Transcrição de divórcio do cônjuge

Boa tarde, gostaria já de agradecer as contribuições e me desculpar caso esteja repetindo o assunto, mas não encontrei discussão semelhante no fórum.

Sou casada há 7 anos com filho de português, temos um filho de 1 ano. Meu marido está realizando o processo de naturalização e na sequência gostaríamos de realizar o pedido da cidadania para meu filho e para mim. Porém já fui casada e me divorciei no passado.
Já li que pela atribuição de cidadania por cônjuge, passarei a ser “portuguesa” a partir da atribuição, diferente do meu marido que passará a ser português a contar do nascimento.
Minha dúvida é, preciso transcrever meu primeiro casamento e divórcio para conseguir ter o cartão cidadão e passaporte?

Obrigada!

Comentários

  • @Flavia Alves

    Para fazer a atribuição do seu filho,sendo o pai portugues e declarante,não precisa transcrever o casamento

    Para pedir a aquisição pelo casamento,vc terá que transcrever o primeiro casamento,homologar o divórcio e transcrever o segundo casamento
  • Obrigada! Sabe dizer se consigo realizar o processo e pegar o cartão cidadão antes de transcrever o casamento é divorcio? Ou é etapa inicial?
  • @Flavia Alves

    Vc só poderá pedir o CC e PEP após se tornar portuguesa
  • edited July 11
    @Maria Nélida, por favor, para fazer a atribuição da minha mãe (minha avó é portuguesa) o que vou precisar em relação ao casamento da minha mãe?
    1. Ele alterou o nome quando se casou com o meu pai.
    2. Depois fez uma separação consensual com o meu pai e retirou o nome dele do nome dela.

    Att

  • @RafaFCunha

    Se sua avó é portuguesa e casou no Brasil com brasileiro e o casamento ainda não foi transcrito,terá que,primeiro,transcrever o casamento da sua avó para atribuir sua mãe
  • @RafaFCunha..se no R.G o nome da sua mãe consta como solteira, não precisa enviar a certidão de casamento para comprovar a mudança de nomes.
  • edited July 11
    Fala @Vlad Pen ! Mas quando chegar a minha vez acredito que isso vai me dar muito trabalho né? Obrigado pela informação!
Cadastre-se ou connecte-se via Facebook para participar.