Transcrever casamento de bisavô falecido

Boa noite pessoal,

Já consegui juntar todos os documentos que vi q precisa (inclusive certidão de nascimento do avô português), então acredito que o próximo passo seja a transcrição do casamento? Se sim, saberiam me dizer como fazer? já vi inúmeras postagens aqui mas não consegui entender
Segue meu caso para entenderem:

Meu bisavô veio de Portugal para o Brasil, já é falecido, casou aqui no Brasil com uma brasileira ja falecida. O processo seria por atribuiçao pois tenho vó e pai vivos.

O proximo passo realmente seria fazer a transição e depois a averbação dos documentos?

OBS: também tenho a certidão de casamento dele

Obrigado desde já!

Comentários

  • edited September 26
    @buia se foi seu bisavô o declarante do nascimento da sua avó , nao precisa fazer a transcrição de casamento de fizer pelo ACP do Porto.Pode dar entrada direto no Processo da sua avó. Quando o processo dela for concluido, aí sim vc terá q transcrever o casamento dos avós para atribuir seu pai.
  • @Vlad obrigado pela informação! Vou rezar pra que seja pois vou economizar muito, quinta terei acesso a certidão dela...

    Quanto a isso, tenho uma outra dúvida, quando nasci, meu pai e minha mãe eram solteiros, acabaram terminando sem nunca terem casado, muitos anos depois ele casou e teve filhos, como não sou filho desse casamento, mesmo assim precisa transcrever o casamento dele quando eu solicitar a cidadania pra mim?
  • @buia945 se foi seu pai o declarante do seu nascimento, quando ele obtiver a nacionalidade portuguesa, não precisará transcrever o casamento, já que não houve.
  • @Vlad mais uma vez muito obrigado, também tenho mais uma dúvida que procurei por aqui mas não consegui encontrar... De que forma devo solicitar a certidão de nascimento do meu bisavô? Digo, qual forma é aceita para colocar no processo de atribuição da minha avó? Vi que no processo pode ser uma cópia simples, mas qual tipo eu solicito no CRC de Póvoa de Varzim, digitalizada de inteiro teor?
  • @buia945

    Se bisavô nasceu em que ano?
  • @Maria Nélida nasceu em 18/02/1904 eles encontraram digitalizado no CRC de Póvoa de Varzim
  • @buia945 se a certidão está digitalizada, pode ser que vc consiga pelo civilonline. Vc coloca data de nascimento 1920 ( pq o site só aceita certidões até 100 anos) e nas observações vc coloca o ano de nascimento correto(1904)
  • @Vlad fiz a solicitação conforme você me disse e paguei os 10 euros, vamos aguardar, já recebi o e-mail de pago, amanhã provavelmente já devo ter uma resposta já que agora ainda não abriu.
  • @Vlad deu certo, já me enviaram a certidão. Acho estranho que o nome dele consta só João e não João Francisco Nunes, porém o nome do pai está como Thomaz Francisco Nunes, é isso mesmo? Vou mandar o link da foto da certidão pra você conferir: https://imgur.com/a/26UBDfP

    E essa certidão em documento do word, vale para o processo de atribuição?
  • @Vlad uma outra dúvida. Eu posso ser o declarante do processo de atribuição da minha avó? Pois ela tem 81 anos e vai ser uma luta pra ela ir no cartório devido a artrite
  • edited September 27
    @buia945 Antigamente os nascidos eram registrados só com o primeiro nome.Vc tem q enviar junto ao processo uma certidão de casamento ou óbito de inteiro teor apostilada do seu bisavô para comprovar o nome completo.Somente sua avó pode assinar o requerimento e reconhecimento de assinatura por autenticidade. Veja se o cartorio naum faz isso em sua casa.
  • @Vlad entao vou ter que transcrever? ou é só anexar aos documentos do processo?
  • @buia945 só anexar os documentos
  • @Vlad então só recapitulando pra ver se eu entendi direito:

    Devo primeiro, providenciar os seguintes documentos:

    - Cópia simples da certidão do português
    - Cópia da certidão de inteiro teor por cópia reprográfica apostilada
    - Cópia do RG apostilada
    - Pagar o vale postal de 175 euros por cartão de crédito
    - Levar o formulário 1C ao cartório com assinatura do requerente por autenticidade
    - Anexar aos documentos a certidão de casamento do português apostilada para confirmar o sobrenome
    - Ir nos correios e solicitar o endereço: Rua Visconde de Setúbal, 328, 4200-498 - Porto
    - Optar por DHL por ser mais rápido
    - Aguardar o processo ser concluído

    É isso? Esqueci de alguma coisa? Não preciso fazer nada no consulado?
  • Anexo o comprovante de pagamento do vale postal tambem?
  • @buia945 , vc pode pagar por cartão de crédito internacional tb.
  • @Vlad lá vou eu te incomodar novamente...

    Como não vou transcrever o casamento de minha avó, já que por Porto não precisa, porém tu me recomendou enviar uma cópia da certidão de casamento dela, como eu preencho o formulário 1C? Coloco o nome de casada ou solteira? E marco a opção casada né?
  • @buia

    No campo 4 do formulário,em outros documentos,coloque certidão de casamento
    A certidão de casamento para provar a fixação do nome do seu bisavô não pode ser cópia e sim a original de inteiro teor apostilada
    Se sua avó mudou de nome ao casar e não está averbado na certidão de nascimento reprográfica essa mudança,enviar a certidão de casamento original de inteiro teor digitalizada e apostilada
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.