Quando a transcrição de casamento é necessária?

Pessoal, estou dando entrada no processo de atribuição do meu avô e posteriormente darei entrada na cidadania da minha mãe. Gostaria de entender como funciona a transcrição de casamento e se ela é sempre obrigatória. Minha mãe foi casada e se divorciou uma única vez.

Obrigada.

Comentários

  • @Camille Ferreira
    Manter o estado civil é obrigação de todo(a) português(a)
    Mas,sendo o pai português e declarante do filho(a),o ACP aceita sem transcrever o casamento
    Para mulheres portuguesas e casadas no estrangeiro ,a transcrição é sempre obrigatória para qualquer conservatória
  • Boa noite! Sou nova por aqui e andei pesquisando antes de fazer essa pergunta mas, de qualquer forma, peço desculpas caso esteja repetindo o assunto.

    Acabei de concluir o processo de atribuição do meu avô, agora oficialmente português. Agora quero fazer a atribuição da minha mãe. Eu preciso necessariamente fazer a transcrição do casamento do meu avô? Eu havia entendido que sim, mas lendo o comentário acima fiquei com essa dúvida, porque o meu avô é o declarante que consta na certidão de nascimento da minha mãe.

    Muito obrigada!
    Julia
  • @JuliaRF

    Se o seu avô foi o declarante,envie o processo para o ACP que,por enquanto,ainda aceita fazer atribuição sem a necessidade da transcrição do casamento
  • edited September 27
    Maria Nélida

    Muito obrigada pela pronta resposta!

    Abs
    Julia
  • @JuiaRF você não precisou fazer a transcrição do seu avô por qual motivo?
    Fui informada pelo advogado que está cuidando do processo do meu que precisaremos fazer três: duas da minha bisa e uma do meu avô. Fiquei confusa.
  • @Camille Ferreira

    Sendo O português declarante do nascimento do(a)filho(a) e casado no Brasil com estrangeira, enviando o processo para o ACP não precisa transcrever o casamento ( por enquanto)
  • @MariaNélida

    Mas isso se aplica apenas a processos feitos diretamente nas Conservatórias?
    Sabe indicar uma boa ACP para o processo?
  • @Camille Ferreira

    Sim,diretamente na Conservatória

    No momento e por enquanto,somente a ACP - Arquivo Central do Porto

    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/2437/atribuicao-pelo-acp-porto-informacoes-e-processos/p73

    Veja nesse link a partir da pág 73
  • Muito obrigada @Maria Nélida

    Estarei fazendo o envio da documentação da minha mãe para atribuição em breve. Sabe me dizer se Tondela é viável também?

    Outra coisa, pode me dizer se a documentação abaixo está correta?

    1. Xerox autenticada do RG APOSTILADO (mãe);
    2. Certidão de Nascimento de inteiro teor por copia reprográfica e APOSTILADA (mãe);
    3. Formulário 1-C preenchido com reconhecimento de firma da assinatura da minha mãe por autenticidade;
    4. Xerox simples do nascimento do meu avô, o português.

    Muito obrigada pela disposição em ajudar!!
  • @Camille seu avô nasceu em que ano? Envie para ACP do Porto que está mais rápida que Tondela.
  • Oi, @Vlad

    Meu avõ é de 1930.

    Eu vou fazer mestrado em PT no ano que vem e estou com medo de começar o processo muito em cima e acabar não conseguindo fazer a matrícula. Você acha que dando entrada no meu processo pessoalmente ele conclui mais rápido?
  • @Camille se der entrada agora por ACP no máximo em 3 meses fica pronto.Pode enviar pelo Correio.
  • Bom dia!!

    Sou brasileira nascida no Rio de janeiro. Recentemente concluí a atribuição da nacionalidade do meu pai. Já possuo o assentamento do nascimento dele em Portugal. Tenho a intenção de iniciar o processo de pedido de atribuição da minha nacionalidade, porém tenho as dúvidas relacionadas abaixo:

    - Meu pai é o declarante na minha certidão de nascimento. Foi ele mesmo quem fez o meu registro. Gostaria de saber se é necessário fazer a transcrição de casamento dele antes de dar entrada no meu pedido de atribuição de nacionalidade.

    - No caso de haver necessidade de fazer a transcrição do casamento dele, seria possível enviar os documentos da transcrição do casamento dele juntos com os documentos do pedido da atribuição da minha nacionalidade no mesmo envelope? Os processos podem correr ao mesmo tempo ou seria preciso concluir a transcrição primeiro, para depois dar entrada no meu pedido de atribuição?

    - Se for possível dar entrada nos dois processos ao mesmo tempo posso fazer o pagamento por vale postal? Preciso fazer dois vales postais separados e enviar os dois comprovantes, para cada processo?
  • @Beth ja respondido no outro topico.Favor não duplicar perguntas em tópicos diferentes.
  • @Vlad Pen, desculpa. É que sou nova aqui e não sei qual foi o outro tópico que publiquei. Não consigo encontrar onde perguntei. Mais uma vez, desculpe
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.