode ser o filho do casal ao invés dos próprios cônjuges?

    3) A partir de 14 de agosto não preciso mais legalizar as certidões e RG no Consulado e no Itamaraty? Basta que sejam cópias reprograficas com selo?

    4) Na certidão de casamento que tenho já consta o divórcio e até posterior falecimento da cônjuge não portuguesa. Sou obrigado a transcrever o divórcio?

    Obrigado!
  • Olá, @Brant,

    1. sim
    2. sim, e neste caso, enviar cópia autenticada do RG, para provar a filiação
    3. não mais legalizará no consulado, mas elas devem vir apostilhadas do cartório
    Qto a ser por cópia reprográfica ou conter selos, nada tem a ver com a Apostila de Haia
    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/4347/novas-regras-explicacoes-finais-de-ponta-delgada-tondela-e-ovar
    4. não
  • Muito obrigado, @marcia!
  • @Marcia, esse modelo do consulado do Rio deve ser preenchido à mão ou editado no word?
  • @Roberto Brant,preenchido a mão
  • Olá pessoal, uma dúvida muito grande está me matando hoje o dia todo.
    Hoje recebi o assento de minha mãe que passou a ser cidadã portuguesa, e agora vem as questões:
    1. Ela tem em seu assento o nome de solteira, no entanto nas certidões de inteiro teor e reprográfica enviadas para o processo de atribuição tem todo o histórico de nascimento (Dirce Alice Ramalho), e no casamento passou chamar Dirce Alice da Silva e após o divórcio voltou a usar o nome de solteira Dirce Alice Ramalho, Só que nos nossos documentos somos filhos de Dirce Alice da Silva.
    FAZENDO A MINHA SOLICITAÇÃO DE ATRIBUIÇÃO ELES VÃO ENTENDER QUE SOU FILHO DE DIRCE Alice Ramalho??? No 1c eu devo colocar os dados dela como consta no assento português correto? Mas como isso vai ser visto por eles por lá???
    2. Vou ter que fazer averbamento ou transcrições de casamento em Portugal para conseguir dar entrada no meu processo de atribuição?
    3. Fazendo só a transcrição ou averbamento do casamento dela para constar que sou filho dela já consigo dar andamento no meu processo???

    Obrigado mais uma vez pessoal.
  • @alexandreperegrino,
    Você pode enviar a transcrição do casamento dela juntamente com a sua atribuição.
    Na transcrição vc vai mandar a certidão de casamento dos seus pais + requerimento de transcrição + certidão de nascimento do seu pai+ cópia do RG dela se for ela quem assina o pedido de transcrição se for vc quem vai pedir é o seu RG , claro tudo legalizado ou melhor, com o apostilhamento.
    Esse caso é igual ao meu,Em Portugal sua mãe ficará casada se for interesse dela casar novamente e morar la, tem que homologar o divórcio la em Portugal, caso contrário não, deixe a sua mãe casada lá.Isso não impede nada sua atribuição.No seu formulario 1c você vai colocar o nome da sua mãe igual está em sua certidão de nascimento e seu RG.
    BOm, foi assim que fiz, seguindo orientações... Se eu estiver errada... Alguem me corrija. @Marcia.
  • Olá a todos,
    Bom Dia!

    Esse mês pretendo dar entrada no processo de transcrição do casamento dos meus avós pela CRC Tondela. Como vi que algumas regras mudaram, li vários posts sobre o assunto e fiquei com algumas dúvidas. Fiz uma lista de tudo o que preciso providenciar e gostaria de pedir a ajuda de vocês para confirmar se tudo está correto.

    [ ] Certidão de Nascimento do português AVÔ (cópia simples)
    [ ] Certidão de Nascimento do português AVÓ (cópia simples)
    [ ] Certidão de Casamento de inteiro teor emitida há menos de 180 dias, firma do oficial que a assina reconhecida, legalizada no consulado (ou apenas apostilada pela Convenção de Haia após 14/08)
    [ ] Requerimento (enviado por email pela conservatória), com assinatura reconhecida por autenticidade no cartório, ou reconhecida no consulado (ou apenas apostilada pela Convenção de Haia após 14/08)
    * DÚVIDA: O Requerimento deverá ser preenchido e, posteriormente, assinado e datado no consulado? Visto que sou neta, eu posso preencher e assinar esse requerimento?
    [ ] Vale postal no valor de 120 euros
    * DÚVIDA: o Vale Postal deve ser emitido/assinado pela mesma pessoa que assinou o requerimento?
    [ ] Cópia simples do documento de identificação da pessoa que assinou o requerimento

    Desde já agradeço a ajuda de vocês.

    Abraços!
  • Pessoal, irei enviar para Tondela o pedido de atribuição da minha avó + a transcrição do casamento dela com o meu avô. Tenho algumas dúvidas e ficaria grato se alguém puder me ajudar:

    1) Nos dados da nubente, a naturalidade dela eu coloco brasileira ou já coloco como portuguesa?
    2) Nos dados relativos à celebração do casamento, o que eu preciso colocar nos campos "celebrante" e "casamento"?
    3) No caso de documentos exigidos em ambos os pedidos (como por exemplo a certidão de casamento para a transcrição e a cópia dela autenticada para ser anexada no 1C ), eu posso enviar apenas o original ou preciso realmente enviar o original para um processo e a cópia para o outro processo?

    Abraços
  • @Luiz Fernando

    1- brasileira

    2- Celebrantes vc tem que ver na certidão de casamento.
    Casamento se foi civil e religioso marca os 2.

    3- Envia somente o original.

    O formulário para transcrição em Tondela é o mesmo que tem no site do Consulado

    http://www.consuladoportugalrj.org.br/servicos_consulares/atualizacao-de-estado-civil-casamentos-sem-pacto-antenupcial-entre-portugueses/
    Clique em documentos necessários e depois em clique aqui
  • @Maria, eu estou em São Paulo e a assinatura por autenticação vai acontecer em São Paulo.
    Neste caso, eu posso REMOVER o logotipo do consulado do RJ e ali em baixo alterar o local? (São Paulo, ..... de........ de........)
  • Boa noite, estou preenchendo o Requerimento de Transcrição de Casamento e estou com uma dúvida...
    estou mandando atribuição + transcrição
    no caso escrevo "A nubente: Brasileira" correto?
    Bom, sendo assim no quadro do "Se um dos nubentes for estrangeiro" deixo em branco já que os dois são brasileiros?
  • Pessoal,

    Vi em algumas listagens aqui no fórum sobre os documentos para transcrição de casamento, o seguinte:

    - Certidão de casamento de inteiro teor (não precisa ser reprográfica), com reconhecimento de firma do notário que a assina e apostilada em cartório;
    - Certidão de nascimento de inteiro teor (não precisa ser reprográfica), com reconhecimento de firma do notário que a assina e apostilada em cartório;
    - Requerimento com a assinatura reconhecida por autenticidade em cartório;
    - Cópia autenticada do RG do declarante no requerimento;
    - Vale Postal de 120 euros.

    Mas eu tenho uma dúvida:

    Para transcrição de casamento, as certidões precisam ser necessariamente apostiladas para TONDELA? Já vi post dizendo que só para atribuição que se aplicariam os apostilamentos. Isso me gerou dúvida.
  • @Renato, precisam sim apostilamento em todo documento brasileiro para que sejam reconhecidos como legitimos fora do nosso país.
    Nao precisa reprografica para transcrição!
  • @Renato
    Lembrando que a certidão de nascimento para transcrições de casamento é a do cônjuge não português...
  • Bom dia!

    Eu já enviei todos os documentos para Tondela, para fazer transcrição e atribuição. Alguém sabe a média de tempo que leva a partir do momento que o documento chega la? Outra coisa tb, se alguma coisa estiver errada eles enviam algum e-mail avisando?

    Obrigado
  • @Lucas, qualquer problema entrarão em contato pelo e-mail que vc informou.
    Tempo de chegada depende por onde enviou, não perguntou no local?
  • Eu enviei pelo correio mesmo, deu 8 dias uteis pra chegar, mas o que eu queria saber é se demora o processo mesmo em Tondela. Eu ligaria pra perguntar mas a instrução do fórum é que não ligue pois eles ja estão atolados. Eu tenho uma transcrição e uma atribuição a fazer e queria saber se esta demorando muito
  • @Lucas, tem demorado muito!! Eles estão lotados!!
    Espere entorno de 3 meses, menos que isso não sairá e esse tempo pode ser ainda maior.
    Eles estão finalizando agora os processos que chegaram em outubro!!
  • Pessoal, boa tarde,

    Minha tia tirou a cidadania pelo consulado em 2012 ( tem um documento com o número de assento/ seria válido? para atribuição?)

    Ela se declarou como solteira no processo.
    Minha prima (filha dela) está começando a tramitar a atribuição dela, mas estamos com dúvidas.

    - Ela não declarou o casamento dela e já se divorciou e se casou novamente

    - O declarante na certidão da minha prima é o pai dela.

    - Minha tia não alterou o nome em nenhum dos casamentos

    Será necessário a averbação do primeiro casamento ( pai da minha prima), do divorcio e do novo casamento?

    Minha prima vai fazer um curso no segundo semestre e estamos muito preocupados em enviarmos os documentos errados.
    Queremos fazer por tondela.

    Desde já agradeço pela ajuda!
  • @Rodrigo

    A sua tia terá que transcrever o casamento para que a sua prima possa ser atribuída. Única forma de provar a ligação com o declarante do nascimento da filha. Os dois processos podem ser enviados em um mesmo sedex para uma Conservatória em Portugal. Se a sua tia não pretende morar em Portugal não precisará homologar o divórcio. Mas, terá o estado civil de casada em Portugal.
  • @marizaguerra

    obrigado mais uma vez e
    desculpe a confusão com os tópicos!!

    Ela agora está em outro casamento. terá problemas com a documentação/certidão de casamento anterior(pai da minha prima)? Sabe quais são os documentos e procedimentos necessários nesse caso?

    obrigado
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.