É necessario a retificação ?

Pessoal, é meu primeiro post no fórum, esse fórum é ótimo tem me ajudado muito, estou com uma duvida li muito mas não achei algo semelhante.

Estou fazendo a atribuição do meu pai, recebi hoje a certidão de nascimento dele e achei alguns erros

Na certidão nascimento da minha avó portuguesa o nome dela é Amélia Francisco de Gouveia; Filha de Theodosio Francisco de Gouveia e de Maria Sebastiana Mendes

Após o casamento minha avó começou a se chamar Amélia Gomes

1º erro na certidão de nascimento do meu pai o nome da mãe esta como Amélia Gouveia deveria ser Amélia Gomes nome de casada ou ao menos o nome de solteira correta que seria Amélia Francisco de Gouveia

2º erro na certidão de nascimento do meu pai nome do pai da Amélia esta como Teodoro Gouveia correto é Theodosio Francisco de Gouveia ( esse é o pai da portuguesa )

3º erro na certidão de nascimento do meu pai nome nome da mãe da Amélia esta como Maria Sebastiana Gouveia e na certidão de nascimento portuguesa esta como Maria Sebastiana Mendes ( essa é mãe da portuguesa )

Pretendo fazer a atribuição na acp porto

Duvida 1 - Preciso retificar a certidão de nascimento do meu pai ?
Duvida 2 - Se eu retificar preciso emitir um novo RG porque o RG do meu pai o nome da mão é Amelia Gouveia e depois da mudança será Amélia Gomes

Duvida 3 - Meu pai foi registrado com 17 anos isso implica em alguma dificuldade na Atribuição ? ( Meu avô brasileiro foi o declarante do nascimento minha avó que é a portuguesa, estou fazendo a transcrição )
«1

Comentários

  • @andersonpereiragomes

    1- precisa
    2-precisa
    3-isso não influencia o pedido de atribuição do seu pai.
  • @Vlad Pen obrigado pela auxilio, todos os cartórios pedem certidão portuguesa com apostila Haia, ou varia de cartório para cartório
  • edited September 2018
    @andersonpereiragomes..a maioria dos cartórios pedem.
  • edited September 2018
    Finalmente consegui achar a certidão de nascimento prendida em Portugal. 3/4 meses de romaria e na dificuldade de encontrarem, eu comuniquei o nome dos avós, e o número da certidão de nascimento e casamento dos pais, e de todos os irmãos com datas que nasceram na mesma freguesia. SÓ assim localizaram o registo de Maria Alves, nascida em 05/10/1905 na Freguesia de Freamunde, Conservatória de Paços de Ferreira, Distrito do Porto.

    Pedi o registo pelo civil online, MESMO TENDO mais de 100 anos e segui a instrução do grupo, e APENAS coloquei nas observações, a data, de nascimento correta (ano, já que esse serviço só atende a casos com menos de 100 anos) e já recebi a CERTIDÃO ONLINE COM VALIDADE DE 6 MESES COM VALOR JURÍDICO E LEGAL PARA SER CONSULTADA POR QUALQUER REPARTIÇÃO PÚBLICA.
    Mas surgiu um problema (?), no Registo o nome dela em Portugal é MARIA DA GLÓRIA ALVES, quando casou, como era de menor, o pai informou que o nome dela como sendo Maria Alves, para ficar igual ao nome da mãe dele que se chamava MARIA ALVES.
    A pergunta que não quer calar:
    1- Isso vai precisar fazer retificação?
    2 - Existe alguma conservatória que seja menos exigente quanto a isso?
    O nome dos pais e avós esta TOTALMENTE CORRETO no registo português e também na certidão de casamento de Maria Alves aqui no Brasil.
    Caso caia em exigência, ao invés de tirar a cidadania direto pela mãe (cujo nome tem essa omissão ou erro), podemos tirar pelos avós (cujos nomes estão totalmente corretos),. Correto?.
    MESMO assim será necessário corrigir a certidão da mãe???
  • Olá , esse fórum é ótimo tem me ajudado muito, estou com uma duvida li muito mas não achei algo semelhante.

    Estou fazendo a atribuição da minha vó, encontrei um erro na certidão de casamento dela , pela certidão de nascimento ela nasceu em 1941 e na de casamento consta 1938. Três anos de diferença. Necessito retificar?
    Outra duvida: Precisando retificar a de casamento há necessidade de corrigir a identidade dela tb pois consta as informações iguais da de casamento.
    Tenho receio de dar algum problema no INSS caso necessite realmente alterar a identidade.
    Alguém saberia me informar se terei problema ou não com isso?
    Grata,
  • @LauraCC normalmente as conservatórias não implicam com divergência de datas entre a certidão de casamento e nascimento.
  • @Vlad Pen
    Divergências que verifiquei agora nas documentações para atribuição:
    - Certidão de Casamento da mãe(falecida) do meu sogro(neto) e Certidão de Nascimento do meu sogro(neto): o nome da sua avó portuguesa estaria com sobrenome do avô, nome que ela não adotou em seu casamento ocorrido no Brasil, que foi transcrito em Portugal sem sobrenome adotado.
    Na certidão de nascimento da mãe do meu sogro não tem realmente nenhum sobrenome adotado pela avó materna. Na certidão de óbito da avó também não tem sobrenome.

    Devo mandar para CRC Lisboa sem pedir retificações e aguardar se ocorreriam exigências?
  • *Avós portugueses
  • @Mauri vc teria q postar aqui ou IN BOX quais as divergências para eu entender melhor.
  • @Vlad Pen

    Postei IN BOX.
    Obrigada.
  • @Vald Pen

    Resolvi apresentá-los desse jeito mesmo.

    Obrigada.
  • @Vlad boa tarde,

    O ano de nascimento de minha avó portuguesa é 1908 (conforme cert de batismo em Portugal), mas na certidão de casamento com meu avô brasileiro está 1906...
    1- Preciso retificar a certidão de casamento?

    Outra pergunta, na certidão de nascimento do meu pai (pessoa que estou tentando cidadania) consta no nome da minha avó Lucinda Pires de Oliveira, porém o nome dela no batismo português é Lucinda d'Ascensão Pires. Suprimiram o d'Ascensão no registro de nascimento do meu pai...
    2- É necessário retificar a certidão de nascimento do meu pai?
  • @Flavio aconselho a fazer essas retificações.
  • @Vlad obrigado. Qual das duas situações você acha mais critica, o ano na cert. casamento da minha avó portuguesa ou a falta de parte do nome dela no nascimento do meu pai?
  • @Flavio a parte mais crítica sempre é a divergência nos nomes.
  • @Vlad ok amigo, obrigado.
  • Olá a todos, tudo bem?

    Agradeço muito por terem me aceito no fórum. Estou tentando fazer a cidadania portuguesa por atribuição de minha mãe, para depois eu e meus irmãos podermos fazer a nossa, e tenho dúvidas se será necessário retificar alguns dados da certidão de casamento de meu avô em relação a sua certidão de batismo portuguesa.
    O nome do meu avô é Antonio do Carmo, nascido em 1895 no distrito de Viseu, concelho de Sernancelhe, freguesia do Carregal e eu consegui localizar a certidão de batismo dele. Eu soube pelo fórum que a certidão de batismo vem com apenas o primeiro nome e é o que acontece no caso de meu avô, onde consta apenas o nome Antonio, posteriormente ele assumiu o apelido que consta na certidão de casamento(Antonio do Carmo). Os dados que encontrei divergentes entre a certidão de batismo/casamento são:
    - Data de nascimento: na certidão de casamento está 20/02/1895 e na de batismo está 06/04/1895.
    - Concelho - na certidão de casamento está Iamanselhe(não foi erro de digitação, está errado assim mesmo no assento, perguntei no cartório) e na de batismo está Sernancelhe.
    - Nome do pai - consta na certidão de casamento(Adelino da Fonseca) e não consta na certidão de batismo. Eu soube por minha mãe que os pais do meu avô nunca se casaram, vi em algum lugar no fórum que quando isso acontecia não registravam o nome do pai no assento de batismo. Posteriormente meu avô e o pai dele se reconciliaram e conviveram normalmente, daí constar o nome do pai dele na certidão de casamento. Meu avô assumiu o sobrenome da mãe.
    - Nome da mãe - Ana do Carmo na certidão de casamento e Anna do Carmo na certidão de batismo.

    Se puderem me ajudar com as dúvidas, agradeço muito.

    Até mais!
  • @lopesxyz a principio as divergências não são gritantes, mas não da pra garantir que a conservatória não vai criar problemas.
  • @Vlad Muito obrigado pelo retorno, eu entrei em contato com o cartório, eles reconheceram o erro no nome do Concelho e podem fazer a retificação. Nesse caso, seria interessante usar essa abertura para tentar retificar as outras informações? Quais das divergências vc considera mais crítica? Desculpe abusar das perguntas(rss) e desde já obrigado.
  • @lopes acho q o mais importante é o nome da freguesia.Pergunte se podem modificar a data de nascimento tb.
  • Muito obrigado @Vlad .
  • Boa tarde! Estou tirando a cidadania portuguesa do meu pai que é filho de português e já tem 82 anos e no Cartório Civil onde houve o registro de nascimento dele está "Sebastião da Costa" e do meu avô português "Antônio da Costa" (como está no registro em Portugal). Porém na certidão de casamento e no RG do meu pai está "Sebastião Costa" e do meu avô português "Antônio Costa" (sem o "da"). Foi meu avô que declarou a paternidade no cartório. Pergunta: Será que precisa retificar? Estou pensando em encaminhar para a Conservatória de Tondela. A quem puder me ajudar agradeço desde já. Abs
  • @SergioLCosta

    Não terá problemas com o "da"
  • @Maria Nélida
    Muito Obrigado pelo esclarecimento. Me ajudou muuiito. Mais uma dúvida. Hoje quando fui apostilar os documentos para encaminhar a Portugal, o titular do Cartório disse que teria que apostilar também o Requerimento 1C ou não teria validade em Portugal. Precisa mesmo? Ele disse também que o pessoal costuma mandar a certidão de nascimento digitalizada, além da reprográfica, ou seja as duas. Precisa mesmo fazer isso? Fiquei na dúvida, pois não me lembro de ter visto essa exigência aqui no Fórum.
  • @SergioLCosta

    Formulário 1 C não precisa apostilar,somente o reconhecimento por autenticidade da sua assinatura

    A certidão de nascimento somente a reprografica apostilada.Caso a reprográfica não esteja legível,aí sim é necessário enviar junto a digitalizada,mas essa (digitalizada)não precisa ser apostilada
  • Pelo que vi no fórum, não é preciso fazer a retificação quando a pronúncia da palavra não for afetada, no meu caso, minha bisavó era Fulana de Sousa, mas quando meu avô desembarcou no Brasil, os documentos dele ficaram como Fulana de Souza (com z). Terei problemas por conta disso?
  • @Milena Arine, não tem problema, pode enviar assim mesmo.
  • Boa tarde pessoal!

    Minha dúvida: solicitei minha certidão pelo Civil Online, e veio um erro. Veio que meu pai é natural de Belo Horizonte, enquanto na verdade é de Montes Claros. Fiz minha cidadania por atribuição pela minha mãe portuguesa. Logo eles de fato não tinham nenhum documento do meu pai para saber onde ele nasceu. Isso influencia em alguma coisa? Poderia dar algum tipo de problema futuro? Como regularizaria isso?
  • @Mariana rcentrais.retificacoes@irn.mj.pt
  • @Vlad Pen vc acha necessário essa retificação? Estou marcada para ir no consulado hoje fazer o pedido do cartão cidadão. Eu teria que aguardar a retificação antes de pedir o cartão cidadão?
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.