Atribuição pelo ACP Porto (informações e Processos)

13839414344769

Comentários

  • O nome Atual e como consta hoje no rg dela!
  • E na certidão de nascimento de inteiro teor atualizada, qual o nome que consta? Tá averbado o casamento na cert de nascimento dela?
  • Vou verifica a certidão dela atualizada.
    Como legalizar a certidão de nascimento no consulado?
    Estou no litoral de São Paulo tem consulado em santos
    Precisa reconhecer firma de quem autenticar algum documento?
    Como fazer o vale postal é só ir no correios e faze-lo?
  • @Fernando, dá uma lida neste tópico, leva algum tempo mas vale a pena. Todas estas perguntas já foram respondidas. Se ainda tiver dúvidas depois, ajudamos sem problemas.
  • edited November 2015
    Nao sei davi ainda nao estou com ele em fisico para conferir! Amanha estou saindo do pais volto em um mes ja liguei hoje para varias igrejas em busca de dados sobre as certidoes de casamento dela dei com as duas um bom golpe de sorte! caso necesite! Davi nao te tomo tempo voltarei a postar quando tenha dados concretos e surgirem as duvidas! Vou continuar o processo mesmo estando fora! Sorte!
  • Pelo que entendi só tenho que ir ao consulado de Portugal para legalizar as certidões. Em alguns momentos falam em Itamaraty
  • Fernando,
    pelo que estão postando aqui, mande para os Açores a documentação da tua mãe, o processo deve ficar pronto em alguns dias!
    Como fazer o Vale Postal nos Correios também está escrito em alguma página deste Forum.
  • @Malu, ele nem entendo a documentação, que dirá Açores.
    Fernando sei que são muitas páginas, mas está tudo respondido. Força e foco que cidadania é para fortes!
    Havendo dúvidas que não constam no tópico, o povo aqui sempre ajuda
  • @Philipe, precisa da certidão de nascimento de inteiro teor dela para podermos continuar te ajudando. Qdo tiver poste novamente. Abs
  • É isto mesmo, David. Força e foco! :)
  • kkkkkkkkkk. Vamos a luta. Um abraço a todos
  • Boa noite a todos

    Nas certidões que tenho há divergências de data e nomes, onde as chances de cobrarem retificações ou esclarecimentos é maior no ACP ou Consulado?
  • Acho que no consulado eles são mais chatos.
  • Oi Malu

    Vou transcrever o casamento da minha avó(portuguesa e falecida) e depois a atribuição do meu pai mas, as divergências são da certidão de nascimento da portuguesa para a de casamento. Se o ACP pode ser menos exigente talvez faça com eles.
  • Kleber,

    o ACP não faz transcrições.
  • Guilherme

    Tem alguma conservatória que posso mandar as certidões por email para avaliação do processo?
  • @Kleber, sim a 4a. CRC do Porto
    Procure o email aqui neste tópico que você acha.

    Abs!
  • Caros amigos
    Ontem mandei um e-mail para Açores e recebi a seguinte resposta:
    Exmº Senhor

    Para a sua mãe pedir a nacionalidade portuguesa, deve pedir a transcrição do casamento dos pais dela em Portugal, preenchendo o requerimento que se anexa. (Juntar certidão de casamento e de nascimento do nubente estrangeiro, devidamente legalizadas no Consulado de Portugal e certidão do nubente português e cópia certificada do documento de identificação). Junta-se também o impresso para a declaração de atribuição da nacionalidade portuguesa para a sua mãe. Os processos podem vir juntos.

    O custo da transcrição é 120€ e o da nacionalidade 175€

    Conservatória do Registo Civil de Ponta Delgada

    Estou retornando o e-mail questionando a transcrição do casamento visto que meu avô foi o declarante do registro de nascimento de minha mãe.
  • @Fernando essas coisas são tácitas. Realmente não entendo porque as pessoas percam seu tempo e importunem os Registros Civis com perguntas e questões que aqui já informamos uma e outra vez.

    Não, não é necessário transcrever se o pai é português e declarante e a mãe brasileira.

    Eu fiz assim e praticamente todo mundo do fórum fez assim. Obviamente que se você perguntar, qualquer CRC vai responder que sim (eles precisam e querem $$$), mas obrigatório não é. Portanto envie apenas a atribuição e acabou-se, não perca seu tempo numa troca de emails infrutíferas para ambos lados.
  • Pessoal, uma dúvida. Quem foi adotado por um português ainda quando era menor de idade, tem direito a solicitar nacionalidade por atribuição normalmente? processo igual de filho que não foi adotado?
    Valeu
  • @Raphael, se constar na certidão do adotado o português como declarante, ACHO que sim, que o processo é igual.
  • Raphael,

    para adotados o processo é de aquisição e não atribuição.

    Se a adoção foi anterior a Out/81, o processo é baseado no art. 29. Se posterior, art. 5. Não tenho certeza, mas para o 2º caso vão cobrar ligação efetiva.
  • Boa tarde a todos!
    Por gentileza alguem me pode informar se o processo de atribuição da para se fazer completo com uma procuração!?
    Grato pela resposta!
  • @Philipe sim. Precisará de cópia do seu RG autenticada + procuração (e vai ter que reconhecer sua assinatura no Modelo 1C).
  • @Philipe cheque se é apenas isto, no PDF do Formulário Modelo 1C (últimas páginas) informa o que é preciso caso seja procurador.
  • Obrigado david! A ajuda e basta! Abraço
  • Boa noite.

    A transcrição e a atribuição no CRC de Ponta Delgada independe do distrito onde o português tenha nascido?
  • DAVID

    Mandarei as certidões em arquivo digitais para CRC do Porto e CRC de Ponta Delgada para avaliarem o processo de transcrição do casamento, se um deles me retornar dizendo que não precisa fazer as correções.... maravilha.
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.