Onde e o que enviar para transcricao e posteriormente o processo de atribuicão?

Boa noite,

Estou tentando pegar a nacionalidade para mim. Meus bisavós são portugueses e minha avó está viva, assim como meu pai.
Tenho o assento de nascimento dos meus dois bisavós, a certidão de casamento deles e a certidão de nascimento da minha avó (meu bisavô que declarou seu nascimento). Falta algum documento? O que mais seria necessário para realizar o processo? É necessário transcrever o óbito ou posso deixar de lado?

Obrigado pela atencão,
Eduardo

Comentários

  • @Eduardo primeiro vc terá q transcrever o casamento dos bisavós portugueses e depois atribuir sua avó, depois o filho ou filha da sua avó e depois vc.Sao 4 processos e tem q ser um de cada vez.

    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/3588/transcricao-de-casamento-dicas-e-informacoes-gerais#latest
  • @Vlad Pen obrigado!! Então a transcricão é realmente necessária mesmo meu bisavô tendo declarado o nascimento da minha avó, certo?
  • @EduardoG , sim , quando ambos são portugueses é obrigatória a transcrição de casamento.
  • @Vlad Pen muito obrigado, Vlad!! Só mais uma dúvida: os assentos portugueses precisam ser apostilados ou apenas o requerimento, a cópia do rg e a certidão de casamento?
  • @EduardoG apenas as certidões brasileiras precisam ser apostiladas.O requerimento tem q reconhecer a assinatura por autenticidade.
  • Por favor, gostaria de saber se a certidão de casamento tem que ser inteiro teor, digitada, apostilada ou inteiro teor, reprográfica, apostilada?

    Obrigada.
  • Para transcrição do casamento realizado no Brasil, dos avós portugueses.
  • @Mauri ja respondido no outro tópico q postou.
  • @Vlad muito obrigado!!
  • Ok, obrigada.
  • @ Vlad, @Mariza Guerra, @ Maria Nélida, Bom dia a todos.

    Por favor, gostaria de obter orientação sobre o processo de transcrição de casamento e posterior atribuição, que estou fazendo para meu sogro, neto de portugueses.

    Tenho as certidões de nascimentos (simples 1886 e 1887- Arquivo Distrital de Coimbra) dos seus avós maternos portugueses e a certidão de casamento destes realizado no Brasil, inteiro teor digitada, apostilada. Assim como, a *certidão de casamento da filha(brasileira e falecida) destes, mãe do meu sogro, não consegui ainda a certidão de nascimento dela( para saber se o pai foi o declarante).
    Entendo que de posse destas certidões, certidão nascimento inteiro teor reprográfica apostilada do meu sogro(onde seu **pai foi o declarante), seu RG com menos de 10 anos cópia autenticada e apostilada e requerimento assinado e reconhecido firma cartório, assim como VP 120 euros, sejam suficientes para pedido da transcrição em Tondela, Ponta Delgada, etc..
    Ok?

    A dúvida seria sobre a questão que só descobri agora, os avós do meu sogro(neto) paternos, são portugueses também.
    Não levantei nenhuma certidão destes, só tenho os seus nomes(já falecidos), porque consegui a *certidão de casamento do pai do meu sogro, filho(brasileiro e falecido) destes, consegui a certidão de nascimento dele, onde o avô do meu sogro foi o declarante.
    Em alguma postagem aqui, já teria sido informado que o filho de português não necessitaria de transcrição de casamento dos pais, se em sua certidão de nascimento o pai tivesse sido o **declarante, procederia a informação?
    O pai do meu sogro, filho de portugueses é falecido, poderia meu sogro dar entrada em sua atribuição sem a necessidade da referida transcrição de casamento(avôs paternos), claro com comprovação da efetiva ligação à comunidade portuguesa?
    Teria que fazer a transcrição de casamento dos seus pais? Penso que não, pois são brasileiros(não pegaram a cidadania portuguesa e falecidos), casaram-se no Brasil. Ok?

    De grande valia têm sido as informações aqui postadas, acompanho sempre o quanto nos ajudariam.
    Desde já agradeço.
  • *Vlad Pen
  • edited September 15
    @Mauri, para atribuição do seu sogro, neto de portugueses, terá que fazer a transcrição de casamento dos avós dele .e para atribuição do seu sogro terá que comprovar a efetiva ligação com a comunidade portuguesa.Leia o tópico sobre isso:

    http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/9702/atribuicao-de-nacionalidade-para-netos-decreto-lei-71-2017-processos-e-acompanhamento/p1
  • @Vlad Pen, obrigada.
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.