Divergencia de data

Boa tarde,
Pretendo tirar a cidadania por atribuição da minha sogra, pois ela é filha de português.
Já tenho em mãos o assento de batismo do pai da minha sogra, e como ele se casou com uma brasileira, vi que o próximo passo seria transcrever o casamento e o óbito dele, porém na certidão de nascimento da mãe da minha sogra consta como nascida no dia 08/08/1920 e na certidão de casamento da mesma consta como nascida em 06/08/1920.
Será que o pedido de transcrição será negado por conta deste detalhe???
Devo me arriscar??

Comentários

  • @Shin se o pai da sua sogra ( o português) foi o declarante do seu nascimento não precisa transcrever o casamento se fizer o processo por ACP do Porto. A pequena divergência na data não é problema.
  • @Vlad Pen Que ótima notícia!! Você poderia me passar o endereço do ACP do Porto por favor.
    Grata desde já.
  • @Shin

    • Arquivo Central do Porto (somente Atribuição)
    Rua Visconde de Setubal, nº 328
    4200-498 – Porto
  • @Vlad Pen muito obrigada pela infomação!!!
  • @Vlad Pen
    Boa tarde, já providenciei a certidão de inteiro teor com firma reconhecida da minha sogra, para poder dar entrada no processo pela ACP do Porto como você havia me orientado.
    Eu li em outras discussões que os documentos que devem ser enviados para ACP do Porto, são os seguintes( por favor, me corrija se estiver enganada):
    - Cópia do assento de batismo do pai português
    - Certidão de nascimento em inteiro teor (com casamento averbado) cópia reprográfica com firma reconhecida e apostilada da minha sogra,
    - Cópia autenticada do RG e apostilada da minha sogra
    - Formulário modelo C1 , devidamente preenchido e assinado, devendo a sua assinatura ser reconhecida presencialmente em Cartório; (reconhecimento por autenticação) e apostilado
    Gostaria de saber também onde eu consigo esse formulário.
    Pretendo fazer o pagamento por cartão de crédito, porque li em outras discussões que o pessoal estava com dificuldade de comprar o vale postal, li também que o ACP do Porto estava aceitando cartão de crédito, é verdade??? Se sim, eu tenho que enviar um e-mail para o ACP do Porto perguntando como devo proceder para efetuar o pagamento por cartão??
    Outra dúvida, fazendo pagamento por cartão de crédito o formulário C1 não vale? Tenho que preencher outro formulário?? Qual seria e onde consigo este formulário??
    Desde já agradeço a paciência e peço desculpas pela grande quantidade de dúvidas.
  • @Shin o pagamento pode ser efetuado por cartão para ACP sem problemas, quando você efetuar o pagamento vai receber o formulário 1-C por email, com o número de referencia deste pagamento já preenchido, daí você preenche o resto e reconhece firma por autenticidade. Não é necessário apostilar o 1-C. O link para o pagamento por cartão é https://crcpagamentos.irn.mj.pt/pagvisamc.aspx?productid=NAC1c
  • @Rbt Wagner obrigada pelas informações.
    Por gentileza, só mais uma dúvida, os documentos que citei estão corretos ou falta alguma coisa?
  • Estava lendo outras discussões e fiquei com outra dúvida, minha sogra tem 72 anos preciso tirar 2o. Via do RG dela ou pode ser a antiga. Como vou levá-la ao cartório para assinar o formulário 1C e reconhecer firma, isso já não vale como prova de vida?
  • @Shin,,vc precisa de um R.G bem atual para não ser necessária prova de vida
  • @Vlad Pen muito obrigada pela informação. Vou providenciar a 2a.via do RG.
  • Boa tarde, já estou com todos os documentos necessários para atribuição da minha sogra, só falta ela assinar no cartório e enviar para o ACP do Porto.
    Gostaria de saber se devo colocar um envelope a mais para resposta ou não é necessário?
    Vou enviar os documentos em um envelope de papel, será que tem algum problema?
    Pretendo enviar os documentos via correio EMS, será que é seguro?
  • @Shin a remessa por EMS é segura.
  • Boa noite, por favor preciso muito que me orientem a respeito da carta que minha sogra recebeu hoje do Arquivo Central do Porto, onde dizia o seguinte:
    - Apresentar novo requerimento subscrito por V. Excelencia com reconhecimento presencial da assinatura e com a data de nascimento correta pois o junto tem a data de nascimento incorreta ou então esclarecer a divergência de datas entre os diversos documentos;
    - Juntar certidão de inteiro teor do progenitor português porque a junta é apenas uma cópia;
    Documento que comprove a fixação do nome do progenitor como seja certidão de nascimento, certidão de óbito ou documentos consulares devidamente certificados pelo cartório.
    Eles deram um prazo de 20 dias úteis, acrescido de mais 30 dias úteis para enviar os documentos que foram solicitados.
    Eu tenho que pagar novamente a taxa do formulário 1-C??? Ou posso imprimir aquela que recebi por e-mail da primeira vez que paguei??
    Eu me esqueci de tirar uma cópia da certidão de nascimento inteiro teor da minha sogra antes de enviar a original para o ACP, por isso não me recordo se a data de nascimento dela bate com o RG. Vou verificar isso no cartório segunda feira.
    Não sei se entendi direito, mas eles estão dizendo que a data de nascimento da minha sogra está incorreta??? Ou é do pai português dela???
    Eu enviei uma cópia da certidão de batismo. Eu tinha que ter enviado a carta original que veio da conservatória que ele foi registrado??? Eu reparei que a cópia da certidão de batismo tem um carimbo em relevo. Sera que esse foi meu erro??
    Eu tenho a certidão de inteiro teor do casamento do progenitor português apostilada, mas é de julho deste ano, será que ainda vale??? Estou pensando em solicitar a certidão de óbito (inteiro teor) apostilada do progenitor português.
    Estou desesperada, pois agora é fim de ano e cheio de feriados!!! E muito frustrada, pois achei que eu havia feito tudo certo.

  • @Shin, não tem que para pagar novamente, o processo já teve a taxa recolhida. Junte cópia outra impressa do formulário que recebeu por e-mail ou o formulário comum, se não tiver mais o do e-mail, que o comprovante do pagamento já está no formulário que está junto ao processo.
    Se você não tem cópia dos documentos que enviou terá que verificar onde está a divergência, O que é dito é que a data de nascimento do solicitante no formulário (sua sogra) está errada. Veja se a data de nascimento é a mesma na certidão de nascimento e no documento de identidade, pode ter algum erro ai. O que vale é o que está escrito na certidão de nascimento, o primeiro documento registrado, os outros tem que seguir essa data.
    No caso de certidão de batismo do progenitor tem que ser enviada a certidão original. Além disso tem que juntar também uma certidão (casamento ou óbito) que comprove a fixação do nome pois na certidão de batismo eram registrados apenas os nomes próprios, sem os sobrenomes. Essa certidão tem que ser inteiro teor e apostilada.
    Para comprovação da fixação do nome essa certidão de casamento que tem em mãos serve, basta ter menos de um ano que não tem motivo para ser recusada.
  • A certidão de casamento do progenitor português que tenho em mãos é digitalizada, vi em outras discussões que tem que ser reprográfica, vou tirar uma na segunda feira, mas caso a certidão reprográfica esteja ilegível eu terei que enviar a digitalizada também né? Nesse caso eu tenho que apostilar as duas certidões ou posso mandar só a reprográfica apostilada e a outra não?
  • @Shin, apenas a certidão de nascimento do requerente da nacionalidade tem que ser reprográfica, todas as outras certidões podem ser as de inteiro teor digitadas.
  • @Daniel Henriques, muito obrigada pela informações!!!
  • Boa noite, semana que vem vou retirar a certidão de óbito inteiro teor que foi exigida e hoje ao preencher novamente o formulário 1C (outra exigência) fiquei na dúvida sobre o quadro 4: Relação de documentos juntos,
    vou enviar a certidão de batismo original e a certidão de óbito original inteiro teor, eu devo assinalar apenas os itens 2 e o último(outros documentos, indicar quais). Ou tenho que assinalar também aqueles que já estão na ACP, como a certidão de nascimento da minha sogra(solicitante da cidadania) e a cópia autenticada do RG
  • Boa tarde,
    Estou precisando de um auxílio, já dei entrada no processo da minha sogra na ACP para tirar a cidadania portuguesa e recebi um carta constando alguns documentos que a conservatória estava exigindo. Eu enviei o que foi solicitado, porém na pressa esqueci de mandar a carta junto.
    Como devo proceder?? Os documentos que faltavam já chegaram na conservatória no dia 18 de Janeiro.
    Por favor, preciso muito de ajuda!!!
  • @Shin envie um email para a conservatória informando q o documentos solicitados foram enviados.
  • Muito obrigada pelas informações.
  • Boa noite, gostaria muito de agradecer a ajuda que obtive neste fórum. Consegui tirar a cidadania da minha sogra.
    Se não fossem vocês eu não teria conseguido. Muitíssimo obrigada a todos!!!
    Agora preciso transcrever o casamento da minha sogra, para depois poder solicitar a cidadania do meu marido.
    Li em algumas discussões sobre documentos necessários para fazer a transcrição de casamento, mas estou com algumas dúvidas, por favor gostaria que me ajudassem novamente.
    1. Preciso solicitar a certidão portuguesa da minha sogra que conseguiu a cidadania ou só enviar o número do assento que veio na carta?
    2. Tenho que tirar a certidão de nascimento do meu sogro e a certidão de casamento, ambas inteiro teor digitalizadas ou cópias reprográficas?
    3. Meu marido pode ser o requerente da transcrição dos pais dele ou tem que ser minha sogra ou meu sogro?
    4. Li nas discussões que para fazer a transcrição não é possível pagar com cartão de crédito, somente vale postal, será que consigo comprar o vale postal em qualquer agência do correio que não seja franqueada aqui em São Paulo? Ou só consigo na agência Central dos correios de SP?
    5.. Depois que sair a transcrição, terei que solicitar outra certidão de nascimento portuguesa da minha sogra para tirar a cidadania do meu marido??
    6. E depois que conseguir tirar a cidadania do meu marido, posso solicitar a minha? Somos casados há 22 anos e temos uma filha de 10 anos.
    Desde já agradeço atenção e paciência e peço desculpas pela grande quantidade de dúvidas.
  • @Shin,
    1 - Pode enviar apenas os dados dela e do assento
    2 - Pode ser inteiro teor digitada para a transcrição de casamento. Ambas apostiladas
    3 - Pode ser seu marido, ele assina o requerimento e junta cópia autenticada do documento de identidade dele
    4 - Não são todas as agências que fazem o vale postal para o IRN,IP. Muitas se recusam
    5 - Pode apenas informar os dados do assento de nascimento dela no formulário 1C
    6 - Pode solicitar a sua pelo casamento (somente Lisboa faz esse processo) e da filha pelo ACP

    Modelos de requerimento para transcrição de casamento e instruções de preenchimento nas duas primeiras postagens http://forum.cidadaniaportuguesa.com/discussion/9210/requerimentos-para-transcricao-de-casamento-em-ponta-delgada-modelos-e-preenchimento/p1
  • @Daniel,
    Muito obrigada pelas informações!!!
    Vou providenciar os documentos para transcrição de casamento dos meus sogros.
    Obrigada mais uma vez!!
  • Boa noite, estou preenchendo o requerimento para transcrever o casamento dos meus sogros, e surgiram algumas dúvidas. Li em várias discussões, mas achei que nenhuma se encaixa ao meu caso.
    Estou preenchendo o requerimento modelo 1, pois meu marido será o requerente da transcrição de casamento dos pais, minha dúvida é que, minha sogra recebeu atribuição no dia 30/01/19, devo anexar uma cópia da carta que ela recebeu do ACP, onde consta o número do assento? Ou devo anexar a carta original?? No requerimento não tem onde colocar o número do assento dela, só conta freguesia e concelho como o exemplo abaixo, mas ela nasceu no Brasil, em São Paulo e não em Portugal. No item "Naturalidade", eu coloquei São Paulo e no item "Se nasceu no Brasil, município" coloquei São Paulo, "estado" SP, de acordo com a certidão de casamento, fiz isso porque li em uma discussão que deve ser como está na certidão de casamento. O preenchimento está correto??? Devo escrever o número do assento em alguma área do 2o. Nubente?? Como devo proceder???
    Desde já agradeço a atenção.

    2º Nubente:
    Nome de solteira: …… ………………………………………………………..…………………………….
    Data de nascimento: ………………………estado civil: …...…………….……...………(à época do casamento)
    Naturalidade:………………………
    Se nasceu em Portugal, freguesia: ………………………………………, concelho: ……………………………..…
    Se nasceu no Brasil ou outro país, município: …………………………….……………, estado: ………………..... filiação:…………………………………………………………………………………………………………………........... Residência à data do casamento ……………………………………………………………….………………………

  • @Shin, pode juntar uma cópia desta carta ou escrever em uma folha de papel os dados dela (nome, data nascimento, filiação, número, data e local do assento). Não precisa enviar a carta original.
    Em naturalidade não precisa escrever nada, preencha apenas município e estado. Esse espaço para preencher após naturalidade está a mais.
  • @Daniel , muito obrigada pela orientações!!
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.