Solicitação de cidadania via consulado em São Paulo ou direto em Portugal (docs com divergências)

Boa noite a todos, Gostaria de tirar algumas dúvidas.
O meu avô ainda está vivo e o pai dele era portugues de figueira da foz (lavos). Já consegui emitir a documentação do meu bisavo brasileira de casamento e óbito sendo que há algumas diferenças em relação a documentação portuguesa que consegui por pesquisa no site https://tombo.pt/ onde acredito que achei a certidão de batismo do mesmo (tínhamos certeza que ele era de figueira da foz e realizei todas as pesquisas possíveis por este site e encontrei apenas um registro com o nome de Manuel Maria com o nome dos pais Joaquim e Ana), porém existe algumas diferenças entre o documento portugues e os brasileiros:

O nome dele nos documento portugues é Manuel Maria, filho de Joaquim Pereira E Ana de Jesus com nascimento em 26/09/1893 e nos documentos brasileiros esta como Manoel Maria Pereira, filho de Joaquim Pereira E Anna de Jesus com data de nascimento em 24 de Fevereiro de 1895.

Lendo alguns pontos aqui do fórum verifiquei que pode haver uma possibilidade de mandar os documentos diretamente para algumas conservatórias em Portugal que podem relevar algumas diferenças entre os documentos (levando em conta que naquela época era tudo realizado por narrativa da própria pessoa e que é comum divergências)

O que seria melhor, tentar realizar todo o processo via consulado aqui em São Paulo ( o que eu inicialmente estou fazendo) e que para isso vou ter solicitar retificação judicial ( já que não e um erro simples pois envolve datas divergentes) e sendo realizado da forma tradicional realizando a transcrição do casamento e óbito do meu bisavo e posteriormente pegando primeiro a cidadania para meu avô, passando para minha mãe e posteriormente para mim, ou se é melhor realizar a tentativa de fazer diretamente em Portugal a solicitação para meu avô (se esta for a melhor forma gostaria de receber melhores explicações).


Agradeço a disponibilidade e montagem deste fórum com o intuito de auxiliar nas dúvidas.

Comentários

  • edited August 31
    @Matheus pelo q entendi não há divergência no no nome do seu bisavô .O q ocorre é q antigamente era colocado somente o primeiro nome (Manuel Maria) e na certidão de casamento ele passou a usar o sobrenome do pai (Manuel Maria Pereira. ) o único complicador é a diferença no ano de nascimento. Talvez nesse caso precise retificar. Eu recomendo vc tentar fazer direto em Portugal e ai vc não irá precisar transcrever o casamento dos bisavós se foi o bisavô o declarante do nascimento do seu avô e fizer o processo no ACP do Porto.
  • Muito obrigado,
    nesse final de semana vou pegar o documento de casamento do meu avô e verificar onde está a certidão de nascimento e solicitar a segunda via para verificar essa informação.
    Uma dúvida em relação a data, seria melhor retificar antes de mandar o processo para a conservatório de Porto? não seria necessário enviar o certidão de casamento ou de óbito do meu bisavó? Não tenho muito conhecimento com esse procedimento sendo realizado diretamente em Portugal, estava seguindo as orientações do consulado portugues em São Paulo (site).
  • edited August 31
    @Matheus sim, seria melhor retificar antes de enviar o processo e junto com o processo a certidão de óbito para comprovar o nome dele completo.
  • Bom dia,
    Estou com as documentações retificadas (certidão de óbito do meu bisavô e de nascimento do meu avô - lembrando que o declarante do nascimento do meu avô é meu bisavô). Minha dúvida é em relação ao que devo enviar para ACP Porto, tenho o documento de nascimento do meu bisavô português, a certidão de nascimento do meu avô (ainda vivo) a certidão de casamento do meu bisavô aqui no Brasil (não foi realizado a transcrição do casamento) e a certidão de óbito do meu bisavô. Devo enviar a certidão de casamento brasileira ou apenas a certidão de nascimento de ambos e a de óbito?
    Obrigado pela atenção.
  • @Matheus vc vai enviar:
    Assento de nascimento do português
    Certidão de nascimento por cópia reprográfica apostilada do requerente
    Cópia do R.G.apostilada do requerente
    Formulário 1C com assinatura reconhecida por autenticidade.
    Pgto de 175 euros por cartão de crédito internacional ou vale postal

    Obs.só é preciso enviar a certidão de obito ou de casamento do português se no assento de nascimento dele constar somente o primeiro nome.
  • @Vlad Pen muito obrigado pela informação. A certidão de nascimento do meu avô e a de óbito do meu bisavô deve ser enviado a via original em inteiro teor apostilada dessas certidões ou pode ser cópia autenticada?
    OBS: tenho a cópia reprográfica da certidão de nascimento do meu avô, porem, solicitei a retificação administrativa de alguns dados.
  • @Matheus as certidões do seu avô deve ser por cópia reprográfica apostilada e a de óbito de inteiro teor apostilada.
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.