Documento Conjugue

Pessoal,

Existe algum documento que o conjugue ( união recente ) tenha permissão para o mesmo ficar na UE por mais de 90 dias que possa ser solicitado diretamente daqui do Brasil?

Seria para evitar a necessidade da compra da passagem de ida e de volta e as demais documentações para Turistas.

Comentários

  • @Lara somente visto de residência q tem q ser solicitado somente em Portugal junto ao SEF.
  • edited December 6
    Lara, encontrou mta diferença nos preços das passagens de apenas IDA para as de IDA e VOLTA? Acho que hj em dia são o mesmo valor.
  • @Vlad Pen
    Obrigada!

    @felipe

    Não muita, mas queria evitar o seguro, comprovante de estadia e financeiro.
  • @Lara, depois q mandei a msg fui pesquisar, e fiquei surpreso mas pelo menos em março/2019 pela TAP tem bastante diferença sim... a ida tava uns R$1300 e a volta R$1200... sendo ida/volta uns R$2500... antigamente dava elas por elas, mas parece que mudaram alguma coisa.

    Sobre a sua pergunta, além do que o Vlad indicou, se vcs forem para algum outro lugar q n seja Portugal as regras podem mudar. Por exemplo para ir morar no UK vcs precisam tirar um visto aqui do Brasil na embaixada/consulado do UK, chamado EEA Family Permit. Acredito que a regra varie um pouco conforme o país que vcs desejem ir.
  • @felipe

    Nossa!!!!! Que bom que você foi ver! Quando eu vi estava por volta de 400 , mas agora está o dobro! :000

    Essa é a minha maior questão. Não queria ir pra Portugal, tenho pesquisado as particularidades de cada país. To cogitando a Inglaterra. Cheguei a ver Malta, porem eu preciso ter moradia + emprego pra pedir meu ID de la e so depois dar entrada no do conjugue. Acho que em 03 meses não consigo todos os quesitos.
  • Entendo bem sua situação, cada país tem suas particularidades para morar e imigrar. Eu planejava ir para Londres, mas depois do Brexit a coisa esfriou e estou considerando outros países. Portugal está na minha lista mas em posições mais baixas por causa de não ser um destino com mtas oportunidades de emprego (qdo comparado com as outras opções), mas não está descartado não!
    Malta não está nas minhas opções pq é uma ilha mto pequena, acho que para mim seria difícil se estabelecer lá.
    Para UK o processo de EEA Family Permit é tranquilo (pelo menos tava assim antes do Brexit), e saia relativamente rápido, algo em torno de 3-6 meses, aí o europeu e seu cônjuge já entrava em UK pronto para trabalhar.
  • @felipe

    Tenho lido bastante sobre o EEA Family Permit e tem me parecido bem viável. Minha ideia é pegar fluência em inglês e depois ir pra Barcelona ou Berlim. Gostei do clima de Malta mas ainda não bati o martelo rsrs!
  • A menos que você já esteja querendo ir "diretão, sem escalas" para outro país, ao chegar em Portugal você pode pedir a residência para o cônjuge que, uma vez que tenha permissão para morar em um país da UE, poderá obter a permissão para residir em outros (ou conseguirá com base no relacionamento). Além disso, é muito mais improvável uma inadmissão do cônjuge ao chegar em Portugal do que em um país terceiro.

    Para Portugal, pra evitar custos com seguro tem o PB-4; passagem de volta, tem gente que fala de comprar a ida normalmente, na véspera ou mesmo no dia do voo, compra a volta, chegando lá, cancela e pede reembolso (em até 7 dias se comprar pela Internet o reembolso deverá ser de 100%, se for em agência de viagem, em loja física, não tem esse prazo); comprovante de estadia, bom, vocês vão ter que ficar em algum lugar, né?; financeiro não costuma ser muito, acho q 45 por dia + 75 pro primeiro. Nunca me pediram nenhuma dessas comprovações (embora sempre possam ser pedidas), e ouço bastante histórias aqui no forum de casais que entram dizendo que vão estabelecer residência e terem boa receptividade pela imigração (importante levar todos os documentos)

    Além disso você pode providenciar algumas coisas adicionais (pelo menos é a abordagem que eu penso pra quando for): carteira de habilitação é cara de fazer em outros países, tem aulas, provas, etc e para muitos você não consegue transferir a carteira brasileira, já para Portugal, sim.
  • @jhmelman

    Obrigada!

    Pode ser uma boa opção mesmo, ir pra Portugal e pedir a residencia do conjugue pra la e depois ir pra outro lugar ( que é o objetivo ). Mas talvez tenhamos que 'fixar' residencia para obter essa documentação e não é a ideia. Vou tentar obter mais informações.

    Esse PB-4 faz daqui do Brasil mesmo?

    Eu tenho a CNH ia ser uma otima fazer essa transferência.
  • O PB-4 tem que pegar um documento aqui no INSS, se não me engano e, chegando lá, fazer o registro de utente do sistema de saúde com esse documento.
  • O PB-4 é solicitado no ministério da saúde, parece que tem que ir pessoalmente ou ser parente ou cônjuge para fazer. Se não me engano só tem representação do ministério da saúde nas capitais dos estados.
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.