Transcrição de casamento em Portugal.

13»

Comentários

  • @Chrisstina

    Seria melhor vc fazer a transcrição do casamento antes de ir.Assim,vc já entrará em Portugal como esposa de portugues,Faça por Ponta Delgada
    Não precisa transcrever o casamento anterior.Envie a certidão de óbito de inteiro teor apostilada para que o casamento fique dissolvido pela viuvez
  • edited July 26
    @Christina se seu marido se divorciou e depois ficou viuvo, ele vai ter q transcrever o primeiro casamento, homologar o divórcio e depois transcrever o segundo casamento .Se ele ficou viuvo apenas, é como a @MariaNelida informou.
  • Obrigada pela resposta Maria Nélida e Vlad Pen. Mas agora fiquei mais em dúvida ainda, pois um funcionário do Consulado aqui do Rio informou que ele teria que transcrever o primeiro casamento (não houve divórcio. Ele ficou viúvo ), para depois transcrever o nosso casamento.
  • Desculpa ,não achei o inbox.
  • @Maria Nélida resposta in box
  • Fui hoje à uma agência dos Correios no centro do Rio para fazer o vale postal de 120 euros para a Conservatoria de Ponta Delgada para o processo de transcrição de casamento e para minha surpresa a funcionária, me disse que não fazem mais vale postal endereçado à pessoa jurídica, somente à pessoa física. E agora não sei como fazer! Alguém já passou por isto?
  • @Chrisstina

    Foi na Rua Primeiro de Março,64 ?
    Lá nunca deixaram de fazer
  • Não @Maria Nelida. Foi na Rua da Quitanda.
  • @Christina
    Tem um ag. no Shopping Blue no Recreio dos Bandeirantes q faz
  • edited August 17
    Bom dia pessoal,
    Darei entrada no processo de atribuição para a minha avó (meu bisavô era português). Sei que alguns dos irmãos dela já conseguiram a cidadania. Por esse motivo surge a dúvida: como eles já tem a cidadania eles provavelmente já realizaram a transcrição do casamento do meu bisavô, devo fazê-la novamente?
  • @Douglas se ja foi feita a transcrição de casamento uma vez, não precisará fazer de novo.
  • Boa noite!!
    Hoje, finalmente, tive a noticia de que virei portuguesa no dia 14/08!! Muito feliz e muito agradecida pela ajuda com que sempre contei, aqui do forum e dos moderadores!
    Agora quero averbar meu casamento. Por favor, duas ultimas duvidas, rs: É preciso enviar copia da minha identidade? Já preenchi o requerimento e reconheci minha assinatura por autenticidade. E outra coisa, vou dar entrada, presencialmente, atraves de uma amiga que vai pra lá dia 22. Existe algum cartorio mais rapido, especialmente neste caso de entregar no balcao? Sei que PD é indicado mas, como aceita pelos correios, deve ser sobrecarregado.... Será que o 4 do Porto é melhor?
  • @AnaClaudia envie para PD q fica pronto no máximo em 30 dias ou tb pode fazer pelo consulado de SP. Vc precisa enviar sua cópia de identidade autenticada .
  • Obrigada, @Vlad! Esqueci de fazer a copia da identidade... Eu sou do RJ! Vou de PD mesmo!rs
  • Boa noite!
    Um amigo que já concluiu seu processo, tem seu agendamento para CC em dez/18, é possível neste mesmo agendamento ele conseguir fazer a transcrição de seu casamento para iniciar o processo de sua esposa?
    Obrigado
  • @jesse é possivel sim
  • Bom dia.
    Tenho uma dúvida no preenchimento do requerimento no campo
    Nacionalidade dos nubentes à data do casamento.
    Eu tirei minha nacionalidade após o casamento entendo que devo colocar
    Brasileiro. Mas foi informado que deveria colocar Português.
    Qual a forma correta?
    Desde já agradeço.
  • edited October 12
    @luizhta se seu processo foi atribuição de nacionalidade( de pai para filho) vc coloca nacionalidade :portuguesa. Quando vc obtém a nacionalidade por atribuição ela retroage ao nascimento , sendo assim, quando vc casou ..vc ja era considerada portuguesa.
  • Olá pessoal, boa noite!
    Eu consegui a nacionalidade da minha avó pelo ACP e agora preciso dar continuidade ao processo para tirar a do meu pai.
    Minha avó agora é portuguesa e meu avô era brasileiro (Já falecido).
    Sobre a transcrição de casamento dos meus avós, tenho algumas dúvidas e ficarei muito feliz se puderem me ajudar...
    - É verdade que não é necessário transcrever o casamento caso o meu avô que é brasileiro tenha sido o declarante na certidão de nascimento do meu pai?
    - Caso seja necessário mesmo transcrever, eu não tenho a certidão de nascimento da minha avó, apenas o número do assento dela. Como faço pra conseguir a certidão? É necessário pedir ou somente o número já serve?
    - O requerimento tem que ser assinado pela minha avó ou pode ser por mim mesma? Eu precisaria de procuração para assinar por ela? Essa assinatura tem que ser na presença de um agente consular ou não precisa?

    Desde já, muito obrigada!
    Um abraço!!

  • edited October 19
    @shaianazan

    1- Não.Só não seria necessário se o pai fosse portugues
    2- Pode pedir pelo civilonline ou usar somente o numero do assento caso ela tenha nascido antes de 1911
    3- Pode ser assinado por vc que é neta,mas terá que enviar a sua certidão de nascimento inteiro teor digitalizada e apostilada para comprovar o vínculo e não precisa procuração .A assinatura é por autenticidade,assina na frente do funcionário do cartório
  • Olá @Maria Nélida
    Obrigada pela ajuda.
    Um abraço!
  • @Maria Nélida , só mais uma dúvida que surgiu em relação ao preenchimento do requerimento de transcrição. O modelo que tenho aqui não possui espaço para preencher o número do assento da minha avó. Se eu fizer um documento em Word mesmo, com as informações do assento dela, e enviar junto no envelope vc acha que será aceito?
    Muito obrigada!!
  • Bom dia! Alguém poderia me ajudar?

    Dei entrada no processo de atribuição de nacionalidades do meu pai (como neto) pela nova lei em novembro do ano passado por conta própria. Reuni todos os documentos listados no site do consulado de SP e RJ, apostilei e enviei diretamente para Portugal, para a CRC de Lisboa, onde são analisados os processos para netos. Acontece que, vendo algumas postagens aqui, me atentei depois ao fato do avô do meu pai ( português) ter se casado aqui no Brasil com uma brasileira ( no caso, sua avó). Eu não realizei anteriormente a transcrição do casamento porque não vi necessidade, já que no site do consulado não existe nenhuma informação referente a esse requisito (transcrição do casamento em Portugal) para dar entrada no processo.

    Gostaria de saber se você tem alguma informação a respeito disso. No nosso caso, apenas o avô do meu pai era português, casou e faleceu no Brasil. Estou com receio que isso atrapalhe no processo e se realmente foi necessário, talvez eu tenha que correr contra o tempo e transcrever o casamento dos avós do meu pai em Portugal o mais rápido possível.
    Obrigada!
  • @malberst ja respondi no outro tópico que vc postou
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.